TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATPS: Projeto Sara

Seminário: ATPS: Projeto Sara. Pesquise 788.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  31/3/2014  •  Seminário  •  1.372 Palavras (6 Páginas)  •  233 Visualizações

Página 1 de 6

INTRODUÇÃO

PROJETO SARA

O PROJETO SARA tem como objetivo ter uma plataforma orbital para a realização de experimentos em ambiente de micro gravidade. Mas ainda visa desenvolver estruturas que possam suportar o ambiente de reentrada na atmosfera terrestre sem serem destruídos pelo calor.

No futuro, o SARA pretende ser uma plataforma industrial orbital para a qualificação de componentes, materiais especiais e equipamentos espaciais.

Em longo prazo o objetivo é avançar para uma nova geração de veículos de reentrada e para as aeronaves hipersônicas.

É por isso que ele trabalha em sinergia com o projeto do veículo hipersônico 14-X. Realmente, pode parecer mesmo um projeto pequeno, mas é muito complexo.

ETAPA 1

Passo 1

Realizar a conversão da altura máxima 300 km baseado nas informações acima para a unidade pés.

1 pé = 3280.83

V = 300 km → 300 x 3280.83

Pés=3280.83

Efetuando a multiplicação temos: 984249 pés de altura.

Passo 2

Considerar as informações do projeto amerissagem na água (pouso). Será a 100 km da cidade de Parnaíba. Fazer a conversão da distância para milhas náuticas.

100 km = 100.000 x 0,539957 = 53,9957 milhas náuticas

O resultado, portanto é de 53,99 milhas náuticas.

Passo 3

Fazer uma leitura do texto “O projeto SARA e os hipersônicos”. Disponível em:

<http://www.defesabr.com/Tecno/tecno_SARA.htm>. Acesso em: 28 mar. 2012.

Passo 4

Considerar que a operação de resgate será coordenada a partir da cidade de Parnaíba, a 100km do local da amerissagem. Supondo que um avião decole do aeroporto de Parnaíba, realizar a viagem em duas etapas, sendo a metade 50 km a uma velocidade de 300 km/h e a segunda metade a 400 km/h. Determinar a velocidade média em todo o trecho.

V1 = 50 km/h

V2 = 50 km/h

Distância = 100 km

S = S0 + V.t

50000 = 0 + 83,33. t

T = 50000/83,33 = t = 600s

V = 400Km/h = 111,10 m/s

S = 50Km = 50000m

S = S0 + .t

50000 = 0 + 111,10 m/s.t

T = 50000/111,10 = t = 450s

V = ?

S = 100Km = 100000m

T = 450s + 600s = 1050s

S = S0 + V.t

100000 = 0 + V.1050

V = 1000000/1050 = 95,24 m/s

V = 343 km/h

A velocidade média em todo o trecho foi de 343 km/h.

ETAPA2

Passo 1

Considerar que um avião de patrulha marítimo P-95 “Bandeirulha”, fabricado pela.

EMBRAER pode desenvolver uma velocidade média de 400 km/h. Calcular o tempo gasto

por ele para chegar ao pondo de amerissagem, supondo que ele decole de Parnaíba distante

100 km do ponto de impacto.

Vm = 400 km/h

∆t =?

Vm = ∆s/∆t

400 = 100/∆t

∆t = 100/400

∆t = 0,25h x 60min

t = 15min

Consideramos também um helicóptero de apoio que será utilizado nessa missão de resgate. Esse helicóptero UH-1H-Iroquois desenvolve uma velocidade de 200 km/h. Supondo que ele tenha partido da mesma cidade calcularemos a diferença de tempo gasto pelo avião e o helicóptero.

Distância: 100 km

Vm = 200 km/h

∆t =?

Vm=∆s/∆t

200 = 100/∆t

∆t = 100/200

∆t = 0, 5 h. x 60 min.

∆t = 30 min.

Portanto a diferença entre o avião e o helicóptero é de 30 min.

Passo 2

Considerar que no momento da amerissagem, o satélite envia um sinal elétrico, que é

captado por sensores localizados em três pontos mostrados na tabela. Considerando esse

sinal viajando a velocidade da luz, determinar o tempo gasto para ser captado nas

localidades mostradas na tabela. (Dado: velocidade da luz: 300.000 km/s).

Alcântara – ponto de impacto 338 km

Parnaíba – ponto de impacto 100 km

São Jose dos Campos – ponto de impacto 3000 km

∆1=Alcântara

∆2=Parnaíba

∆3= São José dos Campos

Alcântara:

T = E/V → T= 338000/300000000 → T= 0,001126 s

O tempo relativo do sinal emitido do satélite foi de 0,001126s para Alcântara por estar

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.5 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com