TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Áreas De Passagem Indivíduo X Pessoas

Por:   •  16/12/2013  •  416 Palavras (2 Páginas)  •  376 Visualizações

Página 1 de 2

As áreas de passagem

No tópico, o autor realiza uma breve diferenciação dos domínios e, fazendo uma analogia entre a oposição da casa e da rua, sinaliza a passagem de um domínio para o outro utilizando como exemplo o ciclo da vida humana. Inicialmente observando o ser quando ele nasce como individuo e sua passagem para outro domínio se transformando em pessoa, passando posteriormente na época de trabalhar e “ganhar a vida” novamente por um breve momento de individuo voltando a se tornar pessoa após o estabelecimento de relações no trabalho.

Em segundo momento a atenção é voltada para aqueles que não possuem mediadores para auxiliá-los na vida, ou seja, aqueles que se mantêm no estado de individuo e estão sujeitos as leis e suas generalizações de maneira geral, esses formam o mundo dos indivíduos e só estão livres dessa condição quando se encontram em casa rodeados por sua família e vizinhos. Esses “fodidos” como diz o autor e para quem e dirigido o “você sabe com quem esta falando?” . Ocorre ainda, a analogia ao migrante, aquele que está distanciado de seu sistema, que se sente isolado e se utiliza da violência para atacar e assim se aproximar do sistema e ser reconhecido como pessoa. Os brasileiros que estão em outros países tem uma reação e agem de forma destrutiva que é denominada por muitos como “molecagem” ou “cafajestagem” brasileira. Eles praticam pequenos roubos nas grandes lojas de departamentos, destroem banheiros e telefones públicos e ensinam palavrões aos estrangeiros. Toda essa violência utilizada é vista como um modo de reintegração do sistema que eles se veem afastado longe do país de origem.

Para o autor, em nosso universo social, a falta de relações de compadrio, altas amizades e laços poderosos de sangue, lança-se mão da violência como o único “padrinho” possível. Ela passa ,assim, ser um mediador básico entre a massa de destituídos e sistema legal e impessoal que torna a exploração social “inevitável” e “justa” aos olhos dos dominantes.

Note-se portanto, que no Brasil temos os mundos das pessoas e o dos indivíduos convivendo simultaneamente e permitindo reflexões entre eles, pode-se destacar ainda os efeitos da passagem de pessoa a indivíduo sujeito a generalização das leis que é marcada como sendo dolorosa . Por fim, tem-se que a que as noções de individuo e pessoa e da passagem de uma condição a outra se torna extremamente importante quando se trata da sociologia do Brasil.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.5 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com