Trabalho Completo Economia E Negócios

Economia E Negócios

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Negócios

Enviado por: nesta12 12 setembro 2013

Palavras: 2063 | Páginas: 9

Estudos Disciplinares

ICSC – Curso: Administração

Disciplina: Economia e Negócios – Ficha 1

Campus: Data: / /

Nome:

RA: Turma:

Questão 1 – O capitalismo, como sistema econômico, político e social dominante surgiu muito lentamente, em um período de vários séculos, primeiro na Europa Ocidental e, depois, em grande parte do mundo. Sobre esse capitalismo nascente escreveram os primeiros teóricos da Economia, conhecidos como liberais clássicos. Dentre os fundamentos para as propostas dos liberais clássicos, está a crença de que:

A. Cada ser humano tem seu comportamento determinados pelas instituições e relações sociais.

B. O trabalho dignifica o Homem, e, portanto, todos buscam trabalhar, o que aumenta a produção.

C. Cada ser humano busca equilíbrio entre sua razão e seus sentimentos, nas decisões de sua própria vida.

D. Cada ser humano está essencialmente interessado em seu próprio bem-estar, e suas ações para obtê-lo levam ao surgimento de condições que favorecem o bem-estar coletivo.

E. Cada ser humano deve se submeter ao interesse da coletividade, que é interpretado pelo Estado.

Justificativa venda sua força de trabalho no mercado; e comportamento individualista, aquisitivo, maximizado, da maioria dos indivíduos dentro do sistema econômico”.

Questão 2 – Observe a seguinte definição de bens econômicos e bens livres: “Tudo aquilo que tem utilidade, com ou sem valor econômico. O ar, por exemplo, é um bem livre, mas o minério de ferro é um bem econômico, porque é escasso e depende do trabalho humano para ser obtido. Os bens econômicos se dividem em cinco grupos principais. São eles: bens de capital ou de produção (máquinas e equipamentos); bens de consumo (brinquedos, um par de sapatos – aqueles que podem ser comprados pelas pessoas depois de um processo de produção ou industrialização); bens de consumo durável (máquina de lavar roupa, imóvel – que só são trocados após períodos longos de uso); bens de consumo semi-durável (carro, roupa – os que precisam ser trocados periodicamente); bens de consumo não-durável (alimentos)” (Dicionário de Economia da Unb, disponível em http://e-groups.unb.br/face/eco/inteco/paginas/dicionariob.html, acesso em 15 de fevereiro de 2010).

Consideremos agora que as necessidades humanas fundamentais são muito maiores do que somente as biológicas, como dormir, respirar, etc. Nesse sentido, podemos admitir que as necessidades humanas fundamentais:

I. Dependem, por completo, da produção de bens econômicos pela respectiva sociedade.

II. Nunca demandam bens econômicos para a sua satisfação.

III. Podem ser, muitas vezes, resolvidas com a própria disponibilidade de bens livres, na natureza.

Com base nessas opções, podemos considerar que:

A. I está correta, apenas.

B. III está correta, apenas.

C. todas estão incorretas.

D. II está correta, apenas.

E. todas estão corretas

Justificativa

Estudos Disciplinares

ICSC – Curso: Administração

Disciplina: Economia e Negócios - Ficha 2

Campus: Data: / /

Nome:

RA: Turma:

Questão 1 – “É sabido que nem todos os desejos da humanidade podem ser satisfeitos, embora, de forma geral, sua capacidade produtiva seja elevada, porém, limitada. Existe certo número de pessoas na força de trabalho, e dispomos de uma quantidade determinada de máquinas e fábricas. Em outras palavras, nossos recursos são limitados.” (Wonnacott & Wonnacott. Economia. 2ª edição, São Paulo, Editora Makron Books, 1994, p.24). Leia as seguintes afirmativas a respeito dos recursos para a produção de bens e serviços.

I – Os recursos de que trata o texto acima são os insumos básicos utilizados na produção de bens e serviços, também chamados de fatores de produção.

II - Os elementos indispensáveis ao processo produtivo de bens materiais são chamados de terra, trabalho, capital, tecnologia e capacidade empresarial.

III – Em relação ao recurso produtivo ao qual chamamos de Capital, devemos entender que ele se refere apenas ao capital financeiro, ou seja, ao dinheiro necessário para dar impulso a qualquer empreendimento industrial, comercial ou qualquer outro.

IV – A capacidade empresarial, enquanto fator de produção, desempenha papel estratégico na determinação do dinamismo e crescimento da economia por ser ela que organiza a produção e assume riscos ao tomar decisões em seu negócio.

Assim, pode-se afirmar que:

A. Estão incorretas as afirmativas I, II e III.

B. Apenas a afirmativa I está correta.

C. Apenas as afirmativas II e III estão corretas.

D. Apenas a afirmativa III está incorreta.

E. Estão corretas as afirmativas I, II e III.

Justificativa

Questão 2 – Em cada sistema econômico é possível encontrar grande e diversificado número de empresas. Cada uma delas, ora de forma diferente ora de forma idêntica às demais, organizam fatores de produção e, de tal organização, produzem bens ou prestam serviços. Devido grande diversidade de empresas e atividades que desempenham, há possibilidade de classificar a produção utilizando determinado critério que atende características fundamentais de sua produção. Acerca do assunto, suponha esteja lendo algum jornal e veja as seguintes manchetes.

Manchete I – A produção de grãos cresceu aproximadamente 10% nos meses de janeiro a maio, no Brasil, comparativamente ao mesmo período do ano anterior.

Manchete II – O número de matrículas no ensino médio decresceu significativamente, o que pode explicar a retração do setor da educação.

Manchete III – A preferência por transporte público, provavelmente, causará impactos no setor automobilístico nos próximos anos.

As manchetes de jornal fazem referência, respectivamente, aos setores.

A. Primário, secundário e terciário.

B. Terciário, secundário e primário.

C. Secundário, primário e terciário.

D. Secundário, terciário e primário.

E. Primário, terciário e secundário.

Justificativa

Estudos Disciplinares

ICSC – Curso: Administração

Disciplina: Economia e Negócios – Ficha 3

Campus: Data: / /

Nome:

RA: Turma:

Questão 1 – Para entender o funcionamento do sistema econômico, usamos o modelo do Fluxo Circular da Renda e seus sub-fluxos (real e monetário). Leia as afirmativas acerca do Fluxo Circular de Renda.

I - Por simplificação, os agentes econômicos são as famílias (unidades familiares) e as empresas (unidades produtoras).

II – As famílias são proprietárias dos fatores de produção e os fornecem às unidades de produção (empresas) no mercado dos fatores de produção.

III – As empresas, pela combinação dos fatores de produção, produzem bens e serviços e os fornecem às famílias no mercado de bens e serviços.

IV - As empresas são proprietárias dos fatores de produção e, desta forma, têm o direito de utilizá-los.

Em relação a essas afirmativas pode-se afirmar que:

A. Apenas a I está incorreta.

B. Apenas a II está incorreta.

C. Estão incorretas apenas I e III.

D. Estão incorretas I e IV.

E. Estão corretas as afirmativas I, II e III.

Justificativa

Questão 2 – A curva (ou fronteira) de possibilidades de produção (CPP) expressa a capacidade máxima de produção da sociedade, supondo pleno emprego dos recursos ou fatores de produção de que se dispõe em dado momento do tempo. Trata-se de um conceito teórico com o qual se ilustra como a escassez de recursos impõe um limite à capacidade produtiva de uma sociedade, que terá de fazer escolhas entre diferentes alternativas de produção. Considere inicialmente as Alternativas de Possibilidades de Produção abaixo demonstradas.

Alternativa A B C D E F

Aço (milhões de toneladas) 0 15 18 22 26 34

Ferro (milhões de toneladas) 50 40 20 12 9 0

Esse quadro nos fornece as possibilidades de produção de uma planta que, por hipótese, pode produzir apenas dois tipos de bens: ferro e aço. Considerando então os dados apresentados, indique a alternativa correta.

A. Caso a planta aumente a produção de aço de D para E, o custo de oportunidade em termos de ferro será de 3 milhões de toneladas de ferro.

B. O custo de oportunidade de se aumentar a produção de ferro de 20 para 40 milhões de toneladas é de 15 milhões de toneladas de aço.

C. O custo de oportunidade será igual a zero se a planta passar do ponto A para o ponto F, uma vez que ela continuará a produzir em uma situação de pleno emprego.

D. O custo de oportunidade de aumentar a produção de aço de 15 para 22 milhões de toneladas será de 40 milhões de toneladas de ferro.

E. Não há que se falar em custo de oportunidade quando são apresentadas alternativas de possibilidade de produção.

Justificativa

Estudos Disciplinares

ICSC – Curso: Administração

Disciplina: Economia e Negócios – Ficha 4

Campus: Data: / /

Nome:

RA: Turma:

Questão 1 - Considere o tipo de mercado em que existe, de um lado, um único empresário dominando inteiramente a oferta e, de outro, todos os consumidores. Não há, portanto, produto substituto perfeito ou concorrente. Nesse caso, ou os consumidores se submetem às condições impostas pelo vendedor, ou simplesmente deixarão de consumir o produto. Essas características correspondem.

A. Ao monopólio em que o produto ofertado nesse mercado é diferenciado, não homogêneo.

B. Ao oligopólio, estrutura de mercado intermediária entre a concorrência perfeita e o monopólio.

C. À concorrência perfeita em que os produtos são homogêneos e, portanto, não necessária competição entre os agentes envolvidos.

D. À concorrência monopolista em que há número significativamente grande de produtores e a participação de cada um é também significativa.

E. Ao monopólio perfeito em que exista grande número de empresas oferecendo um mesmo produto.

Justificativa

Questão 2 – Conforme Ernani Teixeira em Economia monetária: a macroeconomia no contexto monetário (2002, p. 7), “ a existência do sistema monetário financeiro pressupõe a existência da moeda. Mas o que é moeda? Se alguém utiliza o seu relógio para saldar uma dívida, o relógio é moeda? A resposta, sem dúvida, é complexa. Richard Dawkins argumenta que a moeda é um símbolo formal de altruísmo recíproco retardado. O economista, no entanto, utiliza uma definição ainda mais sutil: moeda é qualquer coisa que exerce a função de moeda. Assim, o entendimento da moeda requer, em primeiro lugar, o entendimento de suas funções”. Sobre as funções da moeda, analise as seguintes afirmativas.

I – A moeda permite intermediar as relações de troca, substituindo o escambo, e essa característica diz respeito a sua função de reservar valor.

II – Por ser possível acumular e guardar moeda, diz-se que ela tem a função de reservar valor.

III – Por ser utilizada como medida de valor, servindo de parâmetro para se apurar o valor monetário de transação de bens e serviços, diz-se que a moeda tem valor de troca.

Em relação a essas afirmativas é possível afirmar que:

A. Estão corretas I, II e III.

B. Apenas a afirmativa I está incorreta.

C. Apenas as afirmativas I e II estão incorretas.

D. Apenas as afirmativas I e III estão corretas.

E. Apenas a afirmativa II está correta.

Justificativa

Estudos Disciplinares

ICSC – Curso: Administração

Disciplina: Economia e Negócios – Ficha 5

Campus: Data: / /

Nome:

RA: Turma:

Questão 1 – “A contabilidade nacional mede a atividade econômica a partir de sua expressão mais genérica, o produto da economia, para, em seguida, e a partir dele, introduzir novos conceitos e assim observar a atividade econômica. Esses conceitos são chamados de agregados e recebem essa denominação pelo fato de não serem simplesmente uma soma de parcelas que se expressam da mesma forma e na mesma unidade de medida, mas sim uma soma de coisas diferentes (bens e serviços) cujo volume físico é expresso nas mais diferentes unidades de medida.” (SILVA, Cézar Roberto Leite da; LUIZ, Sinclayr. Economia e mercados: introdução à economia. 19ª edição, São Paulo, Editora Saraiva, 2010, p.44-45). Acerca do assunto, considere que o Produto Interno Bruto de um país, medido a preços correntes, tenha aumentado consideravelmente entre dois anos seguidos. Isso significa que.

A. Ocorreu um incremento real na produção.

B. O país está atravessando um aumento contínuo e generalizado do nível de preços.

C. Nada se pode concluir, pois é necessário ter informações sobre o comportamento dos preços nesses dois anos.

D. O país apresenta taxa significativa de crescimento real.

E. O país apresenta taxa significativa de deflação.

Justificativa

Questão 2 – Do ponto de vista histórico, a sociedade atual tem um estilo de vida considerado avançado e essa forma de viver acarreta diversos problemas ao meio ambiente. Sobre esse fato, indique a alternativa que corresponde aos problemas do meio ambiente decorrente do padrão de vida da sociedade moderna.

A. Elevado processo de urbanização que conduz ao aumento do consumo de produtos industrializados; da expansão das telecomunicações, do uso potencializado de produtos químicos sintéticos, de energia, em especial o sistema de transporte.

B. A crescente urbanização tem conduzido ao aumento do consumo de produtos industrializados, contudo, são nos países mais industrializados que a contaminação ao meio ambiente é menos agressiva, em razão da maior eficiência no controle da poluição pelos governos desses países.

C. A crescente urbanização e o padrão de consumo a ela relacionado não podem ser considerados como elemento indutor da contaminação ambiental.

D. A crescente urbanização eleva a demanda de produtos agrícolas, cuja produção em larga escala contamina o meio ambiente, em específico o meio urbano.

E. O transporte em massa, no meio urbano, é em síntese o único responsável pela contaminação ambiental, uma vez que se trata de um setor preponderantemente demandante de energia.

Justificativa