TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Slump, Moldagem E Cura De Corpos-de-prova, Ensaio De Compressão

Dissertações: Slump, Moldagem E Cura De Corpos-de-prova, Ensaio De Compressão. Pesquise 790.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  20/8/2014  •  2.508 Palavras (11 Páginas)  •  2.175 Visualizações

Página 1 de 11

Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos

Departamento de Engenharia Civil

RELATÓRIO

Ensaio de determinação da consistência pelo abatimento do tronco de cone – Slump test (NBR NM 67/96), Moldagem e cura de corpos-de-prova (NBR 5738/2003) e Ensaio de compressão de corpos-de-prova cilíndricos (NBR 5739/2007)

COMPONENTES: RA:

Andriele Cristina Borges da Costa 518209

Bruno Henrique Bento 517548

Joelma Rocha Marques 517806

DISCIPLINA PROFESSOR

Compl. de Mat. de Construção Adhemar Watanuki Filho

Barretos/ 2012

1. Resumo

O ensaio de determinação da consistência pelo abatimento do tronco de cone ou slump test, normatizado pela NBR NM 67/96, é utilizado para determinar a consistência do concreto fresco através de seu assentamento. Através dos ensaios realizados foi possível conhecer a forma correta de realizar o slump test, processo que poderá contribuir ou não para o aceite de um concreto; foram montados também corpos-de-prova e realizado o ensaio de compressão de corpos-de-prova já existentes. O conhecimento obtido possibilitará um maior controle do concreto, trazendo assim, mais segurança e confiança à obra.

Palavras chaves: Slump test, compressão, concreto, corpo-de-prova.

2. Introdução

De acordo com Azevedo (2008), a principal propriedade do concreto antes de seu endurecimento é a trabalhabilidade. A trabalhabilidade determina o esforço para manipular, transportar, lançar e adensar o concreto sem perda mínima de homogeneidade.

Segundo Watanuki Filho (2012), a trabalhabilidade é composta por:

• Mobilidade/fluidez: que caracteriza a consistência, esta é a parte mensurável da plasticidade (Slump test);

• Coesão/homogeneidade: capacidade de manter a água na mistura (evitar exsudação);

• Manter os agregados distribuídos de maneira uniforme em toda massa;

• A água torna-se fator determinante para a definição do adensamento, pois, massas mais secas exigem uma energia de adensamento maior do que massas mais fluídas.

Ainda segundo Watanuki Filho (2012), os fatores que afetam a trabalhabilidade são:

• Quantidade de água/mistura seca;

• Para cada tipo de cimento existe uma relação água/cimento (a/c) que deve ser atendida para que a resistência mecânica seja mantida;

• A quantidade de água possui um limite que quando excedido influencia na trabalhabilidade;

Para medir a trabalhabilidade do concreto dispomos de vários métodos, um deles é o chamado “cone de Abrams” ou ensaio de abatimento do tronco de cone (Slump Test), que consiste em fazer como a criança que molda a areia em um balde, sobre uma base plana e medir o abatimento depois da desforma. (L’HERMITE, 1977)

De acordo com L’Hermite (1977), o número de centímetros do recalque, chamado abatimento, mede a plasticidade da mistura.

Este ensaio é simples e permite verificar a regularidade da quantidade de água adicionada ao concreto, bem como a quantidade de agregado miúdo ou areia adicionada. Mas não permite controlar a constância da dosagem. (L’HERMITE, 1977)

Quanto mais seco o concreto estiver, menor será o seu “abatimento”, devido ao seu nível de trabalhabilidade para ser moldado. E quanto mais fluído, maior será o valor de seu abatimento. (SULBRASILCONCRETO, 2012)

Segundo Yazigi (1997), há três tipos de abatimento a se considerar:

• Verdadeiro ou Real: o monte de concreto simplesmente diminui de altura, mantendo aproximadamente a sua forma;

• Cortado: o monte de concreto tomba para o lado;

• Colapso: o monte de concreto cede completamente.

Ainda de acordo com Yazigi (1997), tanto o abatimento verdadeiro como o cortado podem ocorrer com a mesma mistura, não se devendo porém compará-los entre si. O único abatimento que apresenta validade é o abatimento verdadeiro. Caso venha ocorrer um abatimento cortado, é necessário efetuar um novo teste. Caso se repita o corte, provavelmente isso será devido à composição da mistura ou à fôrma em que o teste foi realizado. Abatimentos cortados muito frequentemente sugerem um reestudo da dosagem na mistura. Os abatimentos cortados precisam ser medidos e marcados com observação, o mesmo ocorrendo com abatimentos em colapso.

Segundo Andolfato (2002), para evitar misturas com consistência seca ou muito fluida. Recomendam-se as faixas de abatimento apresentadas na Tabela 1, para as obras mais correntes.

Tabela 1 – Classificação das consistências do concreto

TIPOS DE CONSTRUÇÃO ABATIMENTO (mm)

Fundações, tubulões paredes grossas 30 a 100

Vigas, lajes, paredes finas 50 a 100

Pavimentos 30 a 50

Obras maciças 20 a 50

Já a principal propriedade do concreto endurecido é a sua resistência à compressão que tem por objetivo determinar a carga máxima que o concreto pode sofrer sem romper.

Segundo Lima; Barboza, Gomes (2003), outra importância de se determinar esta propriedade do concreto é a de se poder estimar o tempo necessário para a retirada das fôrmas, garantindo a segurança dos que trabalham na obra.

O ensaio utilizado para a determinação da resistência à compressão do concreto é o ensaio de rompimento dos corpos-de-prova, realizado por laboratório especializado para cada lote de concreto, obedecendo às recomendações da NBR 5739/2007. Os corpos-de-prova normalizados no Brasil são cilíndricos, sua moldagem obedece a NBR 5738/2003, tem a altura igual a duas vezes o diâmetro da base, cujo valor depende da dimensão máxima característica

...

Baixar como (para membros premium)  txt (17.1 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com