Trabalho Completo Os Sistemas De Informação Empresariais Na Sua Carreira

Os Sistemas De Informação Empresariais Na Sua Carreira

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Tecnologia

Enviado por: Lorena 28 dezembro 2011

Palavras: 5088 | Páginas: 21

...

pla de sistemas de informação que engloba um entendimento das dimensões organizacionais e humanas dos sistemas, a capacitação em computadores, ao contrário, foca o conhecimento da tecnologia da informação.

05) Enumere e descreva as dimensões organizacional, humana e tecnológica dos sistemas de informação?

Pessoas: uma pessoa é tão boa quanto as pessoas que formam. O mesmo se aplica aos sistemas de informação, eles são inúteis sem pessoas capacitadas para desenvolvê-los e mantê-los.

Organizações: Executa e coordena o trabalho por meio dessa hierarquia e de seus processos organizacionais, isto é, comportamento e tarefas relacionadas para execução do trabalho.

Tecnologia: Hardware, Software, tecnologia de armazenamento de dados, tecnologia de comunicação e de redes. Todas essas tecnologias, juntamente com as pessoas necessárias para acioná-la e administrá-la, são recursos que fazem ser compartilhados e consistem as infra-estruturas de tecnologia da informação (TI).

06) O que são a Internet e a World Wide Web? Como elas mudaram o papel dos sistemas de informação nas organizações?

Internet é uma rede de comunicação, ela também é uma grande concentradora de fatores fundamentais para algo e/ou alguém se sustentar neste novo século, nesta nova realidade.

World Wide Web é a interface gráfica da Internet. Ela é um sistema de informações organizado de maneira que engloba todos os outros sistemas de informação disponíveis na Internet que usa padrões para armazenar, recuperar, formatar e mostrar informações no formato de uma pagina de Internet.

Como elas mudaram o papel dos sistemas de informação nas organizações?

07) Enumere e descreva cada um dos quatro passos para resolver problemas organizacionais.

Identificação do problema: Identificar qual é o tipo de problema. Para que seja resolvido, deve haver consenso sobre a existência de um problema, sobre qual é o problema, quais suas causas e o que pode ser feito sobre ele, dados os recursos limitados de que se dispõe. De fato, os problemas devem ser adequadamente definidos pelas pessoas em uma organização antes de ser resolvidos.

Escolha: Alguns dos fatores a considerar ao tentar achar a melhor solução são o custo dessa solução, sua exeqüibilidade dados os recursos e conhecmentos existentes, e o tempo necessário para desenvolve-la e implanta-la. Também deve ser levantadas em conta as atitudes e o apoio dos seus funcionários e gerentes. Implantação: Para implantar uma solução que envolva sistemas de informação, é preciso desenvolver essa solução e introduzi-la na organização. Isso inclui adquirir ou desenvolver software – a parte tecnológica da equação. O software precisa ser testado em um cenário empresarial realista; depois os funcionários precisam ser treinados para usa-lo. Alem disso, também será preciso preparar uma documentação sobre como usar o novo sistema. A implantação inclui também a mensuração dos resultados. Depois de implantada, cada solução precisa ser avaliada, para que se determine em que medida ela esta funcionando e se são necessários mudanças adicionais para atender aos objetivos originais. Essas informações devem retornar para os solucionados de problemas. Assim, a identificação do problema pode mudar ao longo do tempo, soluções podem ser alteradas e novas escolhas podem ser feitas, tudo baseadas na experiência real.

Resolução de problemas: um processo, não um evento: A resolução de problemas muitas vezes é encarada como um evento que termina em determinado ponto, devida o problema ter sido resolvido, porém não é o que acontece todas as vezes e a solução escolhida não funciona permanentemente, fazendo com que novas soluções sejam necessárias e evoluídas continuamente, isso mostra que a resolução de problemas é um processo contínuo do que um evento isolado.

08) Dê alguns exemplos de problemas humanos, organizacionais e tecnológicos que podem ser encontrados nas empresas.

Organizacionais: Processos deficientes como cultura pouco colaborativa, conflitos internos, mudanças entorno da organização, ambiente turbulento, recursos inadequados.

Humanos: Treinamento de funcionários, habilidade de avaliação de desempenho, participação e apoio dos funcionários, administração deficiente, ambiente de trabalho.

Tecnológicos: Sistemas ultrapassados de monitoração de clientes, banco de dados, hardware antigo, software ultrapassada, incompatibilidade de sistemas com o avanço da tecnologia, mudança tecnológica acelerada.

09) Qual o papel do senso crítico na resolução de problemas?

O senso crítico ajudará a desenvolver uma analise mais profunda e sem preconceitos em relação aos problemas existentes, fazendo com que se permita tomar as mais criativas e as melhores decisões. Se baseando em pré-requisitos como manter uma postura questionadora e adiar o julgamento, ter consciência das diferentes perspectivas, testar as alternativas e deixar que a experiência dite as regras e ter consciência dos limites organizacionais e humanos. A melhor proteção contra resultados incorretos é ter senso critico ao longo do processo de resolução de problemas.

10) Qual o papel dos sistemas de informação na resolução de problemas organizacionais?

O sistema de informações ajudará a organização obter excelência operacional, desenvolver novos produtos, serviços e modelos de negócios, conseguirem um relacionamento mais estreito com os clientes e fornecedores, conseguir melhores tomadas de decisões, vantagem competitiva, logo o papel do sistema de informação é trazer novos métodos e recursos para a resolução de problemas.

11) Qual o papel dos sistemas de informação nas áreas de contabilidade, economia e finanças, marketing, administração e gestão operacional? Como a carreira de sistemas de informação está sendo afetada pelas novas tecnologias e pela terceirização?

Contabilidade: Facilitar o resumo de transações, criação dos registros financeiros, organização de dados, realização de análises, implantação, controle e auditar sistemas e redes. Tudo isso para garantir que as empresas mantenham os registros sobre segurança de sistemas e redes, para proteger a integridade da organização.

Economia e finanças: Facilita no planejamento, organização, implantação de estratégias. O sistema de informação ajuda a tingir os objetivos corporativos e a gerar retornos desejados, ajudando a administrar os investimentos, fluxo de caixa, riscos, aplicações e relatórios financeiros.

Marketing: Facilita no desenvolvimento de novos produtos, pesquisa de mercado, criação e mídia promocional, manter e conseguir novos contatos comerciais, isto é, ajuda na criação de marcas, promoções e vendas de um produto, gerar e acompanhar relatórios, desempenhos e feedback aos clientes e empresários.

Gestão Operacional: Ajuda a realização das tarefas de planejamento contratação, compras, controle de qualidade e estoques, interação com outros departamentos, organização de serviços, previsão até administração de desempenho, programação de atividades, projetos de instalação, transportes e distribuição em base na analise de dados armazenados.

Administração: O sistema de informação para a administração é fundamental já que esta área depende das tecnologias digitais, como a internet, emails, celulares e computadores portáteis para agilizar o processo de monitoramento de funcionários, clientes e fornecedores, facilitando e aprimorando assim as tomadas de decisões.

Sistemas de informações:

12) Quais conhecimentos em sistemas de informação são essenciais para todas as carreiras na área de negócios?

Compreender como os sistemas de informação ajudam as empresas a atingir os objetivos organizacionais mais importantes, a noção do papel central dos bancos de dados, conhecimento sobre analise de informação e inteligência empresarial, sensibilidades as questões éticas, sociais e legais levantadas pelos sistemas, e capacidade de trabalhar com especialistas em tecnologia e outros profissionais da empresa no projeto e desenvolvimento de sistemas.

2. E-business: como as empresas usam sistema de informação

01) O que é uma empresa? Quais são as principais funções empresariais?

É uma organização formal cujo objetivo é produzir produtos ou prestar serviços afim de gerar lucro, isto é, vender produtos a um preço superior aos custos de produção. Os clientes estão dispostos a pagar esse preço porque acreditam receber um valor igual ou superior ao preço de venda.

São quatro principais funções empresariais, manufatura e produção, vendas e marketing, finanças e contabilidade, recursos humanos, produto ou serviço.

Toda empresa precisa produzir o produto ou serviço, fazer o marketing desse produto e vendê-lo, monitorar as transações financeiras e contábeis, e executar tarefas básicas de recursos humanos, tais como contratar e reter funcionários.

02) O que são processos de negócios? Que papel eles desempenham nas organizações?

É um conjunto de atividades logicamente relacionadas que define como a tarefa organizacional especifica serão executadas. O papel do processo de negócios é descrever os passos e funções a serem executadas em determinado departamento.

03) Identifique e descreva os diferentes níveis de uma empresa e suas necessidades de informação.

Os sinais são:

- Gerencia Senior

- Gerencia Media: cientistas e trabalhadores do conhecimento

- Gerencia operacional: trabalhadores de dados

As necessidades são:

- atingir a execelencia operacional (produtividade, eficiencia e agilidade)

- desenvolver novos produtos e serviços

- estreitar o relacionamento com o cliente e atende-lo melhor

- melhorar a tomada de decisão (em termos de previsão e velocidade)

- promover a vantagem competitiva

- assegurar a sobrevivencia

04) Por que para entender uma empresa é preciso conhecer seu ambiente?

Além de se conhecer, a empresa precisa conhecer seu meio ambiente. Só estando em permanente contato com seu meio ambiente, é que a empresa pode perceber quais as necessidades desse ambiente, quais os anseios não atendidos, quais as oportunidades emergentes. É no seu meio ambiente que a empresa vai buscar os elementos para formar a visão de sua atuação futura. Esta é a função básica do pensamento estratégico na atuação empresarial, preparar a atuação da empresa no seu ambiente futuro, através de uma visão clara e compartilhada de seu negócio para assim ser bem sucedida.

05) Enumere e descreva os sistemas de informação que atendem a cada uma das principais áreas funcionais de uma empresa.

Sistemas de vendas e marketing: Dar suporte as atividades com: venda de produtos ou serviços, e identificar os clientes para os produtos ou serviços, determinando o que eles necessitam ou desejam suas necessidades e, alem disso, fazer propaganda e promoção desses produtos e serviços.

Sistemas de manufatura e produção: Apoiar a produção propriamente dita dos bens e serviços da empresa; planejamento, desenvolvimento e manutenção das instalações de produção; do estabelecimento de metas de produção; da aquisição, armazenagem e disponibilidade de materiais de produção de equipamentos, instalações, matérias-primas e trabalho exigidos para fabricar produtos acabados.

Sistemas financeiros e contábeis: S gerencia sênior usa para estabelecer as metas de investimento de longo prazo da empresa e fazer previsões de longo alcance para seu desempenho financeiro. A gerência média utiliza para supervisionar e controlar os recursos financeiros da empresa. E a gerencia operacional emprega os sistemas para monitorar o fluxo de recursos da empresa realizados por meio de transações como cheques, pagamentos a fornecedores, relatórios de valores mobiliários e recibos.

Sistemas de recursos humanos: Apoiar atividades como identificar funcionários potenciais, manter registros completos sobre funcionários existentes e criar programas para desenvolver seus talentos e suas capacidades.

06) Quais são as características dos sistemas de processamento de transações? Que papel eles desempenham em uma empresa?

Monitorar as transações e atividades básicas da organização, como vendas, recebimentos, entradas de dinheiro, folhas de pagamento, decisões de credito ou o fluxo de materiais numa fabrica.

É um sistema computadorizado que realiza e registra as transações rotineiras necessárias ao funcionamento da empresa.

07) Quais são as características dos SIGs? Em que eles diferem dos SPTs?E dos SADs?

SIGs- Sistemas de informação gerenciais atendem aos gerentes de nível médio, proporcionando, relatórios sobre desempenho corrente da organização, e com essa informação é possível monitorar e controlar a empresa, além de prever seu desempenho futuro.

SPTs- Sistemas de processamento de transações somente realizam e registram transações.

SADs- Sistemas de apoio à decisão ajudam os gerentes de nível médio a tomar decisões não usuais.

08) Quais são as características dos SADs? Em que eles diferem dos SAEs?

SADs ajudam os gerentes de nível médio a tomar decisões não usuais, eles focam problemas únicos e que se alteram com rapidez, para os quais não existe um procedimento de resolução totalmente predefinido e tentam resolver.

Já o SAEs ajuda aos gerentes sênior a tomarem decisões, abordam decisões não-rotineiras que exigem bom senso e capacidade de avaliação e percepção, uma vez que não existe um procedimento previamente estabelecido para se chegar a uma solução. Eles proporcionam capacidade generalizada de computação e comunicação que pode ser aplicada a um conjunto de problemas em constante alteração.

09) Descreva a relação entre SPTs, SIGs, SADs e SAEs.

Os STPs são comumente a fonte mais importante de dados para outros sistemas, ao passo que os SAEs são principalmente recebedores de dados vindos de sistemas de níveis inferiores. Na maioria das organizações, as ligações entre esses diferentes tipos de sistemas não são rígidas, ao contrário dos sistemas integrados.

10) Por que as organizações buscam integrar seus processos de negócios? Quais são os quatros aplicativos integrados básicos?

Os aplicativos integrados ajudam as empresas a se tornar mais flexíveis e produtivas, ao coordenar seus processos de negócios de maneira mais estreita e integrar os grupos de processos, concentrando-se, assim, na administração eficiente de recursos e no atendimento ao cliente. Os quatro aplicativos integrados básicos são: STPs, SIGs, SADs e SAEs.

11) O que são sistemas integrados? Como eles alteram o modo de funcionamento da organização?

Os sistemas integrados também conhecidos como ERP, coleta dados de vários processos de negócio importantes nas áreas de manufatura e produção, finanças e contabilidade, vendas e marketing e recursos humanos e, depois, armazenando-os em um único repositório central de dados. Acelerando a comunicação das informações através da empresa e, assim, tornam mais fácil coordenar as operações diárias.

12) O que são sistemas de gerenciamento da cadeia de suprimentos? Como eles beneficiam as empresas?

Ajudam as empresas a administrar suas relações com os fornecedores. Compartilhando informações sobre pedidos, produção, níveis de estoque e entrega de produtos e serviços, produzindo e entregando mercadorias e serviços com eficiência. Esses sistemas aumentam a lucratividade ao reduzir os custos de transporte e fabricação, e ao permitir que os gerentes tomem decisões mais acertadas sobre como organizar e programar a busca de insumos, a produção e a distribuição.

13) O que são sistemas de gerenciamento do relacionamento com o cliente? Como eles beneficiam as empresas?

Os sistemas de gerenciamento do relacionamento com o cliente ou CRM ajudam as empresas a administrar suas relações com os clientes, fornecendo informações para coordenar todos os processos de negócios que lidam com o cliente, em termos de vendas, marketing e serviços. Aperfeiçoar a receita, a satisfação e a retenção de clientes, ajudando as empresas a identificar, atrair e reter os clientes mais lucrativos, prestar serviços de melhor qualidade aos clientes atuais, e aumentar as vendas.

14) Qual o papel dos sistemas de gestão do conhecimento na empresa?

Os SGCs apóiam os processos de aquisição, armazenagem, distribuição e aplicação de conhecimento, assim como a criação de novos conhecimentos e a integração deles por toda a organização com a função de administrar e distribuir documentos gráficos e outros objetos de conhecimento digital, sistemas de escritório para distribuir conhecimento e informação.

15) Descreva com a função de sistemas de informação apóia uma empresa. Que papel desempenhava os programadores, os analistas de sistemas, os gerentes de sistema de informação e o executivo-chefe de informática (CIO)?

É a unidade organizacional formal responsável pelos serviços tecnológicos. Esse departamento se responsabiliza pela manutenção dos equipamentos (Hardware), programas (Software), armazenagem de dados e redes que compreendem a infra-estrutura de TI da empresa. Os programadores são especialistas técnicos altamente treinados que elaboram as instruções dos softwares de computadores. Os analistas são os principais elos entre os grupos de sistemas de informações e o restante da organização, sua tarefa é traduzir os problemas e as necessidades da empresa em requisitos de informações de sistemas. Os gerentes de sistemas são os líderes da equipes de programadores e analistas, os gerentes de projeto, os gerentes das instalações físicas, telecomunicações e banco de dados.

16) Descreva as várias maneiras de organizar a função de sistemas de informação em uma empresa.

Arranjo descentralizado, em cada área funcional da empresa tem seu próprio gerenciamento e departamento de sistemas de informação. A vantagem dessa abordagem é que os sistemas são construídos para atender diretamente às necessidades de cada área. Arranjo centralizado, a função de sistemas de informação funciona como um departamento separado, similar a outros departamentos funcionais. O departamento de sistemas de informações centralizado toma decisões de tecnologia para toda empresa, o que costuma levar a sistemas mais compatíveis e os planos de desenvolvimento de sistemas de logo prazo mais coerentes.

3. Conquistando vantagem competitiva com os sistemas de informação

01) Descreva os quatro diferentes tipos de vantagem competitiva para empresas.

Barreiras de entrada que restringem a oferta: Ocorre quando uma organização tem o monopólio do mercado, seja ele por contrato exclusivo, patente ou outros instrumentos que garantam exclusividade do produto ou serviço.

Controle da demanda: Ocorre quando a organização tem o controle do mercado por escolha dos clientes, seja por qualidade ou por hábito. Nestes casos o custo de mudança é superior ao produto, como mudar o sistema operacional da organização, porém os usuários precisam de treinamento e diversas soluções adicionais ou personalizações podem custar mais por outras empresas possuírem o controle de demanda desta tecnologia.

Economias de escala: Utilizar equipamentos, instalações ou mesmo sistemas 24 horas por dia contra um concorrente com uso de 8h/dia, poderá trazer custos operacionais mais baixos e possibilidade de maior volume de vendas, claro, a preços mais baixos.

Eficiência de processos: Produzir de forma mais eficiente. A eficiência pode se da por expertise, excelência, treinamento de pessoas ou materiais e/ou equipamentos melhores.

02) O que é o modelo das cinco forças competitivas de Porter? Como ele funciona? O que ele explica sobre vantagem competitiva?

O modelo das cinco forças de Porter é uma ferramenta para auxiliar na estratégia da unidade de negócio e para entender o ambiente externo. Serve também para fazer análise da atratividade de um determinado segmento de um negocio ou de um produto É um modelo que identifica um conjunto que afetam a competitividade, dentre os quais uma das forças está dentro do próprio setor e os demais são externos. Esse modelo fornece uma visão geral da empresa, dos concorrentes e seu entorno, explica os fatores que influenciam o mercado e que afetam o comportamento de compra. Tem como principais objetivos entender o ambiente competitivo e identificar ações e estratégias futuras para se obter vantagem no mercado.

03) Quais são as quatro estratégias competitivas facilitadas pelos sistemas de informação que as empresas podem seguir? Como os sistemas de informação podem apoiar cada uma dessas estratégias? Dê exemplos.

Liderança em custos: O uso de SI para manter preços mais baixos, custos operacionais e menores preços. No Wal-Mart, preços baixos e prateleiras constantemente abastecidas são obtidos com o uso de SI. O cliente ao passar o produto pelo caixa, o código de barras informa o fornecedor diretamente sobre suas necessidades de reposição de estoque. Com este sistema, o Wal-Mart não precisa manter grandes quantidades de estoque, em virtude da reposição rápida, ser feita diretamente por seus fornecedores.

Diferenciação de produtos: O uso de SI pode facilitar a criação de novos produtos ou serviços. O uso de SI para personalização e o atendimento individual do cliente de forma econômica e precisa para os clientes. A Dell vende computadores diretamente para pessoas físicas ou jurídicas, na quantidade e configuração desejada, sem que isso represente queda de qualidade ou custos elevados, pois o SI consegue detectar o comportamento dos clientes e preparar os produtos semelhantes com economia de escala se valendo do conceito de Fábrica Dentro de Fábrica (FDF) – CRM + WMS - e compra e logística eficiente – SCM, a customização em massa.

Foco em nicho de mercado: Nem sempre as barreiras de entrada impedem a inserção de organizações em mercado saturadas ou dominadas por organizações monopolistas. Atender mercados de nicho com produtos especializados ou clientes específicos com campanhas de propaganda e marketing dirigidas a mercados-alvo cada vez menores. Customização de taco de golfe Ping In, os clientes podem escolher entre mais de um milhão de opções de tacos. Um sistema sob medida envia seus tacos customizados em 48 horas.

Intimidade com cliente ou fornecedor: O uso de SI para estreitar laços com clientes e fornecedores é um dos maiores responsáveis por ganhos de competitividade. A Chrysler Corporation usa SI para facilitar o acesso direto dos fornecedores ao seu agendamento de produção (SCM), permitindo a eles, inclusive, decidam como e quando entregar suprimentos às fábricas da Chrysler. Isso dá aos fornecedores mais lead-time (tempo de ressuprimento) na produção de bens. No lado do consumidor, a amazon.com rastreia as preferências dos usuários em termos de livros e cds e , assim, pode recomendar-lhes títulos comprados por outras pessoas. Vínculos sólidos com clientes e fornecedores aumentam os custos de mudança à concorrência e a lealdade a uma empresa.

04) O que é modelo de cadeia de valor? Como ele pode ser usado para identificar oportunidades para sistemas de informação?

O modelo de cadeia de valor representa o conjunto de atividades desempenhadas por uma organização desde as relações com os fornecedores e ciclos de produção e de venda até a fase da distribuição final. O modelo favorece as atividades primárias (ou de suporte) que acrescentam valor aos produtos/ serviços da organização, de modo que os sistemas de informação possam ser empregues, atingindo vantagens competitivas. O modelo toma em atenção às atividades do negócio onde as estratégias competitivas possam ser melhor aplicadas e onde os sistemas de informação possuam maior impacto estratégico.

05) O que é rede de valor? Qual é a sua relação com a cadeia de valor? Como ajuda a identificar oportunidades para os sistemas de informação estratégicos?

A rede de valor é uma forma de organização que resolve a necessidade de interligação entre seus clientes. Os clientes diferem entre si pela sua localização e/ou tempo e tem interesses complementares. Eles querem ser interdependentes e a rede de valor possibilita a interconexão. A rede de valor pode sincronizar as cadeias de valor de empresas parceiras dentro de um setor para responder rapidamente as alterações no fornecimento e na demanda. Os sistemas de informação permitem a competitividade no âmbito setorial ao promover o uso de padrões e consórcios setoriais, e ao permitir que as empresas trabalhem mais eficientemente com seus parceiros de valor.

06) Como a internet alterou as forças competitivas e a vantagem competitiva?

Com a internet em jogo, aumentaram as forças competitivas e a rivalidade se tornou muito mais intensa. Ficou mais fácil para as rivais desencadear uma guerra de preços, e para os novos concorrentes entrarem no mercado. A internet aumenta o poder de barganha dos clientes, que podem rapidamente encontrar na web o fornecedor de custo mais baixo.

07) Como os sistemas de informação promovem as sinergias e as competências essenciais? Como isso aumenta a vantagem competitiva?

O uso de sistemas de informação nessas situações de sinergia é interligar as operações de unidade de negócios díspares de modo que possam agir como um todo. Os sistemas de informação ajudam os bancos que passaram por fusão a reduzir os custos de varejo e aumentar o marketing cruzado de produtos financeiros. Qualquer sistemas de informação que estimule o compartilhamento do conhecimento por intermédio das unidades de negócio realça a competência. Tais sistemas podem incentivar ou realçar competências existentes e contribuir para que os funcionários se conscientizem dos novos conhecimentos externos; podem também ajudar uma empresa a alavancar competências existentes para mercados relacionados.

08) Como as empresas podem beneficiar-se da economia de rede?

A tecnologia de informação pode ser estrategicamente útil. Os sites da Internet podem ser usados pelas empresas para formar comunidades de usuários - clientes que tenham o mesmo modo de pensar e queiram compartilhar suas experiências. Isso pode gerar fidelidade e prazer, formando laços exclusivos com os clientes.

09) O que é uma empresa virtual? Quais são as vantagens de seguir uma estratégia de empresa virtual

Também conhecida como organização virtual, usa redes para integrar pessoas, ativos e idéias, podendo assim aliar-se a outras empresas a fim de criar e distribuir produtos e serviços sem estar limitada a fronteiras organizacionais tradicionais, nem a localizações físicas. A vantagem é que o modelo de empresa virtual é útil quando sai mais barato adquirir produtos e serviços ou recursos de um vendedor externo, ou quando a empresa precisa agir rapidamente para explorar novas oportunidades de mercado, mas lhe faltam o tempo e os recursos necessários para reagir sozinha.

10) Como a globalização ampliou as oportunidades de negócio? Por que certas empresas seguem uma estratégia global?

A globalização criou novas oportunidades para usar os sistemas de informação a fim de coordenar o trabalho de diferentes partes da empresa e possibilitar a comunicação com clientes e fornecedores. As empresas que seguem estratégia global desfrutam de economias de escala e de uma redução no custo dos recursos (normalmente no custo salarial).

11) O que é qualidade? Compare as definições de qualidade do ponto de vista do produtor e do consumidor.

Qualidade é adequação ao uso, atender ao que foi especificado ou ausência de variação em relação às essas especificações. Ao definir qualidade em termos operacionais, ou seja, em nível de manufatura a definição freqüentemente usada prende-se com a visão do produtor, isto é, como produzir de forma a garantir as especificações definidas a nível operacional. Padrões de qualidade são usados neste caso e a qualidade é melhorada à medida que tais padrões são atingidos, admitindo, no entanto valores de tolerância pré-estabelecidos. Produtos que não obedeçam às tolerâncias admitidas são sujeitos a novo processamento ou são apenas inutilizados como "sucata". Por outro lado, e sob o ponto de vista do consumidor qualidade é tipicamente definida com base na utilidade de um determinado produto. Assim, qualidade pode estar associada ao preço a pagar face à utilidade do produto, valor acrescentado, ou ainda ser função do desempenho do produto face aos objetivos para o qual foi adquirido. Em ambos os casos a noção de utilidade do consumidor pode ser variável dependendo do indivíduo em questão.

12) Descreva as várias maneiras pelas quais os sistemas de informação podem aumentar a qualidade.

Simplificar um produto ou serviço: Quanto menos etapas existirem no processo, menos tempo e oportunidade haverá para ocorrer um erro. A SI ajuda a otimizar e agilizar os processos e a diminuir os possíveis erros.

Benchmarking: A SI ajuda no processo contínuo de comparação dos produtos, serviços e práticas empresariais entre os mais fortes concorrentes ou empresas reconhecidas como líderes. É um processo de pesquisa que permite realizar comparações de processos e práticas "companhia-a-companhia" para identificar o melhor do melhor e alcançar um nível de superioridade ou vantagem competitiva.

Redução de tempo de ciclo: A SI ajuda a eliminar atrasos críticos na produção, porque os erros são percebidos mais cedo no processo, eliminando custos ocultos e ajuda a simplificar etapas de produção.

Melhoria da qualidade: A SI facilita automatizando a criação e a revisão de projetos, usando computadores e software gráficos sofisticados.

Aumento de precisão no projeto e na produção: Ajuda a tornas o processo mais preciso, diminuindo variação de peça para peça, economiza tempo e custo, gerando assim um processo mais ágil e com muito menos problemas.

13) O que significa reengenharia dos processos de negócios? Como ela ajuda as empresas a se tornarem mais competitivas?

A reengenharia é a implementação de mudanças radicais que, ao redesenhar os processos de trabalho, visam melhorar, de forma dramática, a eficácia da empresa, em todos os seus aspectos tais como custos, qualidade, serviço e velocidade. Todo processo de reengenharia tem por base, agilizar o trabalho, reduzir custos e melhorar a eficiência organizacional tornando-a mais competitiva. Quando a reengenharia é de processo normalmente exige investimento em tecnologia, mão-de-obra qualificada e análise do processo produtivo como um todo, pois o objetivo é tornar o produto melhor, com menos custo e desperdício. Você vai eliminar do processo pontos de estrangulamento, passos que podem ser suprimidos e traças um novo caminho. A reengenharia de negócio atinge mais a parte administrativa e burocrática da organização. Busca tornar as decisões mais rápidas e as estratégias mais eficientes. Normalmente envolve a descentralização. Ajuda a eliminar o trabalho redundante e ou repetitivo, e conseguir melhoras significativas em termos de qualidade, serviço e velocidade trazendo mais competitividade para as empresas.

14) O que significa gerenciamento de fluxo de trabalho? Qual é a sua relação com a reengenharia de processos?

É o processo de simplificar procedimentos empresariais, de maneira que os documentos possam ser transferidos com maior facilidade e eficiência de um lugar para outro. A utilização das aplicações de workflow enquadra-se tanto a projetos de reengenharia de processos como àqueles relacionados a aperfeiçoamento de processos. Na reengenharia de processos ocorre uma transformação radical nas regras do negócio, das funções operacionais e das práticas de gestão, notadamente a conformidade com os requisitos do produto ou serviço oferecido, a adequação e o suporte ao uso, a agilidade na resposta à demanda do consumidor e a boa relação entre custos e benefícios auferidos.

15) Quais passos as empresas devem tomar para garantir que a reengenharia dê certo?

Posicionamento para a mudança: Não é mais do que a definição do posicionamento estratégico da empresa e a constatação das razões e dos objetos da mudança. Desenvolvem-se objetivos e mobilizam-se recursos necessários à aplicação.

Identificação dos processos existentes: É fundamental identificar os processos existentes e o motivo dos mesmos terem sido aplicados assim. Este conhecimento quando associado aos objetivos da empresa e aos necessários níveis de qualidade, permite estabelecer os alicerces da recriação daqueles processos.

Recriação dos processos: Consiste no repensar de novos métodos organizativos e operacionais, de forma a atingir os objetivos da empresa, satisfazendo as suas necessidades. É essencial solicitar ajuda aos elementos e grupos chave, à medida que a Visão é criada, de forma a garantir o sucesso da transição.

Transição para o novo sistema: Engloba todo o desenvolvimento estratégico e comercial para a transição para os processos relativos à Visão. São efetuados os ensaios dos novos processos de forma a demonstrar e desenvolver os conceitos associados e assim fazer aumentar o entusiasmo dos envolvidos. É efetuada a gestão da mudança a todos os níveis da empresa.