TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA

Por:   •  7/1/2019  •  Monografia  •  5.008 Palavras (21 Páginas)  •  16 Visualizações

Página 1 de 21

[pic 1]

[pic 2]

[pic 3]

[pic 4]

[pic 5]

Taubaté

2017


VALÉRIA CRISTINA DOS SANTOS BEATRIZ[pic 6]

[pic 7]

ESTUDO SOBRE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA E SUAS PATOLOGIAS

Projeto apresentado ao Curso de Engenharia Civil....... da Instituição Faculdade Anhanguera de Taubaté – Unidade II. .
Orientador:
Arthur R. Torrecilhas


TAUBATÉ

2017


SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO..........................................................................................................3

2 OBJETIVOS        5

2.1 Objetivo Geral ou Primário        5

2.2 Objetivos Específicos ou Secundários        5

3 JUSTIFICATIVA        5

4 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA        6

4.1 BREVE HISTÓRIA DA PAVIMENTAÇÃO..............................................................6

4.2 TIPOLOGIA DA PAVIMENTAÇÃO.........................................................................8

4.3 CARACTERÍSTICAS DA PAVIMENTAÇÃO........................................................10

4.4 PATOLOGIA.........................................................................................................12

4.5 REFORÇOS E MANUTENÇÃO...........................................................................16

5 METODOLOGIA        19

REFERÊNCIAS        2020


1 INTRODUÇÃO

A prática dos pavimentos estuda o sistema em camadas e sujeitos ao peso  dos veículos. Faz-se cálculo de tensões, deformações e deslocamentos, parâmetros de deformabilidade. A norma Brasileira de pavimentação NBR 7207/82, da ABNT, proveio da antiga norma "Terminologia e classificação de pavimentos", TB - 7 de 1963, tendo a definição: "O pavimento é uma estrutura construída após terraplanagem e destinada, econômica e simultaneamente em conjunto, para resistir os esforços verticais do tráfego, melhorar as estado de rolamento e resistir aos esforços atuantes para que o rolamento se torna mais durável.

Um bom desempenho para manter a Pavimentação é atender adequadamente as funções básicas: conceber, projetar, construir e conservar de forma a apresentar com qualidade os níveis de serventia com apreciação de três características de desempenho: segurança, conforme é a economia.

Segundo a Petrobrás (2008) o pavimento é formado por camadas de rolamento, tendo contato direto com as rodas dos veículos, por camadas intermediárias ou de ligação.

O Revestimento Asfáltico está ligado ao tráfego e passa pelas camadas inferiores, impermeabilidade dos pavimentos melhorando as condições de rolamento. É constituída de agregados e materiais asfálticos, sendo por penetração ou mistura. O Reforço no pavimento pode ser feito em camada de rolamento aplicada sobre a superfície existente, quando necessário restauração e reabilitação, este processo proporciona ao usuário condição satisfatória de rolamento.

De acordo com a CNT – Confederação Nacional de Transporte no Brasil a maioria dos pavimentos são de baixo conforto ao rolamento. O que fazer para melhorar a situação dos pavimentos? Uma vez que a competitividade da economia brasileira tem prejuízo no investimento em infraestrutura, acarretando no aumento de acidentes, desperdício de carga e gastos elevados com manutenção e combustíveis.

Segundo Balbo (2011) pavimentar uma via de circulação de veículos é obra civil que enseja, antes de tudo, a melhoria operacional para o tráfego, na medida em que é criada uma superfície mais regular, uma superfície mais aderente, uma superfície menos ruidosa da ação dinâmica dos pneumáticos.

Melhorando o rolamento favorece aos usuários um custo operacional de manutenção e um aumento na velocidade, aumenta o consumo, porém economiza tempo na viagem.

A maioria das estradas brasileiras tem mistura asfáltica a quente como revestimento, utilizando agregados de britagem para serem produzidos.

A pesquisa sobre pavimentação no Brasil iniciou no final dos anos 60 com a criação de programas de pós-graduação, de 1970 a 1990 destacou o prof. Job Shuji Nogami e seus colaboradores fazendo estudos sobre solos tropicais, os ensaios de resiliências para materiais de pavimentação foram realizados pelo prof. Jacques de Medina, tendo renome no que diz respeito a mistura asfáltica. Mas somente em 1980 o Instituto de Pesquisas Rodoviárias (IPR) do DNER batalhou para realizar ensaios de resiliência tendo um seleto grupo de pesquisadores.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (32.4 Kb)   pdf (332.6 Kb)   docx (132.3 Kb)  
Continuar por mais 20 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com