TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATIVIDADE DE FILME NAUFRAGO

Por:   •  20/3/2020  •  Trabalho acadêmico  •  393 Palavras (2 Páginas)  •  10 Visualizações

Página 1 de 2

                                             NÁUFRAGO

No filme náufrago o personagem principal Chuck Noland, funcionário de uma empresa de entregas rápidas, se vê sozinho numa ilha, após o avião em que estava cair no oceano. Conforme os dias se passam os restos do avião e das entregas que estavam a bordo, chegam à praia. Nisso, em uma das caixas ele encontra uma bola que seria entregue a um garotinho, no destino final do avião. Num certo dia, ao tentar fazer fogo, acidentalmente corta sua mão e suja a bola com seu sangue, o que aparentemente ficou desenhado um rosto, e como uma forma de se comunicar para manter sua sanidade mental, já que ele foi o único sobrevivente do desastre, Chuck faz da bola seu novo amigo, Wilson. Para que juntos possam tentar superar aquela situação, ao qual se encontra.

O personagem passa por diversas situações o que faz o telespectador, questionar sua saúde mental. Quando Chuck tem uma oportunidade, já que aprendeu a viver na ilha, ele constrói uma jangada para tentar enfrentar o alto mar. Com esta ‘aventura’, wilsom cai no mar, e Chuck para não por em risco sua vida, deixa wilsom se distanciar, nisso ele se vê só, e desiste, achando que não há mais solução. Chuck e encontrado por um grande navio já desacordado, e volta para a antiga vida a qual era acostumado, porém nada mais é como antes.

O filme demonstra a necessidade que o ser humano possui de se comunicar, de se expressar, de ter alguém para compartilhar suas experiências. O personagem fica dias sem se comunicar, sem ter alguém com quem conversar e quando por acaso faz da bola um receptor na comunicação, isso o faz ficar com uma sanidade mental mais estável, já que, ele não estava sabendo lidar mais com tamanho silêncio. Apesar de o personagem saber que a bola era somente um receptor o qual ele não podia se interagir, ele contava seus planos de fuga, suas emoções e situações cotidianas. Com o passar do tempo e de somente falar, e não ter ninguém para interagir, ele começa a ter pequenos delírios em relação ao que a bola ‘’respondia’’, o que parecia que seu plano de se expressar, estava perto do fim, pois havia a ‘expressão’ por parte de Chuck, mas havia a falta de comunicação de ambas partes. Já que a comunicação é essencial ao ser humano.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.2 Kb)   pdf (32.6 Kb)   docx (7.2 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com