TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Cuidados médicos e hospitalares

Por:   •  18/9/2014  •  Seminário  •  2.190 Palavras (9 Páginas)  •  197 Visualizações

Página 1 de 9

Centro de Educação a Distância

Universidade Anhanguera

Curso Superior Tecnologia em Gestão Pública

Atividades Práticas Supervisionadas

Disciplina: GESTÃO URBANA E DE SERVIÇOS PÚBLICOS

Nome dos Acadêmicos e RA:

Nome: Anderson Luiz de Oliveira RA: 2306309845

Nome: Dalton Alves Pereira RA: 2314351662

Nome: Valéria de Oliveira Aguilar RA: 2321380139

Nome: Nilson Teixeira da Silva RA: 2330421895

Nome: Marco Túlio Ribeiro RA: 2321385246

Belo Horizonte /MG

2012

INTRODUÇAO

Assistência médica e hospitalar

Faremos um trabalho sobre o atendimento médico nas unidades básicas de saúde de Belo Horizonte- MG

O Centro de Saúde escolhido foi o Santa Amélia, localizado a Rua: Engenheiro Pedro Bax N°220 Bairro: Santa Amélia- Belo Horizonte – MG.

Atende uma população de 39.142 pessoas, tem 100 funcionários é um posto piloto para projetos do governo.

Passo 01

Esta unidade era para funcionar com 06 equipes de (PSF) Programa da Saúde da Família, atualmente funciona somente com 03 equipes, já existe uma pretensão para formarem as outras três, depois de um longo período sem as mesmas.

Serão formadas as equipes:

Azul, Sol, Laranja, Vermelha, Azule prata.

Sendo a Prata considerada de baixo risco pela prefeitura. Não tendo o mesmo privilegio das outras equipes.

Mas com um agravante é a maioria da população da unidade.

Atualmente foi feito um estudo desta população e vai ser criada uma equipe para atendê-los más não em sua totalidade.

A unidade oferece alguns projetos dados pela prefeitura para a população sem depender de qual equipe a pessoa seja.

São eles: Oficina de artesanato: Oferecido todas as quartas feiras às 15 horas.

Oficina de dança sênior: Oferecido todas segundas feiras às 9 Horas.

Lian Gong: Oferecido às quartas e sextas feiras às 14 horas.

Foi implantado na unidade básica o sistema de Mancherster, realizado pelas enfermeiras .

Em outras palavras, classificação de risco: Acolhimento feito pelo profissional de enfermagem (enfermeiro (a)), para avaliar a gravidade de risco de morte do individuo.

A qualquer momento, o Serviço Social poderá ser acionado, realizando as seguintes ações:

- Orientar pacientes e familiares com relação a benefícios sócio-assistenciais;

- Articulação com a Rede de Saúde Mental, por meio de ligações telefônicas;

- Acionar transporte para locomoção do paciente;

- Realizar ligações telefônicas para familiares

A unidade de saúde básica era para ser preventiva, de controle e manutenção das doenças crônicas, mas esta funcionando precariamente, com a quebra do ciclo das equipes do PSF, a maioria da população desta unidade ficou descoberta de seus programas básicos, não tendo um acesso ao médico, que por sua vez ficou sobrecarregado para atender sua equipe e as pessoas com casos agudos (FEBRE, DOR, AMIGDALITE, COLICA (renal ou abdominal), HIPERTENSÃO, ETC...), todos os profissionais ficaram sobrecarregados principalmente os que lidam diretamente com a saúde. Gerando um grande número de licenças médicas devido à sobrecarga dos servidores.

Exemplo: Um cliente da equipe prata ”que na verdade não existe” leva sua recita para ser trocada, deixa a receita e a pega no dia seguinte. Os médicos renovam as receitas más não sabem se apareceu alguma queixa, não tem mais vinculo com o cliente devido ao grande fluxo de pessoas. E isso se repete

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.1 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com