TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Kassia Taynara

Pesquisas Acadêmicas: Kassia Taynara. Pesquise 860.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  14/9/2013  •  1.147 Palavras (5 Páginas)  •  397 Visualizações

Página 1 de 5

Teoria da Contabilidade

Passo 1

ATIVO

É o conjunto de bens, valores e créditos que formam o patrimônio de uma empresa ou de uma pessoa, que pode ser convertido em dinheiro, capazes de gerar benefícios econômicos futuros, originados de eventos ocorridos. Ou seja, é a essência contábil.

“...vontade que a avaliação represente a melhor quantificação possível dos potenciais de serviços que o ativo apresenta para a entidade.” (Iudicíbus).

Sendo assim, o ativo em uma empresa deve trazer consigo resultados que possam ser utilizados dentro do prazo de sua vida útil.

FORMAS DE AVALIAÇÃO DOS ATIVOS

Para atribuir um valor dentro do ativo, temos que analisar qual será o objetivo da empresa, como a aquisição de algo que se faz necessária, para manter a sua atividade ou mesmo para se desfazer de algo que não será mais útil para a empresa e para se saber atualmente o valor do patrimônio e para dispor seus produtos ou mercadorias à disposição de seus clientes.

Os Ativos são avaliados pelos valores de custos nas entradas e nas saídas.

VALORES DE ENTRADA: Ocorre quando a empresa compra (adquire) ativo necessário à manutenção de sua atividade.

VALORES DE SAÍDA: Ocorre na troca de bens, produtos ou mercadorias, convertidas em valores mobiliários, sendo assim, atribui valores aos bens que serão colocados à disposição dos interessados.

No Balanço Patrimonial o Ativo está dividido em:

Ativo Circulante: são classificados em bens e direitos que estão em constante circulação, dinheiro em caixa ou em bancos; são valores há receber no prazo máximo de um ano, ou seja, realizável a curto prazo, (duplicatas, estoques de mercadorias produzidas, etc.); aplicações de recursos em despesas do exercício seguinte.

Ativo Diferido: é composto pelas aplicações de recursos em despesas que contribuirão para a formação do resultado de exercícios futuros. O Ativo Diferido será avaliado pelo valor das despesas ou preço de custo, corrigido monetariamente, deduzido da amortização acumulada. Exemplo: Despesas de Organização.

Ativo Não Circulante: são classificadas todas as contas que representadas que representam a aplicação de recursos em direitos realizáveis a longo prazo, bem como em bens de uso e em bens imateriais. São divididos em alguns grupos: Ativo Realizável à Longo Prazo, Investimentos, Imobilizado e Intangível.

Ativo Intangível:

O Comitê de Pronunciamentos Contábeis Pronunciamentos Técnico n° 04/2008 define que o Ativo Intangível é um Ativo não monetário identificável sem substância física ou o ágio pago por expectativa de rentabilidade futura (goodwill), e que o valor residual de um ativo intangível é o valor estimado que uma entidade obteria com a venda do ativo, após deduzir as despesas estimadas de venda, caso o ativo já tivesse a idade e a condição esperadas para o fim de sua vida útil.

O Ativo Intangível contabiliza bens que não podem ser tocados, porque não possuem corpo físico, mas que podem gerar benefícios futuros para as empresas e a intangibilidade. Em termos práticos, como aquele que possui valor econômico, mas carece de substância física.

Também aponta metodologia baseada em premissas do valor contábil que reflete o valor econômico da organização. Por isso, este Ativo deve ser avaliado baseando-se nas dimensões humanistas, processuais, estruturais e ambientais, sob o foco passado-presente e presente-futuro, levando-se em conta as perspectivas interna e externa da empresa da qual ele se refere.

Alguns exemplos: patentes, marcas, direitos autorais, goodwill, e Capital Intelectual, entre outros.

Passo 2:

PASSIVO

O Passivo são as origens de recursos representados pelas obrigações para com terceiros, resultantes de eventos ocorridos que exigirão ativos para a sua liquidação, ou seja, corresponde ao saldo das obrigações devidas pela empresa. O Passivo um recurso controlado por uma entidade e um acontecimento passado e do qual se esperam que fluam benefícios econômicos no futuro, cuja liquidação se espera um ex-fluxo de recursos.

Para Hendriksen e Van Breda (1999, p. 287), “os passivos poderiam ser definidos como

obrigações ou compromissos de uma empresa no sentido de entregar dinheiro, bens ou

serviços a uma pessoa, empresa ou organização externa em alguma data futura”.

São exemplos de Passivo: Duplicatas a pagar, Salários a pagar, Aluguéis a pagar, Encargos sociais a pagar, Juros a pagar, Impostos a pagar.

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

O Patrimônio Líquido pode ser caracterizado pela diferença entre Ativo e Passivo, ou seja, é formado pelo grupo de contas que registra o valor contábil pertencente aos acionistas ou quotistas. Ele representa

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.8 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com