TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Relatório de Determinação de Ácido Acético em Vinagre

Trabalho acadêmico: Relatório de Determinação de Ácido Acético em Vinagre. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  24/9/2013  •  Trabalho acadêmico  •  2.203 Palavras (9 Páginas)  •  649 Visualizações

Página 1 de 9

Relatório de Determinação de Ácido Acético em Vinagre

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM BIOCOMBUSTÍVEIS - Noturno

Disciplina: Química Geral

Professor: Dr. Renato Roveratti

Faculdade de Tecnologia de Piracicaba - FATEC

Alunos:

Alessandro Rafael Oliva de Lima

Arquimedes Ortiz Jr.

Denis Eduardo Miranda Jardim

Raphael Celidonio Ribeiro

Robinson Paschoaloto

Marcos Cláudio de Almeida

ESTADO DE SÃO PAULO

PIRACICABA, DEZEMBRO DE 2010

RESUMO

Nesse experimento procurou-se determinar o teor de ácido acético encontrado em uma amostra de vinagre comum comercial, adquirido em supermercado. Vale ressaltar que a escala de medida no final será expressa em porcentagem. Pela razão do ácido acético ser um ácido fraco (Ka = 1,753 x 10-5 ), foi utilizada a técnica de titulação com uma solução padronizada de NaOH (Hidróxido de sódio) base forte, usando fenolftaleína como indicador. Alguns conhecimentos serão abordados a fim de estabelecermos uma ponte ao resultado final, tais como, concentração molar e estequiometria das reações envolvidas.

PALAVRAS- CHAVE:

Titulação, mol, vinagre, ácido acético.

1. INTRODUÇÃO

De um modo geral análise química pode ser definida como um processo que fornece informações químicas ou físicas sobre uma amostra ou sobre a amostra. Existem diversas técnicas para tanto, normalmente referindo-se a técnicas em via úmida e instrumental.

Análise química então é o conjunto de técnicas de laboratório utilizadas na identificação das espécies químicas envolvidas em uma reação, como também a quantidade dessas espécies,podendo ser realizadas de três diferentes formas: quantitativamente, qualitativamente ou apenas imediata.

Análise imediata: consiste em isolar as espécies que constituem o material, esse isolamento pode ser feito manualmente. Por exemplo, se queremos analisar uma amostra sólida e esta estiver inserida em um meio líquido, é preciso retirar este sólido do meio aquoso;

Análise qualitativa: essa etapa identifica a composição do material, é preciso instrumentos apropriados para executar este procedimento. O resultado neste caso pode ser obtido pela mistura de outro componente à mistura;

Análise quantitativa: é a análise mais criteriosa, além de saber do que se trata o material ainda é preciso saber a quantidade do componente em questão dentro da amostra.

No experimento que realizamos foi utilizada a “titulação ácido-base”. Através dela é possível determinar a quantidade de uma substância ácida ou básica presente em uma amostra. O objetivo da titulação de uma solução ácida com uma solução básica é a determinação da quantidade exata de base que é quimicamente equivalente à quantidade de ácido presente. O ponto em que isso ocorre é o ponto de equivalência. A solução resultante contém o sal correspondente. (VOGEL, Arthur I.,1992).

O ácido acético (CH3COOH) é um ácido fraco (Ka = 1,753 x 10-5), monoprótico, ele é amplamente usado em química industrial na forma de ácido acético glacial 99,8% (m/m) (densidade de 1,051gcm-3) ou em soluções de diferentes concentrações, cuja concentração pode ser determinada facilmente por titulação com uma solução de base forte, usando fenolftaleína como indicador, pois sua viragem acontece em um intervalo de pH: 8,3 a 10. Utilizando hidróxido de sódio como a base forte, a reação que se processa na titulação é:

CH3COOH (aq) + NaOH (aq)  CH3COONa (aq) + H2O (l)

A acidez do vinagre comercial corresponde ao teor de ácido acético, que é seu componente mais importante da oxidação do álcool no processo de acetificação. O vinagre para consumo deve ter entre 4% e 6% (m/v) de ácido acético. A legislação brasileira estabelece em 4% o teor mínimo de ácido acético para o vinagre comercial.

O “vinagre de álcool” distribuído comercialmente em sua essência é basicamente uma solução de ácido acético diluído (com menores quantidades de outros componentes) e, é produzido pela oxidação bacteriana aeróbica (do gênero Acetobacter) do álcool etílico a ácido acético diluído, conforme indicado nas reações a seguir:

1ª Reação:

2CH3CH2OH + O2 2CH3CHO + 2H2O

2ª Reação:

2CH3CHO + O2 2CH3COOH

2. MATERIAIS E MÉTODO

2.1. Reagentes e Soluções:

• Amostra de vinagre (preparada solução a 10 % (V/V);

• Hidróxido de sódio P.A em micropérolas;

• Solução de NaOH 0,1 mol L-1;

• Água destilada;

• Solução indicadora de fenolftaleína 1% alcoólica;

2.2. Materiais e Equipamentos:

• Pipeta volumétrica de 10 ml e de 5 ml;

• Balão volumétrico de 100 ml e de 250 ml;

• Béquer de vidro de 50 mL e béquer de plástico de 100 ml;

• Erlenmeyer de 250 ml;

• Bureta

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11.3 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com