TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Pim Ii Unip

Por:   •  25/5/2012  •  413 Palavras (2 Páginas)  •  2.789 Visualizações

Página 1 de 2

Motivação

A pesquisa motivacional é o campo do conhecimento que lida com as razões de ordem comportamental que levam as pessoas a consumir. No campo da administração, pessoa motivada usualmente significa alguém que demonstra alto grau de disposição para realizar uma tarefa ou atividade de qualquer natureza.

Para compreender-se o comportamento humano das pessoas é necessário conhecer sua motivação, é difícil definir precisamente o conceito de motivação, mais no geral motivo é tudo aquilo que impulsiona a pessoa a agir, ou que pelo menos dá origem a um comportamento específico. Esse impulso a ação pode ser provocado por um estímulo externo provindo do ambiente e pode também ser gerado pelos processos mentais de um indivíduo.

Para motivar os colaboradores, de forma geral, é necessário muito mais que salários. Um bom pacote de benefícios diretos e indiretos é extremamente necessário e um ambiente de trabalho adequado propiciará um maior desempenho.

Além do fator motivador financeiro, será demonstrada a produtividade em virtude de estimulantes como incentivos emocionais e feedback.

A Aktuell preocupou-se em construir um ambiente de trabalho propício para que os colaboradores se motivem ou se mantenham motivados.

a) Estimulando os trabalhadores a atingir seus objetivos pessoais e profissionais;

b) Não desmotivá-los com ambientes, condições ou políticas inadequadas;

c) Propiciar condições financeiras, físicas e psicológicas a ponto de permitir;

d) Atingir um nível médio de qualidade de vida muito próximo do desejado.

Teorias Motivacionais

O entendimento de algumas teorias importantes faz-se necessário para a compreensão da motivação mais atrelada aos incentivos condicionais e emocionais do que propriamente à remuneração.

Segundo Maslow (1968), dentro de todo ser humano existe uma hierarquia de necessidades. As primeiras três são necessidades da carência, porque devem ser satisfeitas para que os indivíduos se sintam saudáveis e seguros. As duas últimas são as necessidades do crescimento, porque estão relacionadas ao desenvolvimento e à realização do potencial de cada pessoa. À medida que cada uma dessas necessidades é substancialmente satisfeita, a necessidade imediatamente superior se torna dominante.

Figura 7 - Hierarquia das Necessidades de Maslow

Fonte: Chiavenato (1994, p.170)

Herzberg (2000) concluiu que os fatores intrínsecos estão associados à satisfação no trabalho, ao passo que os extrínsecos estão associados à insatisfação.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com