TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Radiologia: conhecimento do consumidor sobre produtos irradiados

Por:   •  8/11/2019  •  Artigo  •  3.373 Palavras (14 Páginas)  •  11 Visualizações

Página 1 de 14

AVALIAÇÃO DOS CONSUMIDORES SOBRE IRRADIAÇÃO DE ALIMENTOS

CONSUMER ASSESSMENT ON FOOD IRRADIATION

Maria Danielle

 Discente da Faculdade Evangélica de Ceres – Av. Brasil, s/n, Qd. 13, Setor Morada Verde, CEP 76300-000 Ceres, GO, Brasil.

E-mail: danisioux@hotmail.com

Me. Menandes Alves de Souza Neto

Docente da Facer, Goiás, Brasil – Curso de Radiologia

E-mail:

 

Endereço para correspondência: Av. Brasil, S/N, Qd. 13, Setor Morada Verde, Ceres – GO, Brasil. CEP: 763000-000 Fone: (62) 3323-1040.

RESUMO

Introdução: Metodologia: Resultados e discussão: Conclusão:

Palavras-chave:

 

ABSTRACT

INTRODUÇÃO 

A cada dia que passa, os consumidores estão se tornando mais seletivos e exigentes quando se trata de sua alimentação e dos produtos que irão consumir, nesta perspectiva, também têm demonstrado cada vez mais estarem interessados em ter o conhecimento sobre as novas tecnologias que se fazem presentes no mercado. Uma tecnologia que tem sido utilizada pelas indústrias de alimentos é a radiação, que é o processo em que os alimentos passam onde recebem uma determinada e controlada quantidade de radiação ionizante, durante um tempo preestabelecido. Os tipos de radiação utilizadas nos alimentos são: raio X, raio gama ou feixe de elétrons (ONKUNO, 2018).

Nos alimentos naturais, o objetivo primordial da irradiação é promover a inibição do amadurecimento por razão de mudanças nos processos fisiológicos dos tecidos vegetais de algumas frutas, verduras e legumes. Outro benefício da irradiação é que ela impede que ocorra a multiplicação de diversos microrganismos que podem causar o apodrecimento do alimento em consequência da mudança que ocorre nas moléculas desses alimentos, o que possibilita que o tempo de validade de alguns alimentos seja prolongado   (SILVA, 2010).

No Brasil, as pesquisas iniciais utilizando a irradiação de alimentos foram realizadas no período da década de 50, pelo Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena), na cidade de Piracicaba (SP). Ainda que estas pesquisas fossem autorizadas, em 1985, a utilização da irradiação para conservar os alimentos, as pesquisas foram restringidas quase que de maneira exclusiva às instituições de pesquisas, visto que o País tinha apenas um pequeno número de especialistas nesta área (ORNELLAS, et al, 2006). A legislação brasileira está de acordo às recomendações internacionais propostas pela Food and Agriculture Organization (FAO), Internatinal Atomic Energy Agengy (IAEA) e Codex Alimentarium, da ONU. Todo alimento pode receber a irradiação considerando que sejam respeitados os limites mínimos e máximos da do doseamento aplicado, observando que o valor mínimo precisa ser suficiente para chegar ao alcance do objetivo pretendido e o valor máximo da dosagem, precisa respeitar um valor inferior àquele que possa vir a comprometer as propriedades funcionais ou moléculas de composição do alimento (SILVA et al, 2010).

Por esta razão, ações devem ser efetivadas, a começar pela conscientização dos consumidores sobre à segurança e os benefícios que esta técnica pode proporcionar para a conservação dos alimentos. Para que seja obtidos resultados mais eficientes, é necessário ter um melhor conhecimento do perfil das partes envolvidas, por este motivo, sugere-se que seja realizado um levantamento dessas informações por meio da utilização de recursos de pesquisas campo (SILVA et al, 2010).

A pesquisa de opinião é um método de grande eficiência na detecção precisa das opiniões e crenças dos diversos grupos sociais. Com base em informações científicas, a pesquisa de opinião é um ótimo meio que pode ser utilizado para identificação de problemas e também como colaborador na busca por soluções (RASQUILHA, 2019). É possível ainda, observar através da pesquisa de opinião, a repercussão de novas tendências e acontecimentos, de acordo com a reação das pessoas diante de novas tecnologias como sugerido neste trabalho, sobre a irradiação dos alimentos.

O objetivo do presente trabalho é realizar uma pesquisa de opinião junto aos consumidores para levantar os dados sobre o nível de conhecimento dos mesmos a respeito da tecnologia de irradiação de alimentos e consequentemente saber sobre a sua aceitação. Foi realizada também uma avaliação da opinião dos consumidores sobre a segurança dos alimentos irradiados e sobre a credibilidade dos selos de certificação desses alimentos, além realizar a conscientização do consumidor sobre os benefícios da irradiação como ferramenta utilizada para a conservação dos alimentos. 

...

Baixar como (para membros premium)  txt (23.1 Kb)   pdf (200 Kb)   docx (27.1 Kb)  
Continuar por mais 13 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com