TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Desafio Profissional de Contabilidade Avançada II Ciências Contábeis 8ª série

Por:   •  21/11/2016  •  Trabalho acadêmico  •  3.704 Palavras (15 Páginas)  •  657 Visualizações

Página 1 de 15

[pic 1]

UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP

POLO GUAÍRA – TURMA N-70

BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

DESAFIO PROFISSIONAL DE CONTABILIDADE AVANÇADA II

GUAÍRA – PR

2016

ALUNO: HÉCKZON ANTÔNIO MONTEIRO DE OLIVEIRA

Desafio Profissional da Anhanguera – Polo de Apoio Presencial de Guaíra - PR relativo à Contabilidade Avançada II – Tutor à distância Profa. Wagner Luiz Vilalva.

GUAÍRA – PR

NOVEMBRO

2016

Resumo

O nosso Desafio Profissional deste semestre tem como conceituarmos no Primeiro Passo o Sistema Financeiro Nacional e sua importância no Mercado Financeiro, abordando em seguidas conceituando sobre os Agentes Financeiros. No Segundo Passo trataremos sobre Controladoria e os Sistemas de Informação, com uma resolução de caso do Banco Pan-americano. No Terceiro Passo Trataremos sobre Perícias Judiciais, destacando a sua importância em ações judiciais. E no Quarto e Ultimo Passo definiremos o que é Auditoria Interna e Externa e seu papel fundamental nas empresas para detectar possíveis fraudes e falhas nas empresas.

Palavras-Chaves: Sistema Financeiro Nacional, Perícias Judiciais, Auditoria e Controladoria.

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ............................................................................................. 05

DESENVOLVIMENTO

PASSO 1 ........................................................................................................ 06

PASSO 2 .........................................................................................................09

PASSO 3 .........................................................................................................12

PASSO 4 .........................................................................................................13

CONCLUSÃO ................................................................................................17

REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS ...........................................................18


INTRODUÇÃO

Antigamente no inicio da humanidade as pessoas, devido à ausência de dinheiro elas conseguiam outros produtos com a pratica de escambo que era prática de um produto pelo outro. Com surgimento das primeiras moedas houve então a necessidade desenvolver uma atividade comercial, com surgimento das moedas houve, facilitação de um conjunto de recursos determinados de agentes económicos, indivíduos, famílias, empresas possa ser encaminhados para outros agentes que assim necessitarem (investimento). Com essa operação, por um lado, permitiu que os recursos tivessem rendimentos futuros e, Com isso houve iniciativas de investimento e empreendedorismo.  Nascem então os primeiros sinais de uma economia rudimentar, Surgindo logo após aquilo que conhecemos por Sistema Financeiro.

DESENVOLVIMENTO

PASSO 1

Sistema Financeiro Nacional ou SFN é a unão de órgãos e instituições financeiras, que são responsáveis pela a gestão da política monetária de um determinado governo. Constitui o Sistema Financeiro, instituições governamentais, privadas com ligação direta ao mercado de capitais, com tudo, podem ser ou não prestadoras de serviços financeiros.

A sua principal finalidade é transferir recursos para poupadores ou também conhecido como investidores ou também conhecidos em inglês como stakeholders, assim para que haja então um  setor produtivo ou para o setor de consumo. Constitui-se na sua estrutura por mercados onde há vários agentes com grande transferência de capitais num movimento de operações de compra, venda e também de troca de ativos financeiros, por inúmeras instituições financeiras e pelos órgãos que regulam o sistema. 

GRÁFICO DO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL

[pic 2]

Fonte: Adaptado Bordin

Dentro do sistema financeiro nacional existem figuras importantes como dos agentes económicos que são todos os indivíduos, sejam elas instituições ou ate mesmo um conjunto de instituições que, por meio de suas decisões ou ações, tomadas de forma racional, interferem no cenário económico. Apesar de disporem de funções das mais diferenciadas na cena económica, seja na produção de produtos, no consumo ou até mesmo em investimento, estabelecerem relações económicas fundamentais para mercado. Entre os principais agentes destacamos:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (26.7 Kb)   pdf (283.3 Kb)   docx (50.1 Kb)  
Continuar por mais 14 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com