TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

TRANSFERÊNCIA MECÂNICA

Por:   •  21/3/2014  •  Seminário  •  246 Palavras (1 Páginas)  •  101 Visualizações

archas e também no pedal de embreagem que, às vezes... não existe!

Confira a seguir os tipos de sistemas de transmissão existentes no mercado.

CÂMBIO MECÂNICO

Utiliza o sistema de embreagem com platô e disco, que transferem as forças para a caixa de câmbio, que por sua vez possui engrenagens com várias relações em pares de eixos. A mudança de marcha é manual, geralmente realizada por uma alavanca mecânica.

CÂMBIO AUTOMATIZADO

Apresenta o mesmo sistema de transmissão de forças do câmbio mecânico, mas, para realizar as mudanças de marcha, usa um sistema hidráulico monitorado por uma central eletrônica. É ela que realiza as operações de forma automatizada, fazendo com que as trocas sejam feitas sem a intervenção do motorista. Há veículos que possuem a opção de troca manual, mas a operação é feita pelo sistema, e o motorista aciona apenas um botão ou alavanca no veículo.

CÂMBIO AUTOMÁTICO

Este tipo de transmissão elimina o conjunto de embreagem e adota o conversor de torque, que trabalha com fluido hidráulico em seu interior. As trocas são feitas pela alavanca seletora, que modula eletronicamente as solenoides de troca de marchas. Elas administram as pressões hidráulicas com diversos discos de fricção e tambores com cinta externa, além de um conjunto de caixa-satélite. Esse conjunto faz a engrenagem das marchas de acordo com a necessidade do veículo ou intenção do motorista. Caso a marcha selecionada seja incompatível com a velocidade desenvolvida, o sistema impede a engrenagem para evitar danos no câmbio e no motor do veículo.

...

Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com