TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

DISCIPLINA: ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS NÃO GOVERNAMENTAIS

Por:   •  8/10/2019  •  Trabalho acadêmico  •  485 Palavras (2 Páginas)  •  6 Visualizações

Página 1 de 2

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ[pic 1]

CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

DISCIPLINA: ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS NÃO GOVERNAMENTAIS

ATIVIDADE CURRICULAR M1

  1. Disserte criticamente sobre as duas formas de atuação das OINGs

As OING’s são reconhecidas internacionalmente por sua atuação em diversas áreas, tais como: humanitário, político, científico, econômicos-sociais, esportivos ou ecológicos. Para atingir os seus objetivos, as OINGs podem atuar em duas formas: a) por meio de pressão, influenciando os governos nacionais na sua postura adotada em negociações internacionais; b) por intermédio de presença ativa como observadoras cadastradas no sistema da ONU, e assim influenciando delegações governamentais.

Na primeira forma de atuação, as OINGs são muito perseverantes em exigir dos governos ações mais conscientes, tanto no âmbito nacional quanto no âmbito internacional, onde exigem principalmente o respeito aos direitos humanos e ambientais. Podemos tomar como exemplo a Anistia Internacional, uma OING que defende os direitos humanos através de campanhas e ações.

Já na segunda forma de atuação, as OINGS têm uma participação mais ativa através de parceria com a ONU. De acordo com a autora, além de terem um papel consultivo em diversas agências da ONU, as OINGs também atuam fornecendo assistência humanitária, pessoal especializado, informação local, voz para os povos sem representação, além de fiscalizar o cumprimento, por parte dos governos, de tratados internacionais[1].

Esta cooperação pode adotar várias formas: pode ser formal ou informal; operativa e orientada à ação ou mais centralizada na realização de políticas. Além da cooperação direta com a ONU, as OINGs também atuam com a promoção de campanhas internacionais que influenciam na elaboração de políticas globais. O papel das OINGs tem aumentado cada vez mais na ONU, onde cumprem o seu objetivo de defesa das suas causas mantendo-as sob visão dos Estados membros, dos órgãos, comissões e comitês.

  1. Disserte sobre a opinião da autora acerca das OINGs

A autora cumpre o objetivo de seu artigo ao trazer o conceito de Organização Internacional Não Governamental através das suas principais características e esclarecendo os aspectos legais das formas de atuação. Com uma linguagem clara, é demonstrado a importância das OINGs em nosso cenário internacional, sendo através de pressão dos governos nacionais ou diretamente na ONU.

Apesar de não existir um número exato de OINGs nacionais existente, é possível saber quantas OINGs possuem status consultivo junto a ONU, sendo elas apenas 12. Mesmo com uma parcela pequena de OINGs, a participação brasileira nas últimas grandes Conferências da ONU têm sido ampla, e também se destacam na execução de programas junto aos organismos especializados da ONU.

Uma das características fundamentais das OINGs é a participação de cidadãos de diversos países. Através das OINGs, o indivíduo tem oportunidade de ter uma voz mais ativa nas negociações entre Estados e além disso reflete a ideia de uma sociedade cosmopolita, capaz de operar em busca de um bem supremo onde não existem barreiras geográficas.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.4 Kb)   pdf (80.9 Kb)   docx (20.9 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com