Trabalho Completo Trabalho

Trabalho

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Outras

Enviado por: Sora 28 agosto 2013

Palavras: 1793 | Páginas: 8

Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações

Trabalhos Gratuitos

Trabalho Completo Banco Lala

Banco Lala

Imprimir Trabalho!

Cadastre-se - Buscar 50 000 Trabalhos e Monografias

Categoria: Letras

Enviado por: lala555444 05 junho 2013

Palavras: 1946 | Páginas: 8

Disciplina Introdução a Banco de Dados / Banco de Dados I

Portfólio N° 03 Modelagem Conceitual / Projeto Lógi co / Projeto Físico

:: Portfólio

OBJETIVO

Desenvolver o modelo conceitual (modelo de dados abstrato, que descreve a estrutura do banco de dados de

forma independente de um sistema gerenciador de banco de dados particular) e o script de criação do banco de

dados dos estudos de casos abaixo.

ORIENTAÇÃO

Caro aluno, responda as questões abaixo de acordo com as aulas 03, 04 e 05.

Para ser entidade é necessário obedecer as seguintes regras:

a. É muito importante armazenar dados sobre ela;

b. Existirá mais de um elemento armazenado;

c. Existe um atributo identificador que não poderá ser repetido.

Um atributo é uma propriedade (característica) da entidade.

Relacionamento é a associação entre as entidades.

Exemplo: O ALUNO estuda a DISCIPLINA.

Cardinalidades possíveis:

a. de Um (1) para Um (1)

b. de Um (1) para Vários (N)

c. de Vários (N) para Vários (N).

Lembretes para criar tabelas:

Utilize o comando CREATE TABLE conforme o formato básico do oracle.

Exemplo:

CREATE TABLE alunos

(

aluRA Number(6) Constraint PK_ALUNO Primary Key,

aluNome Varchar2(50),

aluEndereco Varchar2(100),

aluDataNasc Date

); Tipo de Dados do Oracle (Number, Varchar2, Char, Date, Boolean.)

Sintaxe dos comandos para Inserir, Alterar e Excluir dados de uma tabela

INSERT INTO <tabela> [(<Lista de Colunas>)]

VALUES (<Lista de Valores>)

UPDATE <tabela> SET

<campo> = <valor> [, ..., <campo N> = <valor N>]

[WHERE <Condição>]

DELETE FROM <tabela>

[WHERE <Condição>]

Sintaxe básica para criar consultas:

SELECT <colunas [“Alias”]>

FROM <tabela>

[WHERE <Condição>

[GROUP BY <lista de colunas>

[HAVING <condição>

[ORDER BY <lista de colunas>]]]]

Leituras:

HEUSER, C. A., Projeto de Banco de Dados, Porto Alegre, Editora Sagra Luzzatto, 2001.

MACHADO, F. N. R., ABREU, M. P., Projeto de Banco de Dados – Uma Visão Prática, São Paulo : Érica, 1996

MACHADO, Felipe Nery Rodrigues, Projeto de Data Warehouse: Uma visão Multidimensional, São Paulo: Érica,

2000.

DESCRIÇÃO BASEADO NO LIVRO TEXTO

Estudo de Caso 01

Sistema para locadora de veículos

O objetivo deste estudo é construir um modelo ER para o BD de uma empresa de locação de veículos. A

empresa em questão aluga automóveis, caminhonetas de passageiros e caminhonetas de carga.

Ela atende a dois mercados, o das pessoas físicas e o das pessoas jurídicas. Para acelerar o atendimento, é

importante conhecer os dados de clientes que já tenham usado a locadora no passado. Para cada pessoa

física é necessário conhecer seu nome, sexo, data de nascimento, endereço, cpf. Já para as pessoas jurídicas

é necessário conhecer seu nome, cnpj, inscrição estadual e endereço. Os clientes são identificados por um

código interno à locadora.

A empresa tem uma grande rede de filiais, espelhadas pelo sul do país. Em um momento no tempo, um

veículo encontra-se sob a responsabilidade de uma filial. Entretanto, como veículos podem ser alugados para

viagens em sentido somente, eles podem mudar de filial. Um veículo é identificado pela sua placa. Além disso,

é necessário conhecer o número do chassis, o número do motor, o tipo de veículo e a cor de cada veículo.

O sistema em computador deve registrar:

a) Os veículos disponíveis em determinada filial na data corrente;

b) as reservas para veículos em uma filial, com previsão de que veículos estarão disponíveis em uma data

futura;

c) os veículos presentemente alugados pela filial, o ponto de entrega (caso seja diferente do de locação) e data e entrega prevista.

Os veículos são classificados por uma tabela de tipos. Por exemplo, P3 corresponde a automóveis pequenos,

e quatro portas e com ar-condicionado e G4 a grandes automóveis de luxo. As reservas não são feitas para

uma marca ou modelo de veículo, mas para um tipo e veículo.

Para tipo de automóveis, os clientes desejam saber o tamanho, classificado em pequeno, médio e grande, o

número de passageiros, o número de portas, bem como se possui os seguintes acessórios: ar-condicionado,

rádio, toca-fitas, cd, direção hidráulica e cambio automático. Para tipos de caminhoneta de passageiros, as

informações são as mesmas que para automóveis. Já para o tipo de caminhonetas de carga, as informações

acima não são relevantes. Neste caso os clientes desejam saber a capacidade de carga da caminhoneta.

Para cada tipo de veículo, há um determinado número de horas necessário para limpeza e revisão de entrega,

entre uma reserva e outra.

Além disso, o sistema deve programar as revisões dos veículos, impedindo que sejam reservados quando há

revisões pendentes. Esta programação é feita com base em conjunto de parâmetros que são a quilometragem

atual do veículo, a quilometragem média diária de um veículo do tipo, bem como a tabela de revisões do tipo

de veículo.

A seguradora que segura os veículos, exige que, para cada veículo alugado, seja mantida a identificação do

motorista, o número de sua habilitação e data de vencimento da mesma. A habilitação não pode vencer dentro

do prazo da locação.

HEUSER, C. A., Projeto de Banco de Dados, Porto Alegre, Editora Sagra Luzzatto, 2001.

Estudo de Caso 02

Administração de Clínicas Médicas

Uma empresa administradora de clínicas médicas, tipo plano de saúde, necessita de um sistema para controle

de consultas conveniadas.

Para que entenda melhor o negócio, nos foram cedidas algumas de suas regras de negócio.

Quanto à Clínica:

Uma clínica médica é uma empresa de prestação de serviços médicos, consultas, que reúne diversos

profissionais de medicina de várias especialidades, tais como: cardiologia, oftalmologia, ginecologia, etc.

Em um determinado endereço que para fins de negócio, é um local, atende somente a uma especialidade

médica, que pode ser exercida por vários médicos; entretanto, um médico pode exercer somente uma

especialidade.

Uma clínica pode ter a mesma especialidade em locais diferentes.

Um único local, por meio de contrato, pode ser compartilhado por duas ou mais clínicas médicas. Isto quer

dizer no mundo real que em um prédio com instalações para atendimento de consultas médicas, os

consultórios ali instalados podem ser utilizados por vários médicos de várias clínicas.

Quanto ao Médico:

Não existe conceito de junta médica.

Um médico não pode ter mais d e uma especialidade, pois ele só pode estar associado a uma clínica e em

somente uma especialidade médica.

Em uma consulta com paciente, um médico pode fornecer uma receita por paciente atendido, que poderá

conter remédios, ou instruções de higiene, dietas, atestado, etc., portanto sempre existirá um receituário

preenchido. Quanto aos Pacientes:

Um mesmo paciente, em datas diferentes, pode ter receitas com mesmo remédio, mas com médicos

diferentes.

É mantido um cadastro de todos os pacientes atendidos ou com consultas marcadas.

Quanto aos Remédios:

O código e o nome dos remédios são genéricos, portanto podem ser supridos por qualquer laboratório

farmacêutico.

Um remédio somente é receitado uma única vez na mesma data para o mesmo paciente.

Estas regras descritivas têm como objetivo somente adiantar o entendimento do negócio em estudo.

Fonte: Machado, Felipe Nery Rodrigues, Projeto de Data Warehouse: Uma visão Multidimensional, São Paulo:

Érica, 2000.

Estudo de Caso 03

Grupo de Pesquisa sobre vírus

Um grupo de pesquisa médica de um grande hospital deseja construir e manter um banco de dados sobre

todas as publicações relativas a certos tipos de vírus.

A informação registrada sobre cada vírus inclui o nome científico e um texto livre para sua descrição científica.

Cada publicação é impressa em uma edição particular do jornal científico do hospital, identificado pelo nome

do jornal, o número do volume e o número da edição.

Uma publicação pode ter um ou mais autores e ser referente a um ou mais tipos de virose.

O resumo (Abstract) da publicação também é armazenado no banco de dado, junto com o nome do autor

(autores) e o nome da instituição (instituto) à qual a pesquisa está associada, caso esteja fora do grupo de

pesquisadores.

Cada publicação contém uma lista de referências a outras publicações e essa informação é registrada na base

de dados.

As publicações editadas pelo grupo de pesquisa, além das informações normais armazenadas para cada

publicação, possuem informações a respeito do contrato de pesquisa (número do contrato, valor, data de

início e término).

A seguir, são apresentadas algumas das necessidades de informação por parte dos usuários:

• Entrar uma nova publicação com todas as informações;

• Listar os detalhes de todas as publicações relativas a um vírus específico;

• Listar publicações de um específico autor;

• Listar publicações de um específico contrato de pesquisa.

MACHADO, F. N. R., ABREU, M. P., Projeto de Banco de Dados – Uma Visão Prática, São Paulo : Érica,

1996 Estudo de Caso 04

Estudo de Caso – HOTEL

Trata-se de um hotel informatizado com um ambiente de banco de dados relacional. O sistema foi construído

seguindo algumas regras de negócio que vamos expor.

Descrição sintética de suas operações rotineiras que o sistema de informações apresenta.

• Quanto ao Hóspede

Um hóspede possui nome, local de origem, local de destino, motivo da viagem, data de entrada no hotel e a

identificação do apartamento ocupado por ele.

Um hóspede pode efetuar reservas para a sua estadia desde que especificada a data de chegada e o

provável período de hospedagem.

Essas reservas podem ser realizadas por agências de viagem.

• Quanto às instalações do hotel

Um hotel possui vários apartamentos, sendo que podem ser de quatro tipos: single, double, suítes e suítes

presidências. (É um destes cheios de estrelas.)

O hotel possui serviços diversos, tais como: restaurante, bar, sauna, piscina, salão de beleza, loja de

presentes, lavanderia e copa (serviços de quarto).

Alguns serviços são gentilezas do hotel e outros são pagos conforme o uso.

Os serviços utilizados pelos hóspedes podem ser debitados na sua conta de serviços.

Alguns serviços podem ter consumo de produtos, porém alguns são serviços sem consumo nenhum, como

sauna e diárias.

O hotel mantém estoque de produtos tanto para alimentação quanto à venda aos hóspedes

• Quanto à conta do hóspede

Todo hóspede possui dois tratamentos de contas: a conta diária que também é considerada um serviço

prestado pelo hotel, e a conta de outros serviços.

Na conta de serviços são lançados os consumos de frigobar, restaurante, sauna, serviços de quarto, etc.

Quanto o fechamento da conta de um hóspede (encerramento de hospedagem), as despesas de estadia

podem ser faturadas (a prazo) e as despesas de serviços devem ser pagas à vista.

São emitidas duas notas fiscais separadas. Uma nota contém as diárias e a outra, os serviços utilizados.

• Quanto às reservas

Estas devem indicar se a reserva foi realizada pelo hóspede diretamente, ou por agência de turismo, a data

solicitada de reserva, o tipo de acomodação, etc.

Não podem existir reservas para um período sem que exista a disponibilidade de acomodações.

O sistema possui modelo de dados ER que nos foi fornecido para a análise e conhecimento do ambiente de

negócios.

Fonte: Machado, Felipe Nery Rodrigues, Projeto de Data Warehouse: Uma visão Multidimensional, São

Paulo: Érica, 2000.ATIVIDADE PROPOSTA

Exercício 01 (Estudo de caso 01)

Dada a resposta pelo autor, identifique situações em que você faria diferente e justifique.

Exercício 02 (Estudo de caso 02)

Desenvolva:

1. Identificar as possíveis Entidades existentes e seus relacionamentos.

2. Desenvolver o Diagrama Entidade Relacionamento (com os seus devidos atributos).

3. Crie o script de criação das tabelas do banco de dados.

CONCLUSÃO / PARECER

Exercício 01 e 03 o aluno deverá fazer individualmente, expressando seu ponto de vista do trabalho para que não

haja cópia de trabalhos (ZERO).

Exercício 02 e 04 o aluno poderá desenvolver individualmente ou em grupo, porém é obrigatório identificar os

elementos do grupo, caso contrário poderá ficar nota ZERO.

Observações Gerais:

A correção dos scripts será feita direta no banco de dados, portanto serão abertos os arquivos e importados para

o banco de dados.

A construção errada do modelo entidade relacionamento implica em erros nos exercícios práticos (SQL).