TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Sobre O Fundo De Garantia Por Tempo De Serviço (FGTS), Assinale A Opção CORRETA. Escolher Uma Resposta. A. O FGTS só Poderá Ser Retirado Quando O Empregado For Dispensado Do Emprego.

Por:   •  23/8/2014  •  2.682 Palavras (11 Páginas)  •  435 Visualizações

Página 1 de 11

Em pleno século XXI, as pessoas têm a sua atenção despertada muito mais pela fumaça negra desprendida pelo escapamento de um caminhão ou pela chaminé de uma fábrica, do que pelo perigo representado pelo monóxido de carbono emanado pelo escapamento de seus carros. Como se a questão do meio ambiente fosse um problema distante e exclusivo de entidades governamentais, fábricas, ONGs...

No entanto, as alterações provocadas pelo homem em seu ambiente são um fato cientificamente estabelecido. Independente dos enfoques: político, sócio-econômico, cientifíco e até mesmo religioso.

Hoje, o problema da preservação do meio ambiente é uma questão moral, porque além de afetar a sua qualidade de vida é a sua sobrevivência que está sendo ameaçada.

Nesta entrevista ao Vya Estelar, o profº Samuel Murgel Branco, especialista em Ciências Biológicas e autor do livro Meio Ambiente: Uma questão Moral, aponta os caminhos para a preservação do meio ambiente, mostrando também como esta questão afeta sua qualidade de vida.

Segundo Samuel, o problema do meio ambiente passa pela falta de vontade política. Já que estamos às vésperas de uma eleição, o momento é muito propício para analisar os programas dos candidatos que propõe, de forma mais efetiva, os caminhos para a preservação ambiental.

Vya Estelar - Por que o senhor trata a questão do meio ambiente como sendo uma questão moral?

Samuel - A questão do meio ambiente vem sendo tratada, até exaustivamente,dos pontos de vista: científico, tecnológico, educacional, econômico e político, sem sensibilizar os grandes responsáveis pela degradação ambiental crescente na medida do desejável ou na proporção das ações e dos investimentos aplicados.

Atualmente, estou convencido, de que a solução desses problemas não depende tão essencialmente do desenvolvimento tecnológico (que existe em abundância, podendo-se contar com grandes especialistas em nosso próprio país e com soluções tecnológicas aqui desenvolvidas para o nosso ambiente tropical). Também não é um problema de custo, que, na maioria das vezes, não é tão alto assim.

Estudos demonstram que, em geral, a produção industrial não é onerada em mais que três ou quatro por cento, pela aplicação de soluções preventivas e corretivas no processo industrial e, para os problemas urbanos, existem soluções eficientes, de baixo custo e, o que é mais importante, amplamente compensadas pelos benefícios que trazem em relação à saúde, alimentação e qualidade de vida dos habitantes.

Meio ambiente: problema moral

O que falta, realmente, é a vontade política de realizar as ações necessárias, seja por uma questão de comodismo, seja pelo fato de tais medidas não resultarem em dividendos políticos, eleitorais, proporcionais aos investimentos aplicados. É, portanto, uma questão de moral.

Vya Estelar - Que moral seria esta?

Samuel - Não existem diferentes "morais", no que respeita ao modo de vida em uma mesma sociedade. A moral é constituída de um conjunto de regras consensuais, tendo em vista essencialmente possibilitar a vida em sociedade e baseada no conceito de liberdade. A preservação de um ambiente sadio constitui, dentro desse conceito, uma obrigação moral, quer dos que utilizam o meio ambiente como fonte de recursos, quer dos responsáveis pela saúde pública e qualidade de vida da população.

Vya Estelar - Já que estamos à beira de uma eleição, o que o senhor sugere aos candidatos em relação à moral política envolvendo o meio ambiente?

Samuel - Qualquer candidato a ocupar uma função no governo, em qualquer instância, tem a obrigação de acenar com soluções para os principais problemas que afligem a população. Esses problemas devem ser abordados não de uma maneira pontual, particularizando aspectos do problema, mas de maneira global, sobretudo dentro de um enfoque de planejamento. O problema ambiental, nesse contexto, não pode ser desvinculado do problema energético, do problema de transportes, do problema alimentar e agrícola, ou do problema de saúde pública. De nada adiantaria, por exemplo, prometer a proteção dos micos-leão-dourados, ou das palmeiras da mata atlântica, exemplos pontuais e completamente desvinculados da problemática da qualidade de vida da população.

Vya Estelar - Como o senhor traduziria, na prática, esta moral política?

Samuel - Necessariamente, os políticos e candidatos deveriam dirigir a sua atenção aos problemas de: matriz energética, em face da ameaça do efeito estufa, implicando toda

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.1 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com