Trabalho Completo Magazine Luizamagazine Luiza - Pim I

Magazine Luizamagazine Luiza - Pim I

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Outras

Enviado por: Camila 02 janeiro 2012

Palavras: 4346 | Páginas: 18

...

ipais fornecedores .................................................................................... 8 Principais mercados e principais segmentos ..................................................... 8 Principais concorrentes .................................................................................... 8

2.1.1 2.1.2 2.1.3 2.1.4 2.1.5 2.1.6 2.1.7 2.1.8 2.1.9

2.1.10 Programa de fidelização de cliente; .................................................................. 9 2.1.11 Programa de motivação de colaboradores;..................................................... 12 2.1.12 Organograma ................................................................................................. 14 3 GESTÃO ORGANIZACIONAL ............................................................................... 15 3.1 3.2 3.3 3.4 3.5 4 5 COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL...................................................................... 15 TÉCNICAS DE INFORMÁTICA .......................................................................... 15 MATEMÁTICA APLICADA ................................................................................ 16 ECONOMIA E MERCADO .................................................................................. 19 ÉTICA E LEGISLAÇÃO: TRABALHISTA E EMPRESARIAL ........................... 20

CONCLUSÃO ............................................................................................................ 23 REFERÊNCIAS ......................................................................................................... 24

4

1

INTRODUÇÃO

O Magazine Luiza tem como finalidade de adquirir de forma gerencial aqui prestada para que tenham as trocas de informações, tendo como relacionar melhor com seu cliente pelo sue sistema de informática, o qual trás ilimitado os acessos por site

www.magazineluiza.com.br. Este trabalho tem o propósito de apresentar de que forma se processa o interrelacionamento do conteúdo acadêmico e sua aplicação na corporação econômicoadministrativa apresentada. Este enfoque será abordado sob o ponto de vista da ótica sistêmica de SIC (Sistema de Informação e Comunicação). Em consonância com os elementos que regem o universo de estudo em questão, será encadeado em uma seqüência persuasiva, na qual levará o leitor a compreender os aspetos desses elementos e como se relacionam com o plano de negócio da Organização, sobretudo enfocando as competências da gestão administrativa no trato do objetivo principal que é alcançar um resultado eficaz e retorno financeiro, utilizando-se de argumentos contábilfinanceiro; a dinâmica das relações colaborativa dos elementos envolvidos, bem como questões atuais que enfocam o compromisso social e ambiental desencadeados pelas políticas específicas que atentam para uma nova instância da necessidade humana no mundo globalizado. Empresa 100% brasileira no ramo de vendas online com o propósito de ampliar as ligações entre clientes e empresa.

5

2

FUNDAMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO

2.1

DESCRIÇÃO DA ORGANIZAÇÃO

Magazine Luiza S/A. é uma organização 100% brasileira com larga experiência no ramo de vendas pela internet, Posiciona-se hoje na 2º posição do varejo nacional; 2ª maior rede de comércio eletrônico do país a empresa conta com diversos meios de comércio eletrônico, sendo elas as Lojas Virtuais, Televendas, o Lounge e o site magazineluiza.com; todos de fundamental importância para o faturamento da empresa, que atualmente chega a 12% do total em vendas. Deu início em suas atividades no ano 1957 na Rua Voluntários da Franca, n°1465, no bairro Centro, na cidade de Franca, inicialmente com a primeira loja convencional e hoje chegando total de quatro e mais duas lojas virtuais só nesta região. Hoje a empresa possui 455 pontos de venda; (Sendo 369 lojas convencionais, 23 lojas Shopping, 62 lojas Virtuais, e 1 Site), atuando em sete Estados, e com seis centros de distribuição, com metragem de armazenagem total de 105.500 m2.

2.1.1 Denominação e forma de constituição

 Magazine Luiza S/A, inscrita no CNPJ/MF sob o n.º 47.960.950/0001-21.  Endereço (Sede): Rua Voluntários da Franca, n°1465 – Centro – Franca/SP.  Forma de constituição: S/A - Regida pela Lei das S.A. (6404/76); formada através de capital fechado (subscrição particular) podendo participar de outras sociedades, para realizar o objeto social ou pelos incentivos fiscais.

6

2.1.2 Dados e fatos relevantes da origem da organização

Originada no Brasil, A história do Magazine Luiza começou na cidade de Franca, interior de São Paulo. Em 16 de novembro de 1957, seus fundadores Pelegrino José Donato e sua esposa, Luiza Trajano Donato, adquiriram uma pequena loja de presentes chamada A Cristaleira. O nome do novo negócio foi logo substituído, através de um concurso, e surgiu o primeiro Magazine Luiza, já com uma proposta de interatividade e proximidade com o consumidor. Em 1966 ocorreu a ampliação da primeira loja, que já tinha 500 metros quadrados, e a entrada de dois novos sócios. Quase uma década mais tarde, em 1974, a empresa inaugurou sua primeira grande loja de departamento, que recebeu o nome de Loja Número 1, com mais de 5.000 metros quadrados. Em dado momento, o casal decidiu convidar outros parentes para o negócio e, com dinheiro em caixa, abriram filiais. Uma puxou a outra e, ao final de duas décadas, a empresa contava com 30 lojas. 2.1.3 Natureza e ramo de atuação

Magazine Luiza, Posiciona-se hoje na 2ª maior Rede de Comercio Eletrônico no País e Por estar atuando em diversos segmentos, o que denominamos Multicanal de vendas, o público tornou-se variável conforme abaixo:     Lojas Convencionais e Virtuais Classes C e D Lojas de Shopping Classes A e B Televendas Classe B Site Classes A e B

Para as lojas convencionais / virtuais, nosso público compreende basicamente as classes C e D, com homens e mulheres e idade acima de 25 anos. Para o Site há diferenciação as Classes A e B, com homens e mulheres no perfil de idade mais jovem entre 20 anos.

7

2.1.4 Informações sobre o porte da empresa

Magazine Luiza S/A, empresa nacional de médio porte com faturamento da receita da companhia foi de R$ 2,8 bilhões líquido em 2009. Lojas de departamentos com Serviços e produtos. Principais produtos como refrigeradores, televisores, fogões, móveis, utensílios domésticos em geral, podendo ser subdivididos em: lar (Móveis, Presentes, Cama Mesa e Banho e Bebê), lazer (Hobby, “Fitness”, Cine-Foto e Brinquedos), eletrônicos (Som e Imagem), eletrodomésticos (Linha Branca), telemática (Telefonia e Informática), e outros; e varejo diverso. 2.1.5 Número de Funcionários

A empresa conta com quatorze mil, Colaboradores / Funcionários diretos divididos entre gerência (administrativa, comercial e financeira), editores, diagramadores, redatores, distribuidores, bem como um setor de apoio ao cliente, análise de mercado e demais colaboradores. Todos são registrados legalmente conforme a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). A empresa conta também com a colaboração de prestadores de serviço que auxiliam na área técnica e suporte. 2.1.6 Principais produtos e serviços

Produtos eletrônicos, eletrodomésticos e móveis, já na área de serviços são eles financeiros, que possui uma linha de seguros que é comercializado nas lojas, no site e via telemarketing através da Luizaseg, empresa fruto de uma sociedade entre o Magazine Luiza e a Cardif do Brasil, empresa que pertence ao banco francês BNP Paribas. A Luizaseg é a primeira join venture brasileira firmada entre um varejista e uma seguradora a obter junto aos órgãos competentes a sua licença de operação. No Magazine Luiza, são comercializados o seguro Credseguro (prestamista), Garantia Plus (garantia

8

estendida), Luiza Vida (vida), Luiza Renda Hospitalar (acidentes pessoais com internação hospitalar), Luiza Residencial (residencial com assistência domiciliar) e Luiz Odonto (convênio odontológico e seguro de vida). 2.1.7 Principais fornecedores

O Magazine Luiza possui uma parceria eficaz com seus fornecedores, já que para garantir satisfação total a nossos clientes, devemos começar com uma grande relação de amizade e parceria com as empresas que fornecem nossos produtos. As principais empresas fornecedoras são: Philips, Sony, Multibrás, Electrolux, Dako, Mattel, Bandeirantes, Somopa, Démobile, Somapar, Americanflex, BS-Continental, GEDAKO, Panasonic, LG, Caloi, Tramontina, Wallita e Arno. 2.1.8 Principais mercados e principais segmentos

As Americanas.com possui serviços de credito e incorporada com Submarinos.com, são empresas na área tecnologia da informação e grande concorrente no ramo de vendas via internet em operações bastante distintas no ramo informação e de seus respectivos sites

2.1.9 Principais concorrentes

 Americanas.com;    Submarinos.com; Ricardo Eletro; Casas Bahia

 Ponto Frio  Insinuante

São essas lojas responsáveis por maiores números de vendas online no Brasil e algumas mais citadas abaixo.

9

Pernambucanas.com, Lojas Maia, Colombo, Eletro shopping, Extra Supermercado Marabraz e entre outras que fazem o nosso maior comercio virtual.

2.1.10 Programa de fidelização de cliente;

 

Fidelização de Clientes (Ativação de Clientes/ aumento do Ticket médio); Mala-direta: retorno de até 50% nas ações de comunicação dirigida – Clientes Heavy User. Ações de relacionamento e vendas segmentadas, incluindo envio de tablóides;

Cliente Ouro (mais benefícios – “Dia do cliente”, mais dias para pagar, taxas diferentes em promoções especiais, consórcio sem taxa de adesão etc.);

     

Operação Bumerangue (programa de ativação de clientes que premia o vendedor); Concurso Cultural; Atualização Cadastral; Estratégias de Comunicação dirigida com Clientes; Estudos e análise de perfil; Metas de clientes. e houver, caso contrário pode conceber um programa de fidelização de cliente.

     

Database – Quadro de clientes Objetivos: Capturar e analisar dados para geração de ações; Segmentação de clientes baseado no comportamento de compra; Listagem de clientes e análise de resultados; Desenvolvimento e produção de mala direta;

10

Ações de Relacionamento;

Dia de Ouro: O objetivo desta ação é reconhecer e recompensar nossos Clientes Ouro através de um dia memorável, estreitando nosso relacionamento com eles, além de alavancar as vendas. Operação Bumerangue: Esta é uma campanha de incentivo interno, direcionada aos colaboradores do Magazine Luiza. A campanha surgiu pela necessidade de fidelização, transmitindo para o colaborador o foco do produto para o cliente. Os objetivos da campanha são: - Fidelizar com o aumento da ativação de clientes; - Resgatar clientes inativos; - Conquistar novos clientes; - Manter clientes, aumentando sua freqüência e o gasto médio; - Aumento do gasto médio dos clientes ouro, aumentando sua participação; - Expandir a base de clientes ouro. Público-alvo: - Gerentes Regionais; - Gerentes de Loja; - Encarregados; - Vendedores; - Equipe de Apoio; - Área de Compras. Cada loja possui uma meta de ativação de clientes distintos, que varia conforme a capacidade de cada uma. Os pontos de clientes adquiridos pela loja são liberados no fim do mês somente se a meta estabelecida de ativação de clientes da loja for atingida.

11

Todos os meses, a meta de cada loja mudará em função da sazonalidade das vendas.

Estas metas são publicadas mensalmente no site da campanha: www.operacaobumerangue.com.br e na intranet. Os pontos liberados podem ser trocados por prêmios do guia. Os participantes poderão trocar os pontos após a liberação ou acumular para trocar por outros prêmios. Além dos prêmios do guia os funcionários concorrem a prêmios extras, como viagens, etc. A cada venda realizada para os clientes (novos, inativos e ouro), o vendedor ganha 200 pontos, além das vantagens: Cliente Ouro: pontos em dobro em qualquer compra, independente do valor; Cliente Novo: nas lojas “Novas paridades” mais atrativas. Os pontos fortes da Operação são as parcerias feitas com os fornecedores que incentiva os funcionários a venderem os produtos dos parceiros, oferecendo pontos extras na Operação em função da venda dos produtos participantes da campanha. Esses pontos podem ser trocados por prêmios da própria Operação ou então por prêmios que o parceiro queira oferecer.

Clientes Ouro Quais os critérios para classificar os clientes como: novos, inativos, freqüentes, potenciais à Ouro e Ouro? Novos: clientes que compraram pela primeira vez. Inativos: que não compram há mais de 12 meses. Freqüentes: não temos nessa nomenclatura. O que mais se assemelha é "ativos", clientes que compraram nos últimos 12 meses. Potenciais à Ouro: já possuem o perfil e/ou está prestes a preencher o perfil Ouro. Ouro: melhor cliente do ML. Perfil do Cliente Ouro: 7 compras e R$2.000,00 liquidados, com maior atraso menor do que 31 dias, nenhuma ocorrência restritiva (SPC ou incobrável) e cadastro atualizado.

12

Essa classificação funciona para todas as lojas. Apenas na internet temos uma diferenciação de melhores clientes. Apesar do Cliente Ouro também comprar pela internet (uma pequena parte), internamente temos uma classificação diferente para clientes especiais, são os Clientes Vip, mas ainda não divulgamos este nome, apenas os tratamos de uma forma diferenciada 2.1.11 Programa de motivação de colaboradores;

Para o futuro, Luiza Helena acredita cada vez mais que as pessoas vão fazer a grande diferença e, para isso, o Magazine Luiza trabalha muito a criatividade individual, ou seja, tenta trazer para a empresa os seus talentos naturais, como cantar, cozinhar, dançar e utilizar destas habilidades para gerar riquezas para a empresa e acima de tudo para o consumidor. Luiza Helena espera que o Magazine Luiza consiga, com o mesmo sucesso que teve no Ciclo (passado) de dez anos, aumentar o nível de consciência das pessoas, melhorar a participação destas enquanto cidadãs na empresa, na cidade, no Brasil e no mundo Para Luiza Helena, os pontos mais importantes no Magazine Luiza foram as mudanças profundas que houveram nas premissas, na forma como é analisada principalmente na área de Recursos Humanos, que saiu de um departamento paternalista que visava muito “dar”, para um RH mais educativo, que trabalha as pessoas na sua globalidade, não só na área profissional, mas incentivando para que se desenvolvessem por iniciativa própria. Estas mudanças refletiram até nas premissas de dar benefícios e, pensando nisto, em 1991, quando Luiza Helena assumiu a Superintendência da empresa, começou uma grande revolução, afetando principalmente as premissas que nortearam o significado dos Recursos Humanos. É uma crença no potencial das pessoas, trabalhando muito o “ser global” de cada uma, capacitando todos os líderes para agirem como um gestor. A partir daí foram desenvolvidos vários projetos educativos e o primeiro passo foi dar a base e incentivar o retorno à escola através de um programa de bolsa de estudos. Há vários anos o Magazine Luiza mantém este projeto, independente do curso que o funcionário queira fazer. Ele pode participar a partir de um ano de trabalho na empresa. Luiza Helena acredita muito que o empresário tem obrigação de ajudar a educação no país e para ela é muito importante a consciência das pessoas que trabalham na empresa em relação à mudança que a “Era do conhecimento” vai trazer para o perfil do profissional que é

13

desenvolver cada vez mais as competências duráveis, como a capacidade de abstrair, de fazer acontecer, de aprender, de trocar, de educar e de ser líder, porém, e acima de tudo, com muita ética. Em conseqüência deste trabalho foram criados outros programas, levando as pessoas a fazerem cursos fora, trazendo profissionais que se encaixem nestas premissas para trabalhar esta mudança de mentalidade e sempre reforçando o papel do empreendedor, por que a intenção do Magazine Luiza é fazer com que cada funcionário esteja pronto para amanhã ter o seu pequeno negócio. Significa que hoje o vendedor do Magazine Luiza não só vende como aprova crédito e recebe. À medida que ele tem este contato mais próximo com o cliente (ponta a ponta), cria-se um vínculo maior, possibilitando que no futuro, sendo ele um empreendedor, possa resgatar este cliente. A Superintendente do Magazine Luiza acredita ter hoje três pontos essenciais dentro de uma empresa: Velocidade, Qualidade e Rentabilidade. “No início, estas três palavras são antagônicas uma da outra”, mas já faz parte de algumas premissas quebradas. A rentabilidade depende de uma equipe alinhada e comprometida, sabendo sempre para que rumo a empresa deve seguir. Para o futuro, Luiza Helena acredita cada vez mais que as pessoas vão fazer a grande diferença e, para isso, o Magazine Luiza trabalha muito a criatividade individual, ou seja, tenta trazer para a empresa os seus talentos naturais, como cantar, cozinhar, dançar e utilizar destas habilidades para gerar riquezas para a empresa e acima de tudo para o consumidor. Luiza Helena espera que o Magazine Luiza consiga, com o mesmo sucesso que teve no Ciclo (passado) de dez anos, aumentar o nível de consciência das pessoas, melhorar a participação destas enquanto cidadãs na empresa, na cidade, no Brasil e no mundo.

14

2.1.12 Organograma

A empresa é dividida em dez setores, são eles a Superintendência, Serviços de atendimento ao cliente, Centro de serviço ao cliente, Financeiro, Logística, Controladoria, Sistemas, Compras, Vendas Marketing e Humanas .

15

3

GESTÃO ORGANIZACIONAL

3.1

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL

A comunicação empresarial constitui uma importante ferramenta de comunicação onde é possível melhorar a imagem de uma empresa, produto ou mesmo relacionamento com funcionários e público alvo. Em momentos de crise, a salvação chega por meio de muita criatividade e trabalho em equipe. Comunicação significa tornar comum, trocar opiniões, fazer saber; implica interação, troca de mensagens. É um processo de participação de experiências, que modifica a

disposição mental das partes envolvidas. O sucesso empresarial também depende de um sistema de comunicação eficaz, tanto interna, quanto externamente. A comunicação imprecisa, ambígua e insuficiente tem gerado a ruína de muitos empresários. A Comunicação Empresarial tem assumido, nos últimos anos, maior complexidade, tendo em vista a necessidade de trabalhar com diferentes públicos (portanto diferentes conteúdos, discursos ou linguagens), o acirramento da concorrência, a segmentação da mídia e a introdução acelerada das novas tecnologias. O objetivo é criar um departamento de comunicação que recoloque sua empresa e produtos em destaque perante funcionários e consumidores. 3.2 TÉCNICAS DE INFORMÁTICA

A Importância da Visão Sistêmica para a Introdução dos Sistemas Informatizados nas Organizações e suas definições: "Sistema é um conjunto de partes coordenadas para realizar um conjunto de finalidades." (CHURCHMAN, 1972, p.50) "Uma rede de componentes interdependentes que trabalham em conjunto para tentar realizar um objetivo." (DEMING, 1997, p.41)

16

A introdução da informática numa organização visa, fundamentalmente, um aumento da sua eficácia, ou seja, dotá-la de instrumentos que permitam atingir os objetivos que lhe estão cometidos com uma redução da relação custo/beneficio. A técnica da informática é proveniente do conhecimento das operações e da habilidade de manejar as ferramentas necessárias para o tratamento da informação através das máquinas eletrônicas tal como o computador.

3.3

MATEMÁTICA APLICADA

Área Financeira e suas funções:  Tesouraria: - Centralização de Pagamentos; - Gerenciamento dos Valores; - Captação de Recursos; - Negociação com Bancos; - Aplicações Financeiras.

 Contas a Pagar (Compror): - Conferência de Pedidos; - Conciliação dos Pagamentos; - Cotação e Negociação de Taxas junto aos Bancos.

 Correspondente Bancário:

17

- Conciliação de arrecadação água, luz e telefone; - Pagamento de duplicatas (Poc); - Recebimento de numerários filiais.

 Caixa: - FMX; - Tickets; - Relatório de viagens; - Pagamentos até R$ 100,00 - Verba de Compra.

 Cartão Ouro: - Concessão e emissão de Cartão Ouro Luiza; - Análise e concessão de Crédito para cliente ouro; - Cobrança do cliente Ouro; - Atendimento às lojas; - Atendimento ao cliente Ouro; - Atendimento Luiza Cred Ouro. Identificar a utilização de algumas das aplicações vistas no curso, em algum planejamento ou controle da empresa. Equações Chaves que fazem parte da cultura desta empresa:  Como manter uma eficiência de cobrança satisfatória e continuando a vender

18

em planos longos conforme a exigência do mercado atual?.  Como desburocratizar sem perder a segurança e sem depender de desenvolvimento de sistemas?.  Como desenvolver um novo negócio / serviço sem perder foco da atividade principal da empresa?.

Pontos Fortes:  Flexibilidade na política de taxas de juros e planos de pagamentos;  Fim das saídas por caixa de pagamento de premiações;  Precisão e segurança na captura de cheques;  Mudança no processo de contemplação de consórcio, gerando redução no prazo de repasse do crédito.

Prioridades:  Novos negócios (Vendas de Seguros, Pagamentos de Energia Elétrica, Crédito Pessoal, etc.);  Desburocratização da Controladoria e Departamento Financeiro;  Redução de cancelamentos de vendas;  Parceria com bancos e fornecedores.

A matemática aplicada é um ramo da matemática que trata da aplicação do conhecimento matemático a outros domínios. Tais aplicações incluem cálculo numérico,

19

matemática voltada a engenharia, programação linear, otimização, modelagem contínua, biomatemática e bioinformática, teoria da informação, teoria dos jogos, probabilidade e estatística, matemática financeira, criptografia, combinatória e até mesmo geometria finita até certo ponto, teoria de grafos como aplicada em análise de redes, e grande parte do que se chama ciência da computação. Os administradores das organizações utilizam-se das aplicações matemáticas para obterem soluções de problemas da empresa em questões nas áreas econômicas, financeiras e outras. A matemática também oferecerá ao administrador capacidade de analisar, relacionar, comparar, sintetizar, criar e resolver problemas.

3.4

ECONOMIA E MERCADO

É uma empresa de técnicas econométrica, que é um método de investigação que visa, basicamente, confrontar a teoria econômica com a realidade através da análise de dados numéricos, para, com isso, reformular a teoria econômica quando os dados não estiverem de acordo com a teoria. Economia Positiva e Economia Normativa

Economia positiva: é o conjunto de métodos e esquemas teóricos que permitem determinar e entender como se dão os fenômenos econômicos. Estuda a atividade econômica como ela é.

Economia normativa: parte da constatação de como a realidade é, ou seja, do entendimento dos mecanismos econômicos, para em seguida propor um estado de coisas considerado melhor pelo observador. Estuda a atividade econômica como ela deveria ser.

20

Economia é a ciência social que se ocupa da administração dos recursos (escassos) para atender as necessidades humanas (ilimitadas). A partir destas definições surgem dois princípios básicos da Teoria Econômica: - Principio da escassez: Os recursos são sempre escassos. - Princípio das necessidades ilimitadas: As necessidades sociais e humanas são ilimitadas. A economia das empresas lida com a aplicação do raciocínio microeconômico a problemas de tomada de decisões do mundo real enfrentados por instituições públicas, privadas e sem fins lucrativos. O campo da economia de empresas tem experimentado um crescimento que reflete uma constatação de que analistas membros do conselho de administração e gerentes graduados podem valer-se da teoria econômica para tomar decisões coerentes com as metas da organização. A economia de empresas aproveita da teoria microeconômica, aqueles conceitos e técnicas que permitem ao decisor selecionar a direção estratégica, alocar eficientemente os recursos da organização e reagir eficazmente aos problemas táticos. As ferramentas da economia de empresas podem ser aplicadas por gerentes de empresas com finalidade lucrativa e nos setores público e sem fins lucrativos da economia, porque gerentes em todos os tipos de entidades enfrentam um conjunto de problemas comuns. Circulação do sistema econômico é o processo através do qual os fluxos de renda e de produto circulam entre as entidades do sistema econômico, possibilitando-lhes cumprir adequadamente o seu papel. Fluxo de renda, ou nominal, ou monetário: é a totalidade da remuneração dos fatores de produção empregados pelas unidades produtoras. Constitui a demanda ou a procura da economia.

3.5

ÉTICA E LEGISLAÇÃO: TRABALHISTA E EMPRESARIAL

Desde 1992, todas as lideranças da Empresa assinam um contrato de compromisso que representa o nosso código de ética o qual é renovado anualmente, durante o Seminário do Posicionamento Estratégico. - Missão, Valores e Princípios da Empresa, Aspectos da Cultura e Disposições

21

- Linha 0800: Juntamente com o Código de conduta ética temos a linha direta com a Superintendência aberta para clientes e colaboradores, para que sejam denunciados quaisquer atos que firam os valores e a ética da empresa.

- Carta de parceria com os fornecedores: Anualmente, a Diretoria Comercial escolhe cerca de 10 dos principais fornecedores para selar os compromissos que norteiam as relações com o Consumidor final e as bases da negociação e fornecimento de produtos para o Magazine Luiza. Ela é norteada por princípios éticos e compromissos que ambas as partes estabelecem para que haja uma relação de ganha-ganha.

- Diretrizes de atendimento ao cliente: A Área de Vendas estabeleceu os 12 padrões de Atendimento ao Cliente do Magazine Luiza, para garantir, em todas as lojas da Rede, um alto padrão de relacionamento com o consumidor.

Política de demissão em massa

Felizmente, nos últimos anos, o Magazine Luiza não tem vivenciado períodos que necessitem a tomada de medidas mais drásticas, como uma demissão em massa.

O Magazine Luiza possui um sistema de avaliação de performance, que oferece dados sobre o desempenho de seus colaboradores. Quando detectamos baixo desempenho, o colaborador é acompanhado de duas formas, para que seja feito o feedback e a correção do desempenho:

- Conselho de loja: O conselho de loja, conforme dito anteriormente é um órgão interno de representatividade dos colaboradores; ele visa contribuir com a gerência e encarregados no processo decisório de administração da unidade. O conselho de loja atua

22

também nas decisões dos processos de admissão, avaliação e demissão de funcionários, entre outros assuntos. Cabe aos Conselheiros e Gerentes da Loja, avaliarem periodicamente a equipe e acompanhar o colaborador com baixa performance, sinalizando os caminhos a seguir por ele para retomar sua produtividade, postura e comprometimento. - Gerente regional: São responsáveis em apoiar os colaboradores em seu desempenho e carreira, quando Gerente de Loja e Conselho esgotam sua atuação. Somente em casos extremos é que o Gerente Regional recomenda ao Departamento de Recursos Humanos o desligamento de um colaborador. Todo processo de avaliação e desligamento é acompanhado pelo RH, que recebe todas as atas de reuniões dos Conselhos, para autorizar os desligamentos e acompanhar o cronograma de redirecionamento estabelecido pelo grupo para a recuperação do potencial do funcionário. Todas as demissões são acompanhadas diretamente pela Superintendência.

23

4

CONCLUSÃO

Em uma empresa de porte como Magazine Luiza tem como propósito de relacionamento com seus clientes, informá-los a maneira na qual a ética caminham lado a lado com informações precisas fazendo assim um papel fundamental para o processo de gerenciamento da empresa. . Magazine Luiza, hoje é uma empresa que se enquadra no sistema econômico e com atitudes de ser um marco na economia brasileira solidamente e propósitos que tragam benefícios para o Brasil atual Empresa de fenômeno da globalização que vem transformando o mundo dos negócios, provocando mudanças no ambiente organizacional, onde o mercado e a competitividade exigem das organizações resultados mais eficazes, exigindo o repensar de práticas administrativas. Pode-se concluir que os clientes têm um papel muito importante no cenário interno trazendo uma forma ideal para o relacionamento entre eles em uma modernidade de informações pela qual todos adquirem o direito de consultar preços de mercadorias, condições de pagamentos, tempo de entrega, isso tudo apenas sem a pessoa sair do seu domicilio, com um site seguro e de bastante praticidade e assim contribuindo cultura ativa e desenvolvendo novos negócios corporativos.

24

5

REFERÊNCIAS

EXEMPLOS: MAGAZINE LUIZA – LOJA VIRTUAL http://www.magazineluiza.com.br

VISÃO SISTÊMICA - http://www.revistatemalivre.com/sistema.html

ECONOMIA E MERCADO http://www.acessosonline.com.br/lyceump/aonline/aolpublicacoes.asp

MATEMATICA APLICADA - Wikipédia, a enciclopédia livre. http://pt.wikipedia.org/wiki/matemática_aplicada

MAGAZINE LUIZA - TRABALHOS ACADEMICOS, Departamento de Comunicação. https://www.magazineluiza.com.br/seguro/academico/