TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RELATORIO FISICA - LEI OHM

Por:   •  31/8/2016  •  Relatório de pesquisa  •  1.416 Palavras (6 Páginas)  •  1.016 Visualizações

Página 1 de 6

 PERGUNTAS EXPERIMENTO 1 :

  1.         No primeiro gráfico tem-se uma reta linear crescente, indicando que o resistor R3 do painel de acrílico estudado obedece a Lei de Ohm. Além disso, a declividade da reta é dada por a = V/i, representando o valor da resistência.
  2.         No resistor R3 o quociente entre d.d.p nele aplicada e a corrente elétrica passada por ele é uma constante chamada de Resistência Elétrica. Logo, a d.d.p e a corrente elétrica obedecem a uma proporcionalidade. Dessa forma, o resistor R3 é classificado como um resistor ôhmico.

3. Qual a principal característica de um resistor ôhmico?

        Um resistor ôhmico, segundo Serway A. et al (2004,p.771) , obedece a Lei de Ohm em que a corrente elétrica, em um condutor, é diretamente proporcional à diferença de potencial V aplicada. Logo, alterando-se a ddp (V) nas extremidades de um condutor altera-se a intensidade da corrente elétrica i, na qual as duas grandezas variam proporcionalmente. Portanto, o gráfico V versus i é uma linha reta, cuja inclinação é igual o valor da resistência elétrica do material.

         Ainda, Serway A. et al (2004) explica que na análise de um sistema onde a corrente elétrica i e a ddp (v) não variam proporcionalmente , tem-se um resistor não ôhmico. Isto é, o gráfico de V versus i não é uma reta e, portanto eles não obedecem à lei de Ôhm. Também, a unidade da resistência elétrica no Sistema Internacional de Unidades (SI) é Ohm (Ω)

4.No primeiro gráfico tem-se uma reta linear, enquanto no segundo tem-se uma curva, mostrando que no primeiro gráfico têm-se dados retirados de um resistor ôhmico, e no segundo têm-se dados retirados de um resistor não ôhmico.

Objetivo:

        O objetivo do experimento é verificar a lei de Ohm para um resistor e uma lâmpada, estudando a variação da ddp (V) em função da corrente elétrica (i). Além disso, o experimento também teve como objetivo a leitura pelo código de cores do resistor R3 do qual aponta o valor de sua resistência.

Introdução Teórica

        A lei de ohm, segundo Halliday; Resnick ;Walker, J. (2012,p. 143),descoberta e formulada por Georg Simon Ohm relaciona três grandezas elétricas principais (tensão elétrica, corrente elétrica e resistência elétrica) e demonstra como elas estão ligadas.

        Primeiramente, a tensão elétrica é a diferença de potencial entre dois pontos, ou seja, todo corpo que está eletrizado, recebeu ou cedeu elétrons. Logo, um corpo fica positivamente carregado (cedeu elétrons) enquanto o outro fica negativamente carregado (recebeu elétrons) ocasionando em um desequilíbrio entre os dois corpos. Dessa forma, esse desequilíbrio revela que ambos os corpos têm um potencial elétrico diferente, ou seja, existe uma diferença de potencial elétrica (d.d.p).

        Também, quando partículas eletricamente carregadas deixam de estar em equilíbrio eletrostático tem-se uma situação onde há deslocamento destas cargas para uma determinada direção e em um sentido, este deslocamento é chamado de corrente elétrica. Por ultimo, a resistência elétrica é a capacidade de um corpo qualquer se opor à passagem de corrente elétrica mesmo quando existe uma diferença de potencial aplicada.

        Portanto, a corrente elétrica é causada por uma diferença de potencial elétrico (d.d.p./tensão), enquanto a resistência elétrica oferece resistência á passagem da corrente.

        Desse modo, a descoberta da ligação entre essas três grandezas elétricas se deu por um experimento feito por Georg, na qual mostrou que a corrente elétrica, em um condutor, é diretamente proporcional a diferença de potencial V aplicada. Esta constante de proporcionalidade é a resistência R do material. Portanto, de acordo com os experimentos de Ohm, temos que:

V=IR        onde,

V:Tensão Elétrica (Volts)

I=Corrente Elétrica (A)

R=Resistência Elétrica (Ohm)

        Além disso, quando um condutor elétrico oferece resistência à passagem da corrente elétrica, este é denominado de resistor.

        Dessa forma, os resistores podem ser classificados em Resistores Ôhmicos e Resistores não Ôhmicos. O primeiro, de acordo Serway A. et al (2004,p.771),  obedece a Lei de Ohm em que a corrente elétrica, em um condutor, é diretamente proporcional à diferença de potencial V aplicada. Logo, alterando-se a ddp (V) nas extremidades de um condutor altera-se a intensidade da corrente elétrica i, na qual as duas grandezas variam proporcionalmente. Portanto, o gráfico V versus i é uma linha reta, cuja inclinação é igual o valor da resistência elétrica do material.

desenho

        Ainda, Serway A. et al (2004) explica que na análise de um sistema onde a corrente elétrica i e a d.d.p (v) não variam proporcionalmente , tem-se um resistor não ôhmico. Isto é, o gráfico de V versus i não é uma reta e, portanto eles não obedecem à lei de Ôhm.

,

Desenho

        Por fim,o valor da resistência de um resistor é escrito no seu exterior ou é feito por um código de cores. Representado na figura e tabela abaixo, as duas primeiras cores representam os dois primeiros dígitos no valor da resistência, a terceira cor representa a potência de 10 que o valor deve ser multiplicado, e a quarta cor é a tolerância no erro de fabricação. Por exemplo, um resitor cujas quatro cores são vermelhoverdelaranja e ouro têm uma resistência de 25.000 W ou 25 kW, com uma tolerância de 5%. Logo a resistência do resistor varia de 22,5 kW  a 27,5 kW.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.4 Kb)   pdf (267.3 Kb)   docx (1.3 Mb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com