TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

INTRODUÇAO AO PENSAMENTO CIENTIFICO SOBRE O SOCIAL

Por:   •  10/10/2013  •  Tese  •  543 Palavras (3 Páginas)  •  518 Visualizações

Página 1 de 3

INTRODUÇAO AO PENSAMENTO CIENTIFICO SOBRE O SOCIAL.

1: A Sociologia surgiu em um contexto social específico, marcado por profundas transformações sociais que criaram a necessidade de compreender a sociedade sob a perspectiva da ciência. Este contexto histórico foi:

A)o pensamento grego e as guerras púnicas influenciaram decisivamente na constituição da sociologia;

B)as revoluções burguesas inglesas foram fundamentais para que a sociologia se fundamentasse como ciência;

C)a revolução francesa não constituiu um fator importante para o pensamento ocidental e o surgimento da sociologia;

D)a revolução industrial e a revolução francesa foram fundamentais para a instalação da sociedade capitalista e o surgimento da sociologia;

E)o movimento sindical foi influenciado pela sociologia assim como os sociólogos atuam nesse movimento no século XIX.

Alternativa D

Tranformações do capitalismo no século XVIII - 1o. bimestre

1: No início da Revolução Industrial o trabalho infantil foi utilizado com grande intensidade pelos capitalistas por quê:

A) apelava para o ideal de homem ativo e poupador

B) apelava para o dever do trabalho e o repúdio a ociosidade

C) orientava a criança para a disciplina, o esforço físico e o bem estar social

D) supunha, na criança, maior docilidade e obediência em virtude de sua fragilidade..

E) exigia dacriança a subsistência e a liberdade de ocupar o tempo livre

ALTERNATIVA D

2:ENADE 2004

"O homem se tornou lobo para o homem, porque a meta do desenvolvimento industrial está concentrada num objeto e não no ser humano. A tecnologia e a própria ciência não respeitam valores éticos e, por isso, não tiveram respeito algum com o humanismo, para a convivência e para o sentido mesmo da existência. Na própria política, o que contou no pós-guerra foi o êxito econômico e, muito pouco, a justiça social e o cultivo da verdadeira imagem do homem. Fomos vítimas da ganância e da máquina. Das cifras. E, assim, perdemos o sentido autêntico da confiança, da fé, do amor. As máquinas andaram por cima da plantinha sempre tenra da esperança. E foi o caos.

De acordo com o texto, pode-se afirmar que:

A) A industrialização, embora respeite os valores éticos, não visa o homem.

B) A confiança, a fé,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.7 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com