TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Auto Atividade De Teologia Do Culto Todos Os Capítulos ITQ

Por:   •  19/11/2013  •  1.706 Palavras (7 Páginas)  •  10.866 Visualizações

Página 1 de 7

INSTITUTO TEOLÓGICO QUADRANGULAR

MICHELE NADER DE ALMEIDA

TEOLOGIA DO CULTO

AUTOATIVIDADE CAPITULO 1

1. Pesquise, em dicionários da língua portuguesa, outros e diferentes modos de se definir culto. Não se esqueça de informa a fonte de consuta.

R. Segundo o dicionário encontrado em (http://pt.wiktionary.org/wiki/culto ) culto significa, adoração ou homenagem a uma divindade qualquer, veneração; adoração, forma externa da religião. Segundo o dicionário Aurélio o culto é uma Homenagem religiosa que se tributa a Deus ou aos entes sobrenaturais; liturgia; ofício divino. / Religião: mudar de culto. / Fig. Veneração: o culto da família. // Entregar-se ao culto das musas, dedicar-se à poesia, às artes.

2. Faça uma redação entre 20 e 30 linhas, com o seguinte tema:

“O CULTO QUE AGRADA A DEUS”.

Muitas vezes já me perguntei, será que meu culto esta sendo aceito por Deus, ou é como o de Abel cheio de boas intenções, mas sem ser realmente aceito pelo Senhor.

Meditando em Salmo. 15.1-5 e 1º Timóteo. 2.8 percebi que o Senhor se agrada do culto que vem de um coração puro de mãos santas. Em Salmo. 66.18 diz, “Se eu atender a iniquidade do meu coração, o senhor não me ouvira” . É melhor orar e adorar com um coração puro. Pureza de coração no temor ao Senhor, nos fará fazer tudo para gloria de Deus como descrito em Provérbios. 1.7; 1º Coríntios 10.31.

Percebi que talvez alguém, querendo celebrar louvores decida fazer de uma forma espetacular, cheia de coreografias, músicos, instrumentos, etc. Muitos vão gostar e apoiar esses louvores, porem sendo nosso coração enganoso como é, poderia perfeitamente esta agradando somente a carne e não esta sendo aceito por Deus. (Mateus. 7.21-23).

O culto que realmente agrada a Deus, só pode ser encontrado em alguém que experimentou o novo nascimento em Cristo e procura ter uma vida espiritual saudável, com jejuns, orações, meditação na Palavra do Senhor. Deus procura adoradores que o adorem em espírito (João 4.23-24), por isso se quero agradar a Deus devo buscar o renovo de seu Espírito todos os dias.

INSTITUTO TEOLÓGICO QUADRANGULAR

MICHELE NADER DE ALMEIDA

TEOLOGIA DO CULTO

AUTOATIVIDADE CAPITULO 2

1. Responda as perguntas abaixo:

a) O que é sacramento ou ordenança?

R: o termo “sacramento é mais antigo e aparentemente de uso mais generalizado que o termo “ordenança”“. Na verdade, a palavra “sacramento” não existe nas Bíblia, um sacramento ou ordenança é um sinal de participação na graça salvadora. O termo sacramento é derivado do latino sacramentum, que era aplicado a qualquer coisa sagrada ou consagrada. Ordenança (do latim ordo – uma ordem) “enfatiza o fato de que estes ritos foram ordenados pelo Senhor”

b) Quantas e quais são as Ordenanças da Igreja?

R: Batismo nas águas e a Santa ceia do Senhor

c) Quem as Instituiu?

R: BIBLIA Palavra do Senhor

2. Dê, pelo menos duas referencias bíblicas que evidenciem as ordenanças. Comente-as?

R: Batismo e Santa Ceia – O batismo nas águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, de acordo com o mandamento de nosso Senhor, é um sagrado sinal exterior de uma obra interior; um belo e solene símbolo a lembrar-nos de que, assim como nosso Senhor morreu sobre a cruz do Calvário, assim também contamo-nos como mortos para o pecado, e a velha natureza com Ele pregada no madeiro; e que, assim como Ele foi descido do madeiro e sepultado, assim nós somos sepultados com Ele pelo batismo da morte – para que, assim com o Cristo foi levantado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos em novidade de vida. E a comemoração e observância da ceia do Senhor pelo sagrado uso do pão partido, um precioso tipo do pão da vida – Jesus Cristo, cujo corpo foi partido por nós; e da seiva da videira – um maravilhoso tipo a lembrar de sempre o participante do sangue derramado pelo Salvador, que é a videira verdadeira, da qual seus filhos são as varas; que esta ordenança é como um glorioso arco-íris a transpor a amplidão do tempo entre o calvário e a vinda do Senhor, quando no Reino do Pai Ele

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.5 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com