TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Atps Mecanica Geral

Por:   •  31/3/2014  •  988 Palavras (4 Páginas)  •  316 Visualizações

Página 1 de 4

Etapa nº 1

PASSO 1

Pesquisar sobre as estruturas e montagens dos guindastes fixos utilizados para içar objetos e

materiais de construções. Listar fatores importantes para que possa existir o bom

funcionamento de um guindaste e condições de equilíbrio levando em consideração:

Os elementos que constituem a maioria das gruas fixa que são utilizadas no mundo são:

a) base;

b) elemento de torre base;

c) elemento de torre;

d) gaiola de telescopagem;

e) pivô;

f) elemento cabine;

g) cabine;

h) ponta da torre;

i) contra-lança;

j) contrapeso da contra-lança;

k) tirantes;

l) lança;

m) carrinho da lança;

n) moitão de carga;

o) sistema operacional;

p) estaiamentos;

q) lâmpada piloto.

Figura 02 – A Figura 02 ilustra uma grua de torre fixa e todos os seus elementos (Fonte: Scigliano 2008 – Manual de Utilização de Gruas)

A Base da grua é a peça do equipamento que a sua estrutura é fixada ao solo. Essa fixação, em geral, é feita utilizando-se de chumadores e sapatas. Os chumbadores são inseridos em bloco de concreto armado. As sapatas são fixadas nos chumbadores por meio de porcas metálicas, fazendo a solidarização da torre base à estrutura de sustentação.

Elemento de Torre Base é uma estrutura metálica, treliçada, modulada e de seção retangular, constituída de vários elementos, que é fixada à sapata, fazendo a ligação da torre da grua com a sua base. Geralmente, esses elementos possuem altura variável entre 2 e 6 metros e seções variando entre 0,8m x 0,8m à 2m x 2m. As dimensões dos elementos são determinadas em função da capacidade de carga da grua.

Elemento de Torre são elementos iguais ao elemento de torre base, porém em vez de serem fixados à base, são fixados um sobre os outros, fazendo com que a grua varie sua altura, até chegar a altura de trabalho. Esses elementos são fixados entre si através de pinos ou parafusos. Suas dimensões e estrutura são as mesmas dos elementos de torre base.

Gaiola de Telescopagem é um sistema que permite a telescopagem da grua. A telescopagem da grua consiste na inserção de elementos à sua torre através de um orifício na gaiola, aumentando a sua altura. Esse orifício é gerado pelo deslizamento da gaiola de telescopagem sobre os elementos de torre, através de um sistema de êmbolo hidráulico ou cabos de aço tracionados.

O Pivô é uma estrutura metálica, rígida, constituída de engrenagens, que é responsável pelo movimento giratório da grua.

Elemento Cabine é um conjunto de elementos metálicos, estruturados, onde a cabine de comando da grua é fixada à torre. Nas gruas que não possuem cabine de comando, esse elemento é inexistente.

A Cabine é uma estrutura metálica, fechada, com visor de vidro laminado, temperado ou em policarbonato, que acomoda e protege o operador do equipamento contra intempéries naturais, como chuva ou sol. O sistema de comando da grua fica nessa cabine.

Ponta da Torre é a estrutura da grua que interliga a lança com a contra-lança. Essa ligação é feita através de tirantes de aço ou cabos de aço. Nas gruas do tipo Topless, essa estrutura é inexistente, pois a lança e contra-lança são interligadas, passando direto sobre a torre da cabine.

Contra-Lança é uma estrutura metálica, treliçada e reforçada, acoplada na parte posterior da torre da grua. A função da contra-lança é manter o equilíbrio da grua, pois é nela que os contra pesos são apoiados, mantendo a grua em equilíbrio durante a sua operação. Grande parte das gruas tem

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.3 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com