TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Antropologia Conceitos Principais

Por:   •  14/4/2013  •  2.187 Palavras (9 Páginas)  •  985 Visualizações

Página 1 de 9

Adaptação de Antropologia.

1º Aula

Antropologia: é o estudo do homem como ser biológico, social e cultural. É o estudo sobre o homem em sua totalidade, seus costumes, crenças, hábitos e aspectos físicos dos diferentes povos que habitaram e habitam o planeta. Portanto, os antropólogos estudam a diversidade cultural dos povos. Como cultura, podemos entender todo tipo de manifestação social. Modos, hábitos, comportamentos, folclore, rituais, crenças, mitos e outros aspectos são fontes de pesquisa para os antropólogos.

Alteridade: Alteridade é o estudo do outro. Constatação da diferença entre povos.

Porque, tipo, vc só pode se conhecer, conhecendo as diferenças dos outros. Das culturas diferentes, das vidas de outras tribos e etc. Alteridade (ou outridade) é a concepção que parte do pressuposto básico de que todo o homem social interage e interdepende de outros indivíduos. Assim, como muitos antropólogos e cientistas sociais afirmam, a existência do "eu-individual" só é permitida mediante um contato com o outro.

Selvagem:- Os nativos da América, mas também de outros continentes, foram tratados pelos colonizadores como selvagens porque eram considerados muito próximos dos animais.

Bom Selvagem: o selvagem era bom, afirmavam, numa clara relação romântica com a natureza, que esses indivíduos eram bons porque estavam muito próximos do estado selvagem, portanto, veja você, consideravam que o homem nativo ainda não havia sido contaminado pelos males da civilização. Estar próximo da natureza significava ser bom em virtude das influências boas recebidas.

Mau-Selvagem: eram maus por não possuírem cultura, leis, religião, estado, moral, etc. Já o civilizado era bom exatamente porque possuía essas qualidades

2º Aula

Evolucionismo: o evolucionismo, consagrado pela publicação de A origem das espécies, de Charles Darwin, em 1859. Por isso, na segunda metade do século XIX, a nascente ciência concebeu os diferentes grupos humanos como sujeitos em desenvolvimento. As distintas sociedades evoluiriam todas na mesma direção, passando por etapas e fases de desenvolvimento e diferenciação cultural inevitáveis e escalonadas, seguindo uma transformação que levaria do simples ao complexo, do homogêneo ao heterogêneo, do irracional ao racional. Para os antropólogos evolucionistas, todos os grupos humanos teriam que atravessar necessariamente as mesmas etapas de desenvolvimento, e as diferenças que podem ser observadas entre as sociedades contemporâneas seriam apenas defasagens temporais, conseqüência dos ritmos diversos de evolução.

3º Aula

Antropologia Social: um dos fins principais da Antropologia Social é saber por que e como os homens se comportam de modo diferente segundo as sociedades em que vivem. Diz respeito a tudo quanto constitui sociedade: seus modos de produção econômica suas técnicas, sua organização política e jurídica, seus sistemas de parentesco, seus sistemas de conhecimento, suas crenças religiosas, sua língua.

Antropologia cultural: A Antropologia Cultural estuda o homem integrado em seu contexto social, psicológico, biológico, físico e teológico, apreciando o seu comportamento, valores, hábitos, língua e crença.

Antropologia Estrutural: a antropologia estrutural concentra-se no modo como elementos de um sistema se combinam, e não em seu valor intrínseco. "Diferença" e "relação" são conceitos essenciais. A combinação desses elementos dá margem a oposições e contradições que servem para dar ao reino social seu dinamismo.

Antropologia Dinâmica: sociedades em mutação, contatos e choques culturais. Colonização x Descolonização (Hibridismos). Tensões Sociais e negociações (reestruturações).

Culturalismo: O termo Culturalismo designa uma corrente antropológica americana desenvolvida a partir dos anos 30 do séc. XX, influenciada pela psicologia e pela psicanálise e centrada no estudo dos comportamentos humanos apreendidos como manifestação da cultura de uma sociedade. Os principais conceitos do culturalismo são os de padrão de cultura (pattern) e de personalidade de base. Os adeptos do culturalismo defendem que as formas e orientações culturais são relativas inclusive em áreas consideradas como mais naturais como a educação na primeira infância, as relações entre sexos, entre outras. Defendem também que a individualidade biológica é inteiramente moldada pela cultura.

4º Aula

Determinismo biológico: é a doutrina que afirma que o agir humano é

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.2 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com