TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Análise e comparação de células eucarióticas de animais e plantas

Por:   •  31/5/2014  •  Artigo  •  837 Palavras (4 Páginas)  •  204 Visualizações

Página 1 de 4

INTRODUÇÃO

Durante a aula de Bioquímica onde fizemos um procedimento pratico com o objetivo de analisar e comparar as células Eucariontes animais e vegetais.

As células animais possui uma membrana celular, sua espessura é de 7,5 nanômetros, o que a torna visível somente ao microscópio eletrônico, no qual aparece como um sistema de três camadas: duas escuras, eletrodensas, e entre elas uma camada clara. Esta estrutura trilaminar é chamada unidade de membrana.

Sua composição química é lipoproteica, sendo 75% de proteínas e 25% de gorduras. A membrana controla a entrada e saída de substâncias da célula, mantendo quase constante a composição do seu meio interno. Possui permeabilidade seletiva, permitindo a livre passagem de algumas substâncias e não de outras. Engloba partículas (endocitose) por fagocitose (partículas grandes) ou por pinocitose (partículas pequenas e gotículas).

A célula vegetal é composta por reticulo endoplasmático, ribossomos, membrana plasmática, peroxissoma, citoesqueleto, peroxissoma, citoplasma, núcleo, mitocôndria e aparato de golgi.

A organização eucariótica da célula vegetal é muito parecida com a da célula animal, apresentando muitas organelas comuns, como mitocôndrias, retículo endoplasmático, complexo de Golgi, ribossomos, entre outras.

A célula vegetal apresenta estruturas típicas, como a membrana celulósica que reveste externamente a célula vegetal, sendo constituída basicamente de celulose.

Uma outra estrutura que caracteriza a célula vegetal é o cloroplasto, organela na qual ocorre a fotossíntese.

A célula vegetal é composta por núcleo, complexo de golgi, cloroplastos, reticula endoplasmático rugoso, ribossomos, vacúolo central e parede celular.

PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

Para analisar as células vegetais seguimos os seguintes passos. Para preparar a lamina tivemos que retirar uma fina camada da folha vegetal para fazer a analise. Seguindo o procedimento pingamos uma gota de água sobre a lamina e depois posicionamos o tecido vegetal sobre a lamina e a água para facilitar a visualização no microscópio eletrônico. Depois cobrimos a lamina e o tecido vegetal com a lamínula e retiramos o excesso de água da lamínula e posicionamos a lamina sobre microscópio óptico na objetiva 40x, depois da visualização do tecido vegetal fizemos o desenho do mesmo.

Para iniciar a preparação da célula anima foi preciso passar o palito com o algodão dentro da boca e esfregar na bochecha, depois esfregar o palito na lamina, obtendo isso expomos a lamina ao calor da chama, distancia da qual sua mão suporte o calor da chama, aguardamos alguns instantes e colocamos uma gota de iodo em cima da célula vegetal e aguardamos 3 minutos, seguindo isso lavamos a lamina com um conta gotas para não perder o material animal, para finalizar fixamos a lamina sobre o microscópio óptico com a lente objetiva 40x.

RESULTADOS E DISCUCÄO

Com a aula pratica foi possível ter uma boa noção sobre as diferenças das células vegetais e animais, com a observação vimos que a principal diferença entre as mesmas foi que a célula animal utiliza glicogênio como forma de energia, e as vegetais armazenam o amido dentro de sua estrutura.

Durante a aula pratica foi feito um questionário que pede a diferença da célula animal de vegetal

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.5 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com