TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Sociologia

Monografias: Sociologia. Pesquise 785.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  13/4/2012  •  1.061 Palavras (5 Páginas)  •  2.068 Visualizações

Página 1 de 5

1)Defina cultura?

É o conjunto de atividades e modos de agir, costumes e instruções de um povo. É o meio pelo qual o homem se adapta às condições de existência transformando a realidade.

É um processo em permanente evolução, diverso e rico. É o desenvolvimento de um grupo social, uma nação, uma comunidade; fruto do esforço coletivo pelo aprimoramento de valores espirituais e materiais. É o conjunto de fenômenos materiais e ideológicos que caracterizam um grupo étnico ou uma nação ( língua, costumes, rituais, culinária, vestuário, religião, etc ), estando em permanente processo de mudança.

2) Por que a existência de normas é condição primordial para a existência de um grupo social?

As normas são formas reguladoras de convívio social. Considerando que cada sociedade tem suas diferenças culturais, econômicas e humanas, cada uma delas portanto, será regulada de forma diferente

As normas são fundamentais para existência de um grupo social pois sem elas, não haveria nenhum tipo de ordem social, ou convivência social. Sem normas não haveria as sanções, e os indivíduos que cometessem transgressões não seriam devidamente punidos.

3) Explique como se constituem as normas de convívio?

As regras de convívio foram criadas quando a sociedade percebeu a necessidade de haver o respeito mutuo. Iniciou-se então a codificação de normas e regras de convívio social e de conduta, sendo impostas de modo empírico, pela tentativa e erro; os preceitos de civilidade, que eram passados de forma verbal, passaram a ser codificados e seguidos, pois o convívio em sociedade assim o exigiu

4) Como as sociedades primárias sobrevivem sem normas formais?

Não existem leis inúteis ou nocivas nas sociedades primárias – como não há formalização da lei, leis desnecessárias se perdem naturalmente com o passar do tempo, motivo pelo qual não existe nenhuma motivação para as fazer. As leis que regulam a vida social das sociedades simples são poucas, passadas de geração em geração pela oralidade e pelos costumes. Quanto à nocividade de uma regra, ela é quase desconhecida entre estes povos, pelo fato de que a sobrevivência individual está submetida ao coletivismo e comunitarismo, vez que não existem mecanismos de sobrevivência material que possibilitem a sobrevivência fora do grupo. É de se salientar ainda que não são comuns mecanismos que obriguem a arrecadação compulsória de recursos que venham a serem usados especificamente nas práticas de julgamento e punição.

- Por tudo isso, pode-se dizer que a grande característica legal das sociedades primárias não diferenciadas é a experiência e a relação de sobrevivência do grupo diante da natureza, e não uma refinada e complexa lógica jurídica, como no caso das sociedades ocidentais. Por essas experiências, passadas informalmente ao longo das gerações, “o desvio é muitas vezes caracterizado como feitiçaria - ou incorporação de espíritos que querem se vingar -, ao invés de crime”. Diante desses comportamentos destrutivos, as instituições culturais da sociedade agem de forma eficaz e com poder para punir os transgressores, mas, na maioria das vezes, há a preocupação em se deixar espaço para que o indivíduo punido possa se reintegrar ao grupo – justiça “restaurativa” e não apenas “restitutiva” (Scuro Neto). As instituições formais do Estado são apenas algumas formas de julgar e punir, e não as únicas possíveis e existentes nas sociedades humanas.

5) Os comportamentos que se afastam das normas vigentes em um grupo social são sempre reprimidas pelo grupo? Explique:

6) O crime é um comportamento universal?Por quê?

Sim, pois o crime esta relacionado a um desvio social do indivíduo, e os desvios socias são universais.

A partir do momento que uma sociedade estabelece regras e regulamentos, ocorrem violações das mesmas, e grande parte dessas violações são violações de origens criminosas, como pirataria, violação de velocidade nas estradas, dentre outros. Por tanto o crime é um comportamento universal, um desvio social ocorrido nas sociedades.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.8 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com