TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

História do homem em toda a sua realidade

Projeto de pesquisa: História do homem em toda a sua realidade. Pesquise 800.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  21/5/2014  •  Projeto de pesquisa  •  7.156 Palavras (29 Páginas)  •  168 Visualizações

Página 1 de 29

SUMÁRIO:

1. INTRODUÇÃO......................................................................................................3

2. DEFINIÇÃO DE SOCIEDADE.............................................................................3

3.CULTURA, INDIVÍDUO E SOCIEDADE............................................................5

4.A CLASSE OPERÁRIA.........................................................................................7

5.DIVERGÊNCIAS SOCIAIS:

5.1.BUMBANDO ...............................................................................................11

5.2. ILHA DAS FLORES ..................................................................................12

6.DESIGUALDADE SOCIAL: A POBREZA COMO FRACASSO .....................14

7.A DESIGUALDADE COMO PRODUTO DAS RELAÇÕES SOCIAIS ...........15

8.AS CLASSES SOCIAIS........................................................................................16

9.A LUTA DE CLASSES.........................................................................................16

10.A DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL.....................................................17

11.DESENVOLVIMENTO E POBREZA ...............................................................18

12.A POBREZA ABSOLUTA..................................................................................20

13. CONCLUSÃO

14.

1. INTRODUÇÃO

Este trabalho vai relatar o desenvolvimento da historia do homem ao longo de sua realidade. A cultura se origina quando o homem começa a se diferenciar dos outros, quando ele começa a utilizar instrumentos que facilitam sua ação cotidiana, começa a se organizar na sua condição biológica (a necessidade de comer, de se reproduzir, de se defender, de se proteger). O individuo é o ser biológico que se distingue da pessoa social e a sociedade que é um sistema de interações entre pessoas com semelhanças étnicas, culturais, políticas ou religiosas ou pessoas com um mesmo objetivo em comum.

A interação social contribui para formação da personalidade de cada um e são confirmados pelas instituições sociais que se reafirmam com os cultos, ritos, festas, educação, chefia entre outras. Entre os principais processos sociais estão: Assimilação, conflito, acomodação, competição e cooperação.

Todas as sociedades possuem desigualdade, a desigualdade social descreve uma condição na qual os membros de uma sociedade possuem quantias diferentes de riqueza, prestigio ou poder. As sociedades se tornam estratificadas por vários fatores, dentre os principais: a competição, o conflito, a divisão do trabalho e a especialização. Em menor grau, mas não menos importantes estão as diferenças biológicas como as de sexo, de idade, de raça e etnia.

Sociedade pode ser resumida como um sistema de interações humanas culturalmente padronizadas, um sistema de símbolos, valores e normas, como também é um sistema de posições e papéis.

2. DEFINIÇÃO DE SOCIEDADE

Uma sociedade é uma rede de relacionamentos sociais, podendo um sistema institucional, como por exemplo, anônima, civil, artística etc. A origem da palavra sociedade vem do latim” societas”, que significa associação amistosa com outros.

O termo sociedade é usado para o coletivo de cidadãos de um país. No entanto, a sociedade não é um conjunto de indivíduos convivendo juntos em um determinado lugar, é também a existência de uma organização social, de instituições e leis que regem a vida dos indivíduos e suas relações mútuas.

Durkheim, Marx e Weber conceituaram de maneiras diferentes a definição de sociedade. Cada um definiu a constituição da sociedade a partir do papel político, social ou econômico do indivíduo.

Para Émile Durkheim, o homem é coagido a seguir determinadas regras em cada sociedade, o qual chamou de fatos sociais, que são regras exteriores e anteriores ao indivíduo e que controlam sua ação perante aos outros membros da sociedade. Fato social é a coerção do indivíduo, constrangido a seguir normas sociais que lhe são impostas desde seu nascimento e que não tem poder para modificar.

Para Karl Marx, a sociedade sendo heterogênea, é constituída por classes sociais que se mantêm por meio de ideologias dos que possuem o controle dos meios de produção, ou seja, as elites. Numa sociedade capitalista, o acúmulo de bens materiais é valorizado, enquanto que o bem-estar coletivo é secundário.

A exploração do trabalhador se dá pela mais-valia, a produção é superior ao que recebe de salário, sendo o excedente da produção o lucro do capitalista, que é o proprietário dos meios de produção. Assim se concretiza a ideologia do capitalista: a dominação e a exploração do operário/trabalhador para obtenção do lucro.

Para Marx, falta ao trabalhador a consciência de classe para superar a ideologia dominante do capitalista e assim finalmente realizar a revolução, para se chegar ao socialismo.

Max Weber está mais preocupado com o estudo das situações sociais concretas quanto à suas singularidades. A sociedade, para Weber, constitui um sistema de poder, que perpassa todos os níveis da sociedade, desde as relações de classe a governados e governantes, como nas relações cotidianas na família ou na empresa. O poder não decorre somente da riqueza e do prestígio, mas também de outras fontes, tais como: a tradição, o carisma ou o conhecimento técnico-racional.

O poder por meio da dominação tradicional se dá através do costume, quando já está naturalizada em uma cultura e, portanto, legitimada. Por exemplo, uma fonte de dominação tradicional é o poder dos pais sobre os filhos, do professor sobre

...

Baixar como (para membros premium)  txt (40.3 Kb)  
Continuar por mais 28 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com