TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Analise Do Filme O Sorriso De Monalisa

Trabalho Universitário: Analise Do Filme O Sorriso De Monalisa. Pesquise 860.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  18/9/2014  •  465 Palavras (2 Páginas)  •  1.412 Visualizações

Página 1 de 2

“O Sorriso de Mona Lisa”, dirigido por Mike Newell, retrata os padrões e costumes do início da década de 1950, onde é apresentada no contexto a escola tradicional feminina “Wellesley College” dos Estados Unidos da América. No filme são relatadas as dificuldades que existia por todos aqueles que decidiam infringir as regras estabelecidas da época.

No filme, a personagem Katharine Watson, interpretada pela atriz Julia Roberts, passa a dar aula de Arte para uma das mais renomadas escolas liberais de mulheres estadunidenses do país, “Wellesley College”, onde as mulheres recebem orientação para se transformarem em cultas esposas e responsáveis mães. Na primeira aula, a professora Katharine se espanta ao notar o quanto as alunas estão preparadas pelo rigoroso ensino, sabendo detalhadamente de todo o programa de aula. Com isso, desconfortável com a situação, a professora decide então buscar novos métodos para ensinar o conceito de Arte Moderna, expondo imagens simples e completamente fora dos padrões da escola. Ao decorrer da história, a professora tenta passar uma nova visão de vida para as alunas, dizendo não ser necessário ficar a vida inteira dentro de casa, e que, elas assim como os homens têm o direito de trabalhar e ao mesmo tempo constituir uma família.

Nos anos 50, o modo de pensar da sociedade era totalmente diferente, pois ainda havia aquele conceito de que trabalho era propriamente do homem, e que a mulher tinha a única função de cuidar dos filhos. Isso era um desejo para muitas, visto que todos valorizavam aquelas que se casassem e se tornassem donas-de-casa.

Acaba sendo hipotético criticar algumas atitudes de certo período voltado somente aos olhos dos dias de hoje. Já que, se fomos analisar nos anos 50 tudo isto era normal e não existia um conceito estabelecido de que a mulher também poderia exercer a função do homem, isto é, trabalhar. As mães e pais, por exemplo, não gostariam de ver suas filhas se divorciando, e ao invés de constituir uma família pensarem na possibilidade em trabalhar. Percebe-se que era uma imagem boa e de grande valor na época, e por grande parte nem passava pela cabeça das mulheres em optar por novas opções.

Sabendo que foi baseado numa época de padrões diferentes, o filme tenta trazer o questionamento do certo e errado, porém é de extrema importância reconhecer este período de emancipação feminina e não julgarmos as pessoas naquela época por pensarem ou agirem de tal modo. O interessante é que o filme tenta passar que não basta apenas reproduzirmos o conhecimento, mas sim, tornarmos produtores de nós mesmo e sermos capazes de desenvolver o senso crítico.

Referencias bibliográficas: O filme foi assistido no seguinte link: http://pt.fulltv.tv/mona-lisa-smile.html

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.8 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com