TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATPS de Economia: Setor Engenharia Civil, Micro e Pequenas empresas de Blocos de Concreto e Similares

Por:   •  21/5/2014  •  Seminário  •  2.700 Palavras (11 Páginas)  •  207 Visualizações

Página 1 de 11

ATPS DE ECONOMIA: Setor Engenharia Civil, Micro e Pequenas empresas de Blocos de Concreto e Similares.

PIRACICABA

2013

FACULDADE ANHANGUERA DE PIRACICABA¬¬

ADMINISTRAÇÃO

ECONOMIA

CINTIA CAIXETA DOS SANTOS – 6489305577

FERNANDO GOMES JUNIOR – 6822434340

LETÍCIA ROBERTA SEMMLER – 6818454144

ATPS DE ECONOMIA: Setor Engenharia Civil, Micro e Pequenas empresas de Blocos de Concreto e Similares.

Trabalho apresentado, para composição parcial da média do 2º bimestre para a disciplina de Economia, sob a orientação da profª. Carla Andreia Germano.

PIRACICABA

2013

SUMÁRIO

1. Introdução 3

2. Desenvolvimento (Etapas) ......................................................................................... 4

3. Conclusão ................................................................................................................. xx

4. Referências bibliográficas ...................................................................................... xx

Introdução

Abrir uma empresa nos dias atuais está cada vez mais difícil. Julgar-se um bom empreendedor ou administrador não é tudo para se ter uma empresa de sucesso, na qual não se sabe ao certo sobre seu mercado e economia, com isso faz com que a empresa feche em menos de 5 anos.

É necessário antes de abrir a empresa, fazer uma pesquisa sobre mercado, clientes, demanda e os concorrentes. Saber o local onde vai abrir a empresa, e tomar cuidado no que se refere aos custos, da produção de um produto ou na prestação de serviços e até mesmo no custo final do produto ou serviços prestados, para que se não tenha prejuízos.

Com o decorrer do trabalho escrito, terá como base, uma empresa de blocos de concreto, sua formação, pesquisa, resultados e custos.

OBJETIVO

Os grandes eventos desportivos, Copa do Mundo FIFA 2014 e Olimpíadas de 2016, têm atraído para o Brasil um grande fluxo de recursos. Estima-se que só com a Copa de 2014, a economia do país terá um incremento de R$ 183 bilhões até 2019. Merece destaque a participação da construção civil na absorção destes investimentos. Além de estádios e demais instalações para os jogos também são elevados os montantes investidos em infraestrutura de transporte, saneamento, entre outros, somando um montante de R$ 33 bilhões.

As melhores oportunidades para as micros e pequenas empresas estão no fornecimento de produtos e serviços aos parceiros dos grandes consórcios inserindo-se na cadeia de fornecimento das obras estruturadoras dos grandes eventos esportivos que se avizinham.

A falta de capacidade de atendimento das médias e grandes empresas tem provocado o deslocamento da demanda para as pequenas empresas locais. Este movimento também se configura como uma oportunidade para ampliar a participação de mercado e fidelizar clientes no setor de produção de blocos de concreto e similares.

Muitas pequenas empresas do segmento têm acessado oportunidades quando se associam a outras empresas. Em conjunto, essas empresas diminuem a necessidade de investimentos em capacidade produtiva e conseguem atender as demandas geradas pelos grandes eventos esportivos.

DEMANDAS

• Principais demandas: Os grandes investimentos realizados em infraestrutura têm demandado uma extensa gama de artefatos pré-moldados produzidos em concreto. O principal produto

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.1 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com