TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

DNS, Rede Cliente/Servidor, UNICODE, ASCII e UTF-8

Por:   •  8/9/2015  •  Relatório de pesquisa  •  483 Palavras (2 Páginas)  •  648 Visualizações

Página 1 de 2

Relatorio 1 – Diego Jose Woida

Servidor DNS

DNS, do inglês Domain Name System (Sistema de Nomes de Domínios), funciona como um sistema de tradução de endereços IP para nomes de domínios. O DNS é o responsável por facilitar a navegação na internet, assim quando digitamos um endereço de algum site, exemplo www.google.com ele faz a tradução do nome do domínio para o endereço IP respectivo a esse site e direciona a navegação até o site.

[pic 1]

Existem diversos servidores DNS, cada provedor costuma disponibilizar um servidor DNS para seus clientes, além de ser possível montar seu próprio servidor apenas sendo necessário possuir um domínio registrado. Entre os servidores gratuitos disponíveis se destacam o Google Public DNS (8.8.8.8 e 8.8.4.4) e o OpenDNS (208.67.222.222 e 208.67.220.220), o Google Public DNS por possuir servidor no Brasil possui um tempo de resposta cinco vezes menor que o OpenDNS, logo ele acaba sendo a melhor escolhe para servidor DNS.


Cliente/Servidor

A característica do modelo cliente-servidor descreve a relação de programas numa aplicação. O componente de servidor fornece uma função ou serviço a um ou mais clientes, que iniciam os pedidos de serviço. No modelo web, o servidor fornece o código de execução, assim como os dados para o cliente, o browser é a interface do usuário logo o único software que o cliente necessita para utilizar o sistema é o browser, além do sistema operacional.

[pic 2]


UNICODE, ASCII e UTF-8

ASCII

É um padrão americano, o código ASCII define com precisão a correspondência entre códigos e caracteres do alfabeto, assim cada numero entre 0 e 127 representa uma letra, numero ou símbolo. Os códigos de 0 até 32 são controles, eles não são exibidos, mas tem funções especificas, por exemplo o código 10 pula uma linha. Porem como na língua inglesa não é utilizado acentuação, não possui um padrão para os caracteres com acentuação ou caracteres especiais de outras línguas como o espanhol, chinês, japonês.

[pic 3]

UNICODE

Em vez de utilizar apenas 127 códigos em decimal como o ASCII, o UNICODE utiliza de código hexadecimal para representa os caracteres do alfabeto. Com o UNICODE é possível representar todos os caracteres de diversos idiomas. Regularmente são adicionados novos caracteres.

[pic 4]

Na teoria o UNICODE é muito bom, mas na pratica mostra bem o contrario sendo difícil de manipula-lo e não sendo o padrão mais utilizado no mundo, outro problema com o UNICODE é o espaço utilizado para armazena qualquer palavra, em UNICODE são utilizado 2 bytes, duas vezes mais que o ASCII.

UTF-8

O UTF-8 reúne o melhor de dois mundos: a eficiência do ASCII e o âmbito do Unicode. Aliás, o UTF-8 foi adotado como padrão para codificação de arquivos XML. A maioria dos navegadores atuais também suportam o UTF-8 e o detectam, automaticamente, nas páginas HTML. O UTF-8 é completamente em ASCII e utiliza o UNICODE exclusivamente quando é um caractere especial. Diminuindo o espaço necessário pra armazenar uma palavra em relação ao UNICODE

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.1 Kb)   pdf (195.9 Kb)   docx (179.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com