TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Importância Dos Aspectos Climáticos E Seus Elementos Como Fonte De Energia Renováveis

Por:   •  25/3/2013  •  799 Palavras (4 Páginas)  •  1.200 Visualizações

Página 1 de 4

O Homem ao longo dos tempos foi modificando seu modo de se relacionar com o meio ambiente, primeiro este vivia como os outros animais, ou seja, se alimentava para sobreviver e fazia parte da cadeia alimentar imposta pela Natureza. Em um segundo momento a necessidade de viver em sociedade ocasionou mudanças culturais fundamentais para a nova forma de relacionamento do Homem e seu ambiente, a agricultura ganhou força como forma de manutenção alimentícia desta sociedade, ainda intitulada de agricultura de subsistência. Mais adiante percebemos que com o surgimento da pólvora e da bússola, as grandes navegações incentivaram a humanidade a conhecer com maior propriedade o seu planeta e a explorá-lo de maneira mais mesquinha visando desenvolver nações e suas riquezas a todo custo. A exploração dos recursos naturais de “outras terras” demonstrou o poder de degradação que o Homem possuía. Mais tarde, com a Revolução Francesa e a Revolução Industrial, surgem necessidades voltadas para a exploração inconsciente de matéria-prima para produção em larga escalar, pois o Capitalismo emerge como fonte de riqueza para os países. A necessidade de se criar fontes de energia (principalmente o petróleo) acarreta em mudanças climáticas que providenciam alterações no Globo ao longo dos últimos 100 anos.

Desta forma, o Homem foi “evoluindo” as custas da destruição de seu ambiente e acabou sem perceber que é escravo de seu próprio sistema e que o combustível são os recursos naturais de nosso planeta. O problema é que as conseqüências de toda a “irracionalidade” podem gerar catástrofes ambientais e transformações que inibirão a vida do Homem no planeta Terra.

A idéia deste trabalho é tratar dos aspectos climáticos e seus elementos como solução de energia limpa para harmonizar a interação entre Humanidade e Planeta.

Através de estudos climáticos percebemos que a temperatura média da Terra vem aumentando significativamente ao longo das últimas décadas, o que traz uma preocupação e gera dúvidas com relação ao futuro do nosso planeta. Nesta perspectiva, muito se tem discutido para que os principais meios de poluição (atmosférica, rios e mares) sofram uma drástica redução a fim de retroceder ou inicialmente não aumentar os problemas gerados em torno das alterações climáticas e suas consequências ao Globo Terrestre.

A emissão de gases como o CO², CO, CFCs por meio de queimadas intermináveis em grandes florestas, petróleo, indústrias químicas, petroquímicas, etc. tem oferecido situações de risco com relação a poluição do ar, rios e mares, além do desmatamento. Sabemos que os oceanos, por exemplo, absorvem hoje 40% de todo o CO² da atmosfera, mas estes possuem um limite que vem sido ignorado pelos países (principalmente os desenvolvidos que são os maiores responsáveis pela emissão de gases). Somamos ainda a consequência do buraco na Camada de Ozônio que protege o planeta de raios solares nocivos aos seres vivos e o Efeito Estufa que influência diretamente o aumento de temperatura.

Levando em consideração o acima descrito, todos as fontes poluídas integram diretamente o funcionamento climático do planeta. Sendo assim, o homem precisa equacionar este problema e trabalhar de maneira a não interferir nestes elementos que participam constantemente na manutenção do clima. Para isso, a ideia de gerar novas fontes de energia renováveis utilizando a partir dos elementos que integram o clima passam a ganhar força na última década. As mais disseminadas são a energia eólica, hidráulica e solar. Mas ainda há algumas outras fontes utilizadas no mar como a ondomotriz (ondas marítimas, utilizadas na Inglaterra por exemplo), correntes marítimas (a Escócia

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.9 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com