TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Mecanica Materiais

Por:   •  28/9/2013  •  2.124 Palavras (9 Páginas)  •  190 Visualizações

Página 1 de 9

Começando pelo começo

Introdução

Esta é a primeira aula do seu curso sobre materiais para a

indústria mecânica. E sabe por onde vamos começar? Pelo

começo, naturalmente! E onde está esse “começo”? Está no

próprio material, em uma coisinha bem pequenininha chamada

átomo.

O átomo, que não dá para a gente ver nem com um microscópio,

determina se o material é aço, plástico, madeira ou ar. Estabelece

a maneira como cada material se comporta na natureza e também

como ele “funciona” diante dos processos de fabricação e da

utilização do dia-a-dia.

O conhecimento dos fatores que governam as propriedades dos

materiais é importante para o profissional da indústria metalmecânica,

cuja função é produzir materiais e peças com propriedades

que atendam às mais diversas aplicações e solicitações de

uso.

Esses fatores estão relacionados com a estrutura geral do átomo

que, no final, diferencia um material do outro. Sabendo isso, é

possível prever o que vai acontecer quando um material é aquecido,

resfriado, dobrado, esticado, torcido, lixado, cortado. Ou

seja, tudo o que você faz quando quer fabricar qualquer coisa.

O assunto é fascinante. Parece até mágica, mas não é. São

apenas algumas leis da Química e da Física, trabalhando para a

gente. Fique ligado.

4

Um pouco de história e um pouco de química

Uma das coisas que torna o homem diferente dos outros animais

que vivem em nosso planeta é sua inteligência. E essa inteligência

gerou o inconformismo por não entender como as coisas

“funcionam” no universo. Por isso, desde muito cedo, ele começou

a pensar e fazer hipóteses sobre esse funcionamento, já que

não tinha instrumentos para comprovar suas teorias. A coisa mais

fascinante de tudo isso é que, muitas vezes, o homem acertou.

Uma das hipóteses mais importantes que esse passado nos

deixou, foi aquela feita por um grego chamado Demócrito. Ele

sugeriu que toda a matéria é composta de pequenas partículas

que ele chamou de átomos. Essa palavra grega quer dizer

“indivisível” e ele a usou porque achava que o átomo era tão

pequeno que não podia mesmo ser dividido.

Fique por dentro

Quando o átomo é dividido em partículas, ele libera grande

quantidade de energia. Foi esse conhecimento que permitiu a

criação da bomba atômica, cuja explosão é resultado de uma

divisão do átomo.

Hoje sabemos que os átomos são formados de várias partículas

ainda menores. Porém, esse conceito de indivisibilidade, vindo da

antigüidade grega, ainda é válido e se transformou na base da

Química moderna. E isso levou um bocado de tempo, porque foi

só em 1808 que o químico inglês, John Dalton, estabeleceu sua

Teoria Atômica. Em 1868, o russo Demitir Mendeleiev elaborou a

primeira classificação geral dos elementos. Esse trabalho deu

origem à tabela periódica que hoje conhecemos. Ele permitiu

prever as propriedades e descobrir elementos que Demitir e

cientistas

...

Baixar como (para membros premium)  txt (15.4 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com