TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Angustia Da Vida Executiva

Por:   •  23/10/2014  •  313 Palavras (2 Páginas)  •  587 Visualizações

Página 1 de 2

Trabalho baseado no texto “A Angustia da Vida Executiva”, onde se coloca as claras a vida estressante que a maioria dos executivos leva. A vida executiva é tão desafiadora quanto qualquer outra profissão. Mas é preciso tomar cuidado para que os problemas da empresa não excedam as paredes do escritório. Pois os índices de insatisfação dos executivos no ambiente de trabalho devem-se às cobranças cada vez maiores e ao nível de estresse interminável devido às pressões que as empresas fazem na busca por resultados. Prazos curtos, empregabilidade instável, remuneração variável, baixa perspectiva da carreira, equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, preconceitos de todo tipo. Eis uma pequena lista de motivos. As contínuas frustrações de não conseguir conciliar o trabalho com a família, além do cumprimento dos planos pessoais, remuneração não compatível com a função, sobrecarga de trabalho devido ao enxugamento das estruturas organizacionais afetando diretamente a saúde dos profissionais com chamada doenças do comportamento. O estresse já trás, embutido, o peso da aflição, do desconforto, da opressão e da adversidade. A competição feroz entre os colegas, incentivada muitas vezes pelas empresas, a globalização, a exigência pela qualidade, produtividade, entre outros fatores, acabam afetando a forma de viver, afetando o equilíbrio físico, mental e psíquico. É necessário associar a qualidade de vida profissional à qualidade de vida pessoal, que é aquela em que o sujeito faz por si mesmo, na busca de uma boa alimentação, exercícios físicos, entre outros. Internamente, nas empresas, é necessário manter a busca contínua pela melhoria do clima organizacional, dar condições adequadas de trabalho, respeitar e ser respeitado profissionalmente, implantar melhorias e inovações gerenciais e tecnológicas, incentivar a relação saudável entre os profissionais e hierarquias, ter a informação circulando de forma horizontal e vertical e, principalmente, favorecer o bem-estar de forma prática, fazendo com que a empresa se torne um bem comum entre todos e não restrita a poucos.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com