Trabalho Completo ESCOLA E DIVERSIDADE

ESCOLA E DIVERSIDADE

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Outras

Enviado por: damaris 31 maio 2013

Palavras: 451 | Páginas: 2

ESCOLA E DIVERSIDADE

ÉTNICO – CULTURAL: UM DIÁLOGO POSSÍVEL

Um novo olhar vem sendo lançado sobre as questões que se referem aos processos sócio – culturais, como a construção de referência de identidade, o peso das vivências culturais, os diferentes modos de ser e agir que os diversos grupos sociais constroem no interior das classes, as múltiplas relações e ressignificações que os sujeitos estabelecem no seu contato com o mundo do trabalho.

Aos poucos, vem sendo formado um movimento, dentro da pesquisa educacional, no sentido de se reconhecer o esgotamento a que chegaram às macro abordagens da relação escola/sociedade. Surge a necessidade de se compreender melhor a teia de relações que se estabelecem dentro da escola, a partir do reconhecimento de que esta como uma instituição social é construída por sujeitos sócio- culturais e, consequentemente, é um espaço da diversidade étnica- cultural.

Nesse sentido, a dimensão cultural coloca-se como um fator que não pode ser desconsiderada, ao tentarmos avançar na garantia da educação escolar como um direito social e na compreensão da sua relação com o universo simbólico e com o mundo de trabalho.

A AÇÃO DOS SUJEITOS SÓCIOS – CULTURAIS NO INTERIOR DA ESCOLA

Ao falarmos em sujeitos sócio- culturais, diversidade étnica e cultural e escola, estamos dando visibilidade ao fato de que professores, alunos e família vivenciam diferentes processos sócio – culturais na sua relação com o mundo do trabalho, nas relações sociais e no ambiente escolar.

Ver a ação dos sujeitos sócios – culturais na escola representa e reconhecimento de que os profissionais da educação, ao longo de sua trajetória de vida escolar, constroem diferentes identidades.

O importante papel da cultura na vida dos sujeitos tem sido apontado não somente pelos cientistas sociais, mas também pelos movimentos sociais.

IDENTIDADE ÉTNICO – CULTURAL: UM MODO DE SER E DE VER O MUNDO

Discutir, compreender e pesquisar sobre a relação entre cultura, escola e diversidade étnica e cultural nos possibilita um olhar mais aguçado sobre a instituição escolar e a adoção de novas práticas pedagógicas.

Nesse sentido, é necessário uma maior atenção sobre as práticas pedagógicas desenvolvidas pelos professores diante dessa diversidade e um posicionamento da escola ante a superação do racismo e da discriminação racial e de gênero.

CAMINHOS A SEREM PERCORRIDOS

As respostas não virão todas de uma vez, pois estamos diante de um processo histórico de luta e resistência, e não de um jogo de faz de contas.

Outro caminho que pode ser apontado refere-se a inclusão das demandas históricas que o movimento negro tem colocado para o campo educacional na discursão sobre educação e movimentos sociais.

Um olhar mais atento nos mostrará que a cultura escolar está impregnada de uma complexidade de conflitos provenientes das diferentes referencias de identidades construídas pelos sujeitos nas relações sociais e no processo cultural.