TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Augusto Conte

Trabalho Universitário: Augusto Conte. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  5/6/2013  •  1.118 Palavras (5 Páginas)  •  977 Visualizações

Página 1 de 5

Auguste conte e o positivismo

Augusto Comte nasceu em Montpellier, no dia 19 de janeiro de1798. Em 1807, aos nove anos de idade é internado no Liceu de Montpellier.

Auguste Comte fez seus primeiros estudos em Montpellier, sua cidade natal. Em Paris, ingressou na Escola Politécnica, mas com o fechamento temporário da escola, em 1816, voltou a Montpellier para continuar seus estudos na faculdade de medicina. No ano seguinte, voltou a estudar em Paris, mas foi expulso da Escola Politécnica, passando a realizar pequenos trabalhos para sobreviver. Ainda em 1817, tornou-se secretário do filósofo socialista Saint-Simon, que o apresentou ao mundo intelectual francês.

O Positivismo é uma corrente sociológica cujo precursor foi o francês Auguste Comte. Surgiu com o desenvolvimento sociológico do Iluminismo e das crises so-cial e moral do fim da Idade Média e do nascimento da socidade industrial. Propõe à existência humana valores completamente humanos, afastando-se radicalmente da teologia ou da metafísica.Assim, o Positivismo - na versão comteana - associa uma interpretação das ciências e uma classificação do conhecimento a uma ética huma-na, desenvolvida na segunda fase da carreira de Comte.

A visão positiva dos fatos abandona a consideração das causas dos fenôme-nos (deus ou natureza) e torna-se pesquisa em suas leis, vistas como relações abs-tratas e constantes entre fenômenos observáveis. Tendo por método dois critérios, o histórico e o sistemático, outras ciências abstratas antes da Sociologia, segundo Comte, haviam atingido a positividade: a Matemática, Astronomia, a Física, a Quí-mica e a Biologa. Comte usaria da observação, da experimentação, da compara-ção, da classificação e da filiação histórica como método para a obtenção dos dados reais. O espírito positivo, segundo Comte, tem a Ciência como investigação do re-al. O Positivismo teve grande repercussão na segunda metade do século XIX, mas perdeu influência no século XX para outras correntes de pensamento.

O alicerce fundamental da obra comtiana é, indiscutivelmente, a "Lei dos Três Estados", tendo como precursores nessa idéia seminal os pensadores Condorcet e, antes dele, Turgot. Segundo o marquês de Condorcet, a humanidade avança de uma época bárbara e mística para outra civilizada e esclarecida, em melhoramentos contínuos e, em princípio, infindáveis - sendo essa marcha o que explicaria a mar-cha da história.

A partir da percepção do progresso humano, Comte formulou a Lei dos Três Estados. Observando a evolução das concepções intelectuais da humanidade, Comte percebeu que esta evolução passa por três estados teóricos diferentes: No primeiro, estado teológico ou fictício, os fatos observados são explicados pelo so-brenatural, ou seja, as idéias baseadas no sobrenatural são usadas como ciência. Ainda nesta fase, a sociedade se encontra em uma estrutura militar fundamentada na propriedade e na exploração do solo.

No segundo, estado metafísico ou abstrato , já se encontram as idéias natu-rais, mas ainda há a presença do sobrenatural nas ciências. A indústria já se ex-pandiu mas não totalmente, a sociedade já não é francamente militar. Pode-se dizer que este estado serve apenas de intermediário entre o primeiro e o terceiro.No ter-ceiro, estado científico ou positivo, em que ocorre o apogeu do que os dois anterio-res prepararam progressivamente. Neste, os fatos são explicados segundo leis ge-rais de ordem inteiramente positiva. A indústria torna-se preponderante, tendo como atividade única e permanente a produção.

Auguste Comte preocupou-se com a constituição de um sistema de valores adaptado à civilização industrial, que então começava valorizando o ser humano, a paz e a concórdia universal. Para desenvolver esse sistema procurou fundar a So-ciologia e, para tanto estudou as ciências "abstratas"..Já imerso na elaboração da doutrina do positivismo, Comte publicou em 1822 seu "Plano de trabalhos científicos necessários para reorganizar a sociedade". Dois anos mais tarde, rompeu com Sa-int-Simon, pois as doutrinas dos dois eram incompatíveis. Neste período casou-se com Caroline Massin, de quem se divorciaria em 1842.

Em 1826: Comte tenta o suicídio e foi internado numa clínica de saúde men-tal, para tratar-se de problemas psiquiátricos. Em 1830 iniciou a publicação de seu "Curso de Filosofia Positiva", que seria concluída doze anos mais tarde. Em 1844 publica o “Discurso

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.4 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com