TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

DENSIDADE DE MATERIAIS COM A PROPAGAÇÃO DE INCERTEZAS

Por:   •  28/7/2016  •  Relatório de pesquisa  •  958 Palavras (4 Páginas)  •  312 Visualizações

Página 1 de 4

[pic 1]

 

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ

RELATORIO DE FISICA I

        DENSIDADE DE MATERIAIS COM A PROPAGAÇÃO DE INCERTEZAS

ILHÉUS – BAHIA

Junho de 2016

[pic 2]

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ

DCET – Departamento de Ciências Exatas e Tecnológicas

CET054 – Física I

DENSIDADE DE MATERIAIS COM A PROPAGAÇÃO DE INCERTEZAS

                                                                       

Relatório solicitado pela professora Agnes Maria de Fonseca Fausto para fins avaliativos da disciplina Física I, realizado pelos alunos Cristiane Leal e Adriel Luka.                              

ILHÉUS – BAHIA

Junho de 2016

  1. MATERIAIS E MÉTODOS

1.1 – Materiais

  • Paquímetro (tipo universal, fabricante DIGIMESS, a menor divisão é de 0,05mm no nônio)
  • Cilindro de metal
  • Balança semi-analítica (fabricante MARTE, modelo MK6) (limite de resolução 0,1g)

1.2 – Método

          Foi selecionado um cilindro de material até então desconhecido, após essa seleção foi utilizado um paquímetro para realizar as medidas do diâmetro e da altura, foram medidas dez vezes o diâmetro do cilindro com o intuito de analisar as variações. Em seguida a massa do cilindro foi em uma balança semi analítica.   As medidas foram feitas cuidadosamente, e as análises ao utilizar o paquímetro foram observadas tomando o cuidado com o erro de paralaxe, tal erro foi evitado olhando as medidas de frente e na direção dos olhos. Os resultados foram todos anotados para em seguida realizar os cálculos de densidade dos cilindros. A partir dos dados coletados, foram calculados o volume (, onde R é o raio do cilindro que pode ser encontra segundo a formula: ; e h é a sua altura) e densidade (, onde m é a massa e V o volume do cilindro), do cilindro. Já com o cálculo do volume e da densidade do cilindro, pode-se calcular e encontrar o resultado da densidade e sua incerteza , onde  é a incerteza da densidade), que é o objetivo do relatório. A incerteza da densidade é dada por: , realizando-se as derivadas parciais chega-se na seguinte formula: onde  é a incerteza da massa; e  é a incerteza do volume. A incerteza do volume é dada por , que também ao realizar as derivadas parciais chega-se na seguinte formula:  onde  é a incerteza do raio; e  é a incerteza da altura. Como são medidas diretas as incertezas da altura, do raio e da massa foram calculadas a partir da media , seguida pelo desvio padrão , o desvio padrão médio   e a partir da obtenção desses resultados foi possível calcular as incertezas    .[pic 3][pic 4][pic 5][pic 6][pic 7][pic 8][pic 9][pic 10][pic 11][pic 12][pic 13][pic 14][pic 15][pic 16][pic 17][pic 18][pic 19]

[pic 20][pic 21]

  1. RESULTADOS E DISCUSSÕES

MEDIDAS DO CILINDRO

Tabela 3.1 – Raio, altura e massa do cilindro de metal.

RAIO (em mm)

ALTURA (em mm)

MASSA (em g)

        4,6 milímetros

50,25 milímetros

               32,1g

  4,625 milímetros

50,25 milímetros

     32,1g

        4,6 milímetros

50,25 milímetros

    32,1g

        4,6 milímetros

50,25 milímetros

32,1g

        4,6 milímetros

50,25 milímetros

32,1g

  4,625 milímetros

50,25 milímetros

32,1g

        4,65 milímetros

50,25 milímetros

32,1g

       4,625 milímetros

50,25 milímetros

32,1g

       4,65 milímetros

50,25 milímetros

32,1g

       4,65 milímetros

50,25 milímetros

32,1g

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.5 Kb)   pdf (310.7 Kb)   docx (175.9 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com