TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

TEORIA DAS INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS DE GARDNER

Por:   •  13/12/2016  •  Trabalho acadêmico  •  1.257 Palavras (6 Páginas)  •  116 Visualizações

Página 1 de 6

ELIZIANE CAMARGO

KAMILA DIAS

LUANA FERREIRA

LUCIANA LOBATO DE LORENZI

LYETICIA BOGANIKA KNOB

MICHELLI FOGAÇA

SHEILA CAROLINE MEZQUITA

TEORIA DAS INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS DE GARDNER

Atividade apresentada à disciplina Processos Psicológicos, 2º período do curso de Psicologia da Faculdade Dom Bosco como requisito parcial para composição da nota do 2º bimestre.

Professor: Paulo Henrique Azevedo

CURITIBA

2016

TEORIA DAS INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS DE GARDNER

      O conceito de inteligência varia de acordo com a sociedade e a época em que é estudado. De simplesmente valorizar um padrão estrito de inteligência a categorizar habilidades e aptidões adquiridas como sendo de igual valor, várias abordagens e teorias se desenvolveram ao longo do tempo para tentar explicar e conceituar o que significa Inteligência. Uma dessas teorias desenvolvidas é a Teoria das Inteligências Múltiplas, elaborada por Howard Gardner, um psicólogo de Harvard, em 1983. Partindo do argumento de que inteligência não é um conceito físico, Gardner buscou responder 2 questões: Como a mente e cérebro humanos evoluíram ao longo de milhões de anos, e como podemos dar conta da diversidade de habilidades e aptidões que são valorizadas por diferentes sociedades por todo o mundo.

   

     Através da análise de 8 critérios, Gardner concluiu que cada ser humano possui ao menos 8 tipos diferentes de inteligência, são elas: Lógico-Matemática, Linguística, Musical, Espacial, Corporal-Cinestésica, Intrapessoal, Interpessoal e Naturalista.

     

     Gardner ainda fez 2 comentários adicionais sobre seu conceito de Inteligência, ele é universal, ou seja, todos os seres humanos possuem as oito, e segundo, devido à mudanças determinantes de ambiente, genética e interações sociais, cada ser humano é único em sua proporção dessas inteligências. Sua teoria sofreu diversas críticas por parte da comunidade científica, como por exemplo a falta de evidência empírica e o fato de que sua definição de inteligência é ampla demais, pois apenas classifica talentos, habilidades e atributos de personalidade como inteligência.

Inteligência Intrapessoal        

     Segundo Gardner, pessoas com inteligência intrapessoal mais acentuada em relação às outras tendem a ser perceptíveis em relação ao seu estado emocional, sentimentos e motivações. Costumam praticar autorreflexão e análise, além de explorar as relações com outros indivíduos e suas virtudes pessoais. Pessoas intrapessoais são frequentemente descritas como tímidas e introvertidas, que preferem contemplação em isolamento. Geralmente se expressam por meio de atividades individuais, como a escrita. Filósofos, escritores e psicólogos são um exemplo de indivíduos com potencial de desenvolverem esse tipo de inteligência, como Freud e Platão.

Inteligência Lingüística        

      O componente central da inteligência lingüística é a sensibilidade para os sons, ritmos e significados das palavras. Assim como é a habilidade de utilizar a linguagem para convencer, agradar, estimular ou transmitir ideias, além de uma acentuada percepção de suas diferentes funções. Normalmente são pessoas que gostam de ler, escrever, tem boa memória, ótima verbalização e sabem debater. Gardner relata que essa habilidade é muito bem desenvolvida pelos poetas. Em crianças, começa a aparecer a partir dos dois anos de idade, através da capacidade de contar histórias originais ou relatar experiências vividas.

Inteligência Interpessoal

     Essa inteligência pode ser descrita como a habilidade para entender e responder de forma adequada a humores, temperamentos, palavras, gestos, motivações e desejos de outras pessoas. Ela é melhor aproveitada na profissão de psicólogos, professores, políticos, advogados, e vendedores. Na forma mais primitiva, a inteligência interpessoal se manifesta em crianças pequenas como a habilidade para distinguir pessoas e na forma mais avançada como a habilidade para perceber intenções e desejos de outras pessoas e para reagir a partir dessa percepção. Crianças superdotadas demonstram muito cedo uma habilidade de liderança e são extremamente sensíveis às necessidades e sentimentos dos outros.

Inteligência Lógico-matemática

     É a habilidade de reconhecer problemas e resolvê-los utilizado o raciocínio. Considerada a inteligência característica de engenheiros, matemáticos e cientistas. Segundo Gardner, embora apreciem a lógica, cientistas e matemáticos possuem objetivos diferentes, pois os aqueles pretendem explicar a natureza e estes desejam criar um mundo abstrato.

Inteligência Espacial

     Howard Gardner acredita que o indivíduo que possui essa inteligência é capaz de compreender o mundo de forma espacial, ou seja, a pessoa observa o seu redor de forma mais minuciosa, pois possui um pensamento virtual com a capacidade de criar experiências sem precisar de qualquer estímulo físico. É comum pessoas com facilidade nessa área trabalharem como artistas plásticos, arquitetos e engenheiros.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.7 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »