TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

WELLINGTON MOTOS

Por:   •  16/3/2014  •  Tese  •  1.015 Palavras (5 Páginas)  •  127 Visualizações

Página 1 de 5

1. Introdução

O seguinte trabalho apresentará uma empresa da região do Agreste Pernambucano, através das informações colhidas numa entrevista realizada com o dono da empresa. O foco do trabalho é destacar os produtos e/ou serviços fornecidos, o porte da empresa, quem são os donos e como a empresa funciona de modo geral. O objetivo da pesquisa é entender como funciona uma empresa e porque ela tem sucesso e ainda analisar e relacionar todos os conceitos estudados em sala, de forma prática, para um melhor aprendizado.

A empresa estudada será a WELLINGTON MOTOS, uma empresa da cidade de Belo Jardim, no agreste de Pernambuco, que trabalha com vendas de motos de várias marcas. A empresa iniciou suas atividades no ano de 2005, com um diferencial que deu certo: A SORTE CONTEMPLADA. A empresa faz consórcios de motos, divide seus clientes em grupos e todo mês uma moto é sorteada entre os participantes, aquele que for sorteado não precisa mais pagar a moto. O sorteio é ao vivo e aberto ao público. Esse sistema foi o pioneiro na cidade e vem dando certo até os dias de hoje. Apesar de ser uma empresa de pequeno porte, a Wellington Motos cresceu rápido nesses 6 anos. Hoje, conta com cerca de 20 funcionários, divididos entre administrativos e vendedores.

2. Desenvolvimento

A empresa vende motos de várias marcas e modelos, através de consórcios e também de financiamento através de bancos ou financeiras e ainda à vista. O ramo de atividade é o comércio, ou seja, vendem produtos diretamente ao consumidor. É uma empresa privada, de único dono, sem sócios. O proprietário é bastante jovem e com um espírito empreendedor, ele é formado em Administração de Empresas há 2 anos, buscou terminar sua graduação para aplicar o que aprendeu no seu próprio negócio, mas muito do que ele sabe foi aprendido mais na prática do que em sala de aula. A empresa está classificada em microempresa,pois tem receita bruta anual abaixo de R$ 2,4 milhões, de acordo com a classificação do BNDES – Banco Nacional do Desenvolvimento.

O jovem empresário, Wellington Andrade, resolveu montar seu próprio negócio a partir das suas habilidades empreendedoras, assim, ele conheceu outro empresário que trabalhava com esse tipo de consórcio de motos em outra cidade. Wellington comprou a ideia do amigo e trouxe para a cidade de Belo Jardim com a intenção de inovar e surpreender as pessoas da região, já que pelas redondezas havia apenas concessionárias de motos com consórcios habituais.

Hoje, a Wellington Motos atende várias cidades vizinhas à cidade de Belo Jardim, como: São Bento do Una, Tacaimbó, Sanharó, Lajedo, Cachoerinha, São Cateano, entre outras. A empresa conta com um prédio onde funciona toda a parte administrativa, onde os clientes podem obter qualquer informação que desejarem. Também é possível fazer consórcios na própria loja, mas a empresa tem vendedores que circulam pelas ruas, captando possíveis clientes e divulgando a empresa. Na loja, ficam duas atendentes que monitoram os consórcios vendidos e dão informações ao público em geral; o gerente da empresa e uma auxiliar, que cuidam da parte financeira da empresa, contas a pagar, contas a receber, propaganda, etc.; o dono costuma viajar para as cidades vizinhas em busca de novos parceiros, clientes e divulgando a loja em eventos.

Os vendedores são orientados por um gerente de vendas, eles têm metas a cumprir todo o mês e ganham salário fixo e comissão pelo número de consórcios que conseguem vender. A comunicação dentro da empresa é ótima, toda semana acontece uma reunião para definir novos objetivos e verificar o que deve ser melhorado.

A variável: porte da empresa pode ser classificada como qualitativa ou categórica ordinal, pois segundo GARCIA (2010), uma variável é qualitativa quando representa uma categoria, no caso do porte da empresa, há as categorias micro, pequena, média ou grande empresa; e ordinal porque

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.4 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com