Trabalho Completo AUla 2 A 4 De Ética

AUla 2 A 4 De Ética

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Outras

Enviado por: elisonic 14 abril 2013

Palavras: 4292 | Páginas: 18

Aula tema 2

1 - Sobre a Ética do lucro, é incorreto afirmar que:

Escolher uma resposta.

a. O lucro ético deve remunerar os investidores que se arriscaram no empreendimento

b. O lucro ético deve remunerar de forma justa os trabalhadores do empreendimento

c. O lucro ético deve retribuir à comunidade pelo sucesso do empreendimento

d. O lucro ético deve contribuir para que a consciência dos empresários fique tranquila, fazendo com que se tornem pessoas felizes e motivadas

e. O lucro ético deve assegurar o re-investimento, que garantirá a sobrevivência do empreendimento

Resposta correta: O lucro ético deve contribuir para que a consciência dos empresários fique tranquila ,fazendo com que se tornem pessoas felizes e motivadas.

Comentário resposta correta: A consciência tranquila até poderá acontecer,mas como resultado da conquista da verdadeira essência da ética do lucro que é:lucrar para reinvestir,garantindo a sobrevivência da empresa;lucrar para remunerar os investidores;lucrar para pagar salários justos;lucrar para ser solidário com a comunidade.

Correto

Notas relativas a este envio: 1/1.

Question2

Notas: 1

Leia atentamente o texto a seguir: “Diretora de Rh diz que ambiente de trabalho é prioridade para "Geração Y"

“ Sofia Esteves, 49, fundadora e presidente do Grupo DMRH, de recursos humanos, diz que salário está em sétimo lugar na lista de prioridades dos jovens no mercado de trabalho hoje.

Os aspectos mais valorizados pela chamada "geração Y" - dos nascidos de 1978 ou 1980 (não há consenso entre pesquisadores) a 2000- são bom ambiente de trabalho, possibilidade de desenvolvimento profissional e qualidade de vida.

A empresa tem de investir em tudo isso para reter talentos,

A pesquisa Empresa dos Sonhos dos Jovens de 2010, feita com 35 mil universitários brasileiros, mostra que, pela primeira vez em nove anos, o salário apareceu em sétimo lugar entre as prioridades da "geração Y" no mercado.

A primeira razão apontada para escolher determinada empresa foi o bom ambiente de trabalho. Depois, veio a possibilidade de desenvolvimento profissional. E, em seguida, apareceu qualidade de vida.

Em 2008, salários e benefícios vinham em primeiro lugar na preferência dessas pessoas. E bom ambiente de trabalho não era um item que aparecia entre os cinco motivos mais citados.

Isso representa uma grande mudança de prioridades”

Folha de São Paulo / São Paulo, domingo, 21 de novembro de 2010/ Mercados

Diante do exposto, pode-se afirmar que:

Escolher uma resposta.

a. A pesquisa feita está equivocada, pois o salário ainda é a principal motivação humana na busca da felicidade, conforme diz o autor do nosso livro-texto

b. A pesquisa feita está equivocada, pois o que motiva as pessoas em primeiro lugar é a possibilidade de trabalhar poucas horas por dia e se envolver menos com a rotina da empresa, restando mais tempo para a vida pessoal.

c. Nenhuma das afirmações anteriores

d. É urgente promover a ética nas empresas, pois ela é condição essencial para um bom ambiente de trabalho e para a qualidade de vida das pessoas

e. O que motiva as pessoas são valores, sentimentos, idéias e ideais e uma boa competição onde o fundamental será mostrar que se é o mais competente

Resposta correta: É urgente promover a ética nas empresas , pois ela é condição essencial para um bom ambiente de trabalho e para a qualidade de vida das pessoas.

Comentário resposta correta: A ética garante o ambiente de confiança necessário para a manutenção do bom ambiente de trabalho e da qualidade de vida;alguém motivado apenas pelo salário,jamais achará que está sendo remunerado à altura;alguém motivado pela competição predatória,acabará se auto-destruindo e em ambas as situações o ambiente se deteriora e a qualidade de vida também. .O salário e a competição sudável do “ganha-ganha” devem compor a cultura felizcultura grande cultura corporativa.

Correto

Notas relativas a este envio: 1/1.

Question3

Notas: 1

Pensando nos conceitos de amor e ódio, considerados pelo autor do nosso livro texto como os dois sentimentos fortes que orientam as motivações humanas, é possível dizer que:

Escolher uma resposta.

a. A cultura do amor é agregadora, desenvolve a cooperação espontânea, equipes solidárias e integradas, mas não favorece as lideranças que se tornam fracas

b. A cultura do ódio envolve estilos autoritários e poderes tirânicos que só podem ser contestados por um comportamento ético

c. A cultura do amor envolve: gostar de gente; acreditar em pessoas;aspirar ao bem comum e não pensar em lucro

d. A cultura do amor é agregadora, desenvolve a cooperação espontânea, equipes solidárias e integradas, mas não favorece as lideranças que se tornam fracas e a cultura do ódio é desagregadora, estimula a competição predatória, mas é boa para as lideranças se tornarem fortes.

e. A cultura do ódio é desagregadora,estimula a competição predatória ,mas é boa para as lideranças se tornarem fortes

Resposta correta A cultura do ódio envolve estilos autoritários e poderes tirânicos que só podem ser contestados por um comportamento ético

Comentário resposta correta: A Ética supõe liberdade - em uma cultura de “senhores e escravos” não há ética que sobreviva.O comportamento ético é uma atitude que incomoda os tiranos.Averdadeira liderança não resulta da força,mas de se gostar de gente;acreditar em pessoas e aspirar ao bem comum-elemento da cultura do amor e não da cultura do ódio.

Correto

Notas relativas a este envio: 1/1.

Question4

Notas: 1

Considere a seguinte afirmação: “A implantação da filosofia da ética e da felicidade no trabalho cria condições para uma maior produtividade, pois torna possível: .......”

Assinale a alternativa incorreta:

Escolher uma resposta.

a. a Contribuição à causa comum (solidariedade)

b. a Segurança social e Técnica (O conhecimento é compartilhado sob o comando de uma gerência educadora)

c. a Valorização Pessoal (Feedback do valor positivo)

d. Nenhum destes fatores

e. a Harmonização Afetiva (amizades)

Comentário resposta errada: Não foi dessa vez! Retome a leitura do capítulo 1, no subitem sobre a Filosofia da ética e a Felicidade no Trabalho.

Errado

Notas relativas a este envio: 0/1.

Question5

Notas: 1

Considere as seguintes afirmações:

I. Predisposição Ética significa sentir necessidade de ser ético, respeitando a vida, a dignidade humana, a liberdade responsável, o trabalho e o bem-comum. É a consequência da ética do lucro e do amor.

II. O lucro será ético se atender aos princípios: lucrar para reinvestir, garantindo a sobrevivência da empresa; lucrar para remunerar os investidores que se arriscaram; lucrar para pagar salários justos; lucrar para ser solidário com a comunidade

III. A ética do Amor é agregadora; desenvolve a cooperação espontânea; forma equipes solidárias e integradas e favorece a liderança verdadeira porque envolve: gostar de gente; acreditar em pessoas e aspirar ao bem comum - requisitos essenciais para uma autêntica liderança.

São verdadeiras as afirmações:

Escolher uma resposta.

a. II e III

b. I e II

c. III

d. I, II e III

e. I e III

Resposta correta: São verdadeiras as afirmações II e III.

Comentário resposta correta: A predisposição Ética significa sentir necessidade de ser ético, respeitando a vida, a dignidade humana, a liberdade responsável, o trabalho e o bem-comum. Por isso mesmo, ela é a causa, o primeiro passo das outras éticas e não sua conseqüência.

Correto

Notas relativas a este envio: 1/1.

Question6

Notas: 1

De acordo com Francisco Gomes de Matos, não é um princípio da Ética do Lucro:

Escolher uma resposta.

a. lucrar para ser solidário com a comunidade

b. lucrar para pagar salários justos

c. lucrar para remunerar os trabalhadores da empresa

d. lucrar para remunerar os investidores que se arriscaram

e. lucrar para reinvestir, garantindo a sobrevivência da empresa

Resposta correta: Lucrar para remunerar os trabalhadores da empresa

Comentário resposta correta: Segundo o autor, um dos princípios é lucrar para remunerar os investidores que se arriscaram, pois assim se garante a sobrevivência da própria empresa. Aos trabalhadores deve ser pago um salário justo.

Aula tema 3

Question1

1

A respeito da corrupção, é incorreto afirmar que:

Escolher uma resposta.

a. A corrupção é um traço cultural histórico, que sempre existiu e que em nada prejudicou o desenvolvimento da sociedade globalizada.

b. A corrupção é um traço cultural que anula os valores que dão dignidade ao ser humano.

c. A corrupção é um traço de degenerescência cultural, indicador de uma sociedade doente do ponto de vista moral.

d. A corrupção é a negação da Ética.

e. A corrupção é fator de degradação do meio social.

Resposta correta: A corrupção é um traço cultural histórico, que sempre existiu e que em nada prejudicou o desenvolvimento da sociedade globalizada.

Comentário resposta correta: A corrupção é a negação da Ética e ,como tal, pode não ter sido um freio ao desenvolvimento da globalização capitalista baseada na competição predatória, mas certamente anulou os valores que dão dignidade ao ser humano, tirando a sociedade mais infeliz e menos justa, portanto, menos desenvolvida moralmente.

Correto

Notas relativas a este envio: 1/1.

Question2

Notas: 1

Leia atentamente o texto a seguir:

Nenhum empresário deseja sabotagens, conflitos, desperdícios, negligências, comportamentos sem ética, mas muitos são incapazes de perceber que essas são manifestações críticas peculiares a estilos autoritários de liderança.

“É o efeito bumerangue, colhe-se o que é plantado.” (Francisco Gomes de Matos)

Diante do exposto, não se pode afirmar que:

Escolher uma resposta.

a. Dizer não ao autoritarismo é forma de dizer não à corrupção.

b. Dizer não à centralização burocrática é forma de dizer não à corrupção.

c. Dizer não à centralização do poder é forma de dizer não à corrupção.

d. Dizer não ao corporativismo é forma de dizer não à corrupção.

e. Dizer não à falta de paternalismo é forma de dizer não à corrupção.

Resposta correta: Dizer não à falta de paternalismo é forma de dizer não à corrupção.

Comentário resposta correta: O paternalismo é uma forma de totalitarismo emocional e, como todo toalitarismo, impede o ser humano de crescer, ser ético e responsável num ambiente organizacional que se caracterizará por ser dividido em “ilhas-de-poder”. Na cultura corporativa ética é saudável que haja FALTA de paternalismo.

Correto

Notas relativas a este envio: 1/1.

Question3

Notas: 1

Sobre a Autoridade, a Ordem e a Disciplina para a prática da ética nas Organizações, pode-se afirmar que:

Escolher uma resposta.

a. são fatores alimentadores da Resistência, pois são ligados ao excesso de formalismo e de burocratização e fatores que inibem e travam a Comunicação que precisa de liberdade para acontecer.

b. são indispensáveis à prática da ética porque são valores fortes e ligados a princípios que não devem ser mudados.

c. são indispensáveis à prática da ética quando são valores conscientes, espontâneos, flexíveis, resultantes de um processo educativo, e não impostos de fora.

d. são fatores que inibem e travam a Comunicação que precisa de liberdade para acontecer.

e. são fatores alimentadores da Resistência, pois são ligados ao excesso de formalismo e de burocratização.

Resposta correta: são indispensáveis à prática da ética quando são valores conscientes, espontâneos, flexíveis, resultantes de um processo educativo, e não impostos de fora.

Comentário resposta correta: A Autoridade ética deve ser fundada na Negociação e na Delegação; A Ordem ética deve ser parâmetro para a ação ética e modelo para situações de mudança e a Disciplina, que resulta da liderança e do Trabalho, será condição básica para a eficácia .

Correto

Notas relativas a este envio: 1/1.

Question4

Notas: 1

Leia atentamente o texto a seguir:

Os gestores mais velhos, de 50 ou 60 anos, têm dificuldade de entender os funcionários mais jovens, de 20 ou 30 anos. E, muitas vezes, rotulam esses profissionais como a geração "I": de imaturos, insubordinados e infiéis.

Sim, eles são mais imaturos, por causa da super-proteção dos pais e também porque chegam mais tarde ao mercado de trabalho. Mas eu costumo dizer que existem mais "is" nessa lista.

Essa nova geração é, por exemplo, mais inteligente que as anteriores no que diz respeito à tecnologia, à inovação. E também em relação à liberdade que os jovens se dão de falar o que pensam.

Nós, que pertencemos às gerações anteriores, aprendemos a não reclamar quando estamos infelizes.

O comportamento menos formal de hoje é visto pelos chefes mais velhos como desrespeitoso. Mas é tudo questão de comunicação.

Os jovens tratam os outros como iguais. Foram educados na escola a chamar a professora de "tia". E essa liberdade acaba sendo trazida para o ambiente de trabalho.

Muitas vezes, o conteúdo do que o jovem critica está correto; o problema é a forma.

(Folha de São Paulo / São Paulo, domingo, 21 de novembro de 2010/ Mercados)

Diante do exposto e refletindo à respeito da função educativa da comunicação para vencer resistências não se pode afirmar que:

Para enfrentar este quadro é preciso:

Escolher uma resposta.

a. Conhecimento (informação relevante) sobre o perfil dos jovens atuais.

b. Estimular a conscientização que promove o diálogo rumo ao consenso

c. Estimular a vontade transformadora dos jovens e dos dirigentes para enfrentar as crises e implantar mudanças.

d. Planejar ações estratégicas para facilitar a comunicação entre as diferentes gerações e hierarquias na empresa.

e. Desenvolver campanha publicitária de incentivo à mudança de atitude destes jovens nas empresas, aliada a intenso treinamento para mudanças comportamentais.

Resposta correta: Desenvolver campanha publicitária de incentivo à mudança de atitude destes jovens nas empresas, aliada a intenso treinamento para mudanças comportamentais.

Comentário resposta correta: O A educação ética,capaz de internalizar valores e mudar atitudes não é resultado de ações de “fora para dentro,’ nem de lideranças autocráticas,mas decorre da conscientização,da vontade transformadora,do consenso ,da verdadeira comunicação.

Correto

Notas relativas a este envio: 1/1.

Question5

Notas: 1

Pensando no Conceito Público, que é de fundamental importância para a consolidação da imagem ética de uma empresa, é possível dizer que:

Escolher uma resposta.

a. O Conceito Público de uma empresa é o resultado de uma publicidade eficaz.

b. O Conceito Público de uma empresa é o resultado de um bom marketing institucional para “vender” a imagem empresarial.

c. O Conceito Público de uma empresa é o resultado da comunicação ética e competente, capaz de transmitir credibilidade.

d. O Conceito Público de uma empresa é o resultado de fazer bem e comunicar bem, de forma contínua, através de uma comunicação ética.

e. O Conceito Público de uma empresa é o resultado quantitativo de boas campanhas promocionais.

Resposta correta: O Conceito Público de uma empresa é o resultado de fazer bem e comunicar bem, de forma contínua,através de uma comunicação ética.

Comentário resposta correta: O conceito público revela a imagem ética da empresa e tem tudo a ver com Competência (Bem fazer) e Comunicação (Bem Comunicar) de forma contínua,isto é a credibilidade resulta da permanência dos elementos éticos. credibilidadedade .

Correto

Notas relativas a este envio: 1/1.

Question6

Notas: 1

Assinale a alternativa incorreta:

As falhas mais comuns no processo educativo para vencer as resistências decorrem de:

I. Lideranças inseguras que têm horror às etapas de conscientização e de protesto.

II. Lideranças autoritárias que têm horror às etapas de conscientização e de protesto.

III. Executivos imediatistas que partem direto para a aplicação, buscando resultados a qualquer preço.

Escolher uma resposta.

a. Apenas a II é verdadeira.

b. Apenas a III é verdadeira.

c. Todas são verdadeiras.

d. Apenas a I é verdadeira

e. A I e II são verdadeiras.

Resposta correta: Todas são verdadeiras.

Comentário sobre a resposta correta: As falhas mais comuns neste processo educativo de vencer resistências decorrem de: Lideranças inseguras e autoritárias, que têm horror às etapas de conscientização e de protesto e de executivos imediatistas que partem direto para a aplicação, buscando resultados a qualquer preço. Ambas as atitudes que comprometem a renovação contínua e consistente da cultura organizacional e deverão ser trabalhadas pela comunicação.

Aula tema 4

Questão 1 A respeito do Conhecimento Totalitário na formação do comportamento ético NÃO se pode afirmar:

Escolher uma resposta.

a. O conhecimento totalitário produz meninos sem consciência crítica.

b. O conhecimento totalitário infantiliza e impede o comportamento ético.

c. O conhecimento totalitário não deve ser justificado por meio da proteção alheia.

d. O conhecimento totalitário é bem intencionado moralmente, pois quando afirma “eu sei que é melhor para você”, eu “penso por você” está protegendo os jovens imaturos e contribuindo para a ética da sociedade.

e. O conhecimento totalitário é produto da ideologia do poder.

Resposta correta: O conhecimento totalitário é bem intencionado moralmente, pois quando afirma “eu sei o que é melhor para você”,eu “penso por você” está protegendo os jovens imaturos e contribuindo para a ética da sociedade.

Comentário resposta correta: Ao ter a sua capacidade de pensar,de refletir ,de escolher manipulada por outro (pelo poder totalitário)a pessoa fica impedida de ser ética,porque impedida de pensar,refletir e escolher livremente .Para se ser ético é preciso informação, conhecimento e escolhas livres.

Correto

Notas relativas a este envio: 1/1.

Question2

Notas: 1

A tecnologia sem alma, fruto do conhecimento que se origina da mídia e focado no mercado, pode ser traduzida no seguinte pensamento: "é disso que você precisa", "eu escolho por você". Produz indivíduos sem vontade própria, aliena e impede o comportamento ético, pois, também é uma forma de autoritarismo.

Diante do exposto, para enfrentar essa situação, não se pode afirmar que:

Escolher uma resposta.

a. É preciso contrariar o mercado que oferece todas as opções necessárias à comodidade do não- pensar.

b. Nenhuma das alternativas.

c. É preciso usar a tecnologia como processo ético de libertação.

d. É preciso estimular uma comunidade alfabetizada, escolarizada, pois só com o aumento do número de jovens na escola a sabedoria será conquistada e a tecnologia sem alma será enfrentada, possibilitando o comportamento ético.

e. É preciso impregnar de alma a tecnologia.

Comentário resposta errada: Não foi dessa vez! Retome a leitura do capítulo 4 do PLT sobre os requisitos para a construção da Visão Estratégica.

Errado

Notas relativas a este envio: 0/1.

Question3

Notas: 1

Assinale a alternativa correta que apresenta as características dos Novos Cenários, onde se vivenciará a ética Corporativa:

Escolher uma resposta.

a. Há globalização da economia, aproximando culturalmente os povos

b. Todas as alternativas estão corretas

c. Gestores são líderes, empreendedores, estrategistas e desenvolvem equipes

d. Com o uso das diversas tecnologias, empresas com funções básicas integradas, valores humanos e marketing têm a competência e a agilidade como fatores de competitividade

e. Organizações descentralizadas buscam a Excelência e têm a Qualidade como foco central e diferencial

Resposta correta: Todas as alternativas.

Comentário resposta correta: Todos estes elementos elencados constituem os Novos Cenários onde se desenvolverá a Ética Corporativa.

Correto

Notas relativas a este envio: 1/1.

Question4

Notas: 1

A respeito da Burocracia impedindo a prática da ética nas Organizações, pode-se afirmar que:

Escolher uma resposta.

a. Todas as alternativas estão corretas

b. Ao inibir a criatividade e a participação, a burocracia torna-se instrumento do poder autoritário e impede a ética

c. A burocracia inspira a cultura fechada e, portanto, impede a ética

d. A burocracia caracteriza-se pelo formalismo e hierarquização rígidos, impedindo a ética

e. A burocracia foi importante modelo teórico de resolução de problemas para sociedades menos complexas do que a atual

Resposta correta: Todas as alternativas estão corretas.

Comentário resposta correta: A burocracia caracteriza-se pelo formalismo e hierarquização rígidos, inspira a cultura fechada, inibindo a criatividade e a participação e tornando-se instrumento do poder autoritário. Foi importante modelo teórico de resolução de problemas para sociedades menos complexas do que a atual.

Correto

Notas relativas a este envio: 1/1.

Question5

Notas: 1

Leia atentamente o texto a seguir:

Colaboradores felizes têm melhor desempenho, por Patrícia Bispo

"Um som se ouve à porta: Toc, toc!!!

Quem é?, pergunta a empresa.

Sou eu, posso entrar?, responde a felicidade".

Se esse diálogo pudesse se tornar realidade, muitos profissionais de RH e gestores ficariam aliviados, pois bastaria abrir uma janela e a felicidade invadiria as salas das organizações e os índices de satisfação interna sempre estariam acima das expectativas. Por esse motivo, a área de Recursos Humanos sempre recorre a recursos para avaliar o clima entre os colaboradores, pois se eles estão insatisfeitos com algo, isso refletirá diretamente no desempenho das suas atividades.

"O trabalhador brasileiro tem uma predisposição à felicidade, pois nossa cultura é extremamente extrovertida e voltada para a festividade e a celebração. De um modo geral, o estado de espírito do brasileiro é muito receptivo e favorável para iniciativas voltadas ao bem-estar e à felicidade", afirma o consultor organizacional Francisco Gomes de Matos, autor do livro "Empresa Feliz". A obra possui um diferencial, pois apresenta aos leitores o Fator QF - Quociente de Felicidade - uma metodologia que defende a introdução da felicidade como motivação essencial do ser humano no meio organizacional. Na entrevista concedida ao RH.com.br, Francisco Gomes de Matos que já escreveu 32 livros de gestão, dentre os quais "Empresa que Pensa", vencedor do Prêmio Jabuti, revela as razões que o estimularam a realizar esse trabalho e, inclusive, como a área de Recursos Humanos está estreitamente ligada à felicidade no meio corporativo.

"A definição de uma bem-estruturada política de Recursos Humanos e a concretização efetiva de um ambiente de valorização humana, onde todos são líderes de líderes, será a base fundamental para a construção de um ambiente de felicidade, satisfação profissional, sucesso empresarial e êxito coletivo", afirma ao ser questionado sobre quais fatores interferem na felicidade organizacional. Como felicidade é e sempre será bem-vinda em todas as instâncias da vida humana, essa entrevista pode muito bem levar a uma reflexão sobre o assunto e quem sabe, repensar determinadas ações implantadas na empresa em que você atua. Uma boa e feliz leitura!

RH.COM.BR - Quando o Sr. criou o Fator QF - Quociente de Felicidade e o que o levou a elaborar esse recurso?

Francisco Gomes de Matos - Ao longo de minha trajetória profissional, seja como dirigente ou consultor empresarial, constatei o quanto as empresas perdem em potencial de desenvolvimento e produtividade devido à desvalorização humana que geram desânimo, mágoas, ressentimentos e falta de entusiasmo pelo trabalho. Percebi, como efeito cascata, a significativa falta de felicidade nas organizações, tanto nos dirigentes como nas lideranças médias e no corpo funcional como um todo. Um verdadeiro círculo vicioso que prejudica a todos sem distinção. A infelicidade gera perda de lucro para a empresa e de saúde para o ser humano. Hoje, a felicidade passou a fazer parte da retórica empresarial, mas carece ainda de fundamentação e realismo, pois pouca se expressa em termos de uma cultura corporativa revista e enriquecida por valores internalizados nas lideranças.

RH - Quais os principais objetivos do Fator QF?

Francisco Gomes de Matos - O Fator QF ganhou expressão no momento em que se começou a focar o Quociente Emocional - QE - como sendo uma solução miraculosa, capaz de corrigir desmotivações e infelicidades. As frustrações certamente ocorreriam, pois empresas, empresários e profissionais de RH sempre se guiaram pelo Quociente de Inteligência - QI, embora fossem abundantes os treinamentos comportamentais. Todavia, o pensamento e as ações sempre estiveram focadas na razão ao serem formuladas a partir de políticas e estratégias. Evidente que as emoções existem necessariamente, pois seres humanos não são pedras. Mas, a ênfase prioritária sempre foi a objetividade racional. Para superar o QI, histórico, do QE, idealista, era necessário preencher o vazio cultural que os distanciavam. Daí surgiu a proposta de intervenção na cultura corporativa, renovando-a com a introdução da felicidade, como motivação essencial do ser humano. Nessa linha surgiu a concepção do QF - Quociente de Felicidade, posteriormente editado em livro, em 1997, com o título "Fator QF - Quociente de Felicidade", onde foi apresentada a experiência com o Ciclo de Felicidade no Trabalho. O QF é o fator de cultura, inteligência e emoção capaz de construir uma empresa feliz, produtiva e duradoura. Nessa linha, o propósito essencial do livro publicado foi o de apresentar, de forma clara, simples e objetiva, como tornar a felicidade um ideal viável na empresa. De maneira bem prática, a metodologia do Ciclo de Felicidade no Trabalho indica como desenvolver a qualidade de vida nas organizações, por meio da cultura da participação e de um clima de abertura motivadora, onde produzir significa realizar e se realizar. É guiado por esse princípio que realizo minhas consultorias nas linhas da cultura corporativa, liderança integrada e estratégia negociada. [...]

RH - Por que o Sr. mostra-se tão preocupado em avaliar o Quociente de Felicidade nas empresas?

Francisco Gomes de Matos - Porque é triste perceber a desumanização dos ambientes de trabalho e a falta de sensibilidade das empresas para a concretização efetiva da valorização humana, além dos discursos e peças de marketing institucional. É bom que todos lembrem que a felicidade é um diferencial que garantirá à empresa bem-sucedida a sua renovação e perpetuidade na liderança.

(Disponível em http://portal.cjf.jus.br/cjf/news/colaboradores-felizes-tem-melhor-desempenho - acesso em 18 de fev. 2011)

Refletindo a respeito da inconsciência ética e dos recursos humanos, não se pode afirmar que:

Das afirmações abaixo, quais refletem a inconsciência ética?

I. A inconsciência ética impede que os recursos humanos sejam respeitados e valorizados, passando a ser tratados como descartáveis.

II. A inconsciência ética faz com que muitos empresários desconheçam o potencial humano de suas Organizações.

III. A inconsciência ética faz com que a qualificação dos recursos humanos, que levou anos de investimento para se consolidar, seja invalidada em poucas horas.

IV. A inconsciência ética mostra que os recursos humanos não se improvisam e que a Qualidade destes recursos é fundamental para qualquer estratégia, devendo ser respeitada em qualquer Organização.

Assinale a alternativa que apresenta as afirmações que respondem a questão:

Escolher uma resposta.

a. II e IV

b. I, II e IV

c. I e IV

d. I, II e III

e. II, III e IV

Comentário resposta errada: Não foi dessa vez! Retome a leitura do capítulo 4 do PLT sobre os requisitos da construção do Comportamento Ético.

Errado

Notas relativas a este envio: 0/1.

Question6

Notas: 1

Pensando na burocratização, que é um dos fatores que impossibilitam a cultura ética, NÃO é possível dizer que:

Escolher uma resposta.

a. A burocratização é o efeito visível da burocracia e, portanto, um mal necessário para que haja ordem, disciplina e ética.

b. A burocratização é fator determinante para a falta de transparência e de Ética nas Organizações.

c. A burocratização, ao acrescentar à burocracia a complexidade processualística (muitos papéis, muitos carimbos etc.) contribui para diversas transgressões éticas.

d. A burocratização resume Lei das dificuldades desonestas: ”Crie dificuldades para vender facilidades”, é a base do suborno e da corrupção, impedindo a cultura ética.

e. A burocratização ao emperrar o processo decisório, torna-se terreno fértil para a corrupção e falta de ética.

Resposta correta: A burocratização é o efeito visível da burocracia e, portanto, um mal necessário para que haja ordem, disciplina e ética.

Comentário resposta correta: De fato, a burocratização é o efeito visível da burocracia, mas não é um mal necessário, pelo contrário, é a base do suborno e da corrupção, impedindo a cultura ética.