TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Casos Concretos Ciência Política

Trabalho Escolar: Casos Concretos Ciência Política. Pesquise 804.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  12/6/2013  •  1.679 Palavras (7 Páginas)  •  1.468 Visualizações

Página 1 de 7

Caso concreto 1

Tema: Espaço social da palavra e complexidade do campo político

1) Qual o espaço social da palavra política ele se refere?

Resposta: O espaço politico e social que o texto se refere é a discussão, a reflexão e decisão sobre as politicas públicas educacionais.

2) A qual tipo de discurso político ele se refere? Justifique as suas respostas.

Resposta: O tipo de discurso é de esquerda. Na ocasião que o CIEPs foi implementado no Rio de Janeiro, o Brasil estava no fim da ditadura, sendo assim, os CIEPs representavam uma educação de qualidade, libertação com condição de proporcionar as crianças no desenvolvimento pleno de suas capacidades.

Caso concreto 2

Tema: Retórica

Leia, atentamente, o trecho do verbete “Retórica” de Rafael Mario Iorio Filho, e responda:

1) O que você entendeu por retórica?

Resposta: Retorica é a arte da palavra. Ela articula e organiza os recursos discursivos, no intuito de persuadir ou convencer um auditório de suas ideias ou proposições.

2) Qual é a importância da retórica para a política? Justifique as suas respostas.

Resposta: A importância da retorica para a política é fundamental, pois na disputa de poder entre os sujeitos políticos é esta técnica, ou melhor, o seu bom uso, que permitirá reconhecer e manipular as teses e estratégias no jogo pela busca de adesão e legitimidade.

Caso concreto 3

1- Leia com atenção as assertivas abaixo para responder sobre os contratualistas e pacto social

I – No estado de natureza, enquanto que alguns homens possam ser mais fortes ou mais inteligentes do que outros, nenhum se ergue tão acima dos demais por forma a estar além do medo de que outrohomem lhe possa fazer mal. Por isso, cada um de nós tem direito a tudo, e uma vez que todas as coisas são escassas, existe uma constante guerra de todos contra todos, a lei dos lobos. No entanto, os homens têm um desejo, que é também em interesse próprio, de acabar com a guerra, e por isso formam sociedades entrando numcontrato social.

II – Todos os homens nascem e são iguais por natureza. Usam a razão, um bem comum, para construir a sociedade, e dela partilhar os resultados. O Estado vem do direito natural, como o direito à vida, à liberdade, à propriedade. O Estado deve promulgar o bem estar geral. O governo não pode ser tirânico, nem patriarcal. A relação entre os indivíduos e o Estado é de confiança.

III – O contrato social não se tratava de um contrato estabelecido entre os indivíduos e sim de cada um consigo mesmo e que transformava cada indivíduo num cidadão.A principal cláusula deste contrato é a alienação total de cada associado, com todos os seus direitos, à comunidade.

a) De acordo com o exposto acima marque a sequência correta :

a) Thomas Hobbes; Rousseau e John Locke.

b) John Locke; Rousseau e Thomas Hobbes.

c) John Locke; Hobbes e Rousseau.

d) Thomas Hobbes, John Locke e Rousseau. (correta)

e) Rousseau, Hobbes e Locke

b) Diferencie o conceito de pacto social em obbes , Locke e Rousseau.

Resposta:

a) Hobbes funda-se na ideia de segurança, pois parte do pressuposto que o governante oferece proteção.

b) Locke considera que todos os homens nascem livres e iguais e vivem em sociedade para atingir o bem comum. Dessa forma confiam que o estado é um direito como a vida, a liberdade e os demais direitos naturais.

c) Russeau parte da ideia que um homem somente se realiza por meio da comunidade, para a qual cede a sua individualidade em favor dos interesses do coletivo.

Caso concreto 4

Tema: Estado para Max Weber

a) Analise a expressão "monopólio legítimo da força" utilizada por Weber para caracterizar o Estado.

Resposta: Segundo Weber, é o monopólio do uso legitimo da força física sobre todos os indivíduos que integram uma sociedade, ou seja, o estado é controlado e dominado no sentido efetivo da lei. Portanto, somente o Estado detém o poder e representa a forma máxima de organização humana, nenhum outro grupo tem o direito de exercer o Poder utilizando-se da força física, pois o Estado é o único que detém a legalidade.

Caso Concreto 5

Tema: Unidade política e soberania

a) É correto afirmar que as Ilhas Malvinas indicam a necessidade de continuidade geográfica do território do Estado a fim de possibilitar o exercício da Soberania?

Resposta: Segundo Jean Bodin, Soberania refere-se à “entidade que não conhece superior na ordem externa nem igual na ordem interna”. Portanto é correto afirmar pois para ter soberania deve haver território, que é definido entre outros por suas fronteiras geográficas e além delas o poder soberano é o poder supremo de um estado até o limite da constituição e dos outros estados.

Caso Concreto 6

Tema: Elementos constitutivos

a) Ocorreu alguma mudança importante na condição política da Cisplatina quando foi transformada em República? Analise a questão à luz dos elementos constitutivos do Estado.

Resposta: Sim, pois enquanto província era um território conquistado e explorado, ao se tornar republica, conquistou o reconhecimento pelos demais estados e o poder soberano. Passou a ter personalidade jurídica e soberania.

Caso Concreto 7 - Tema 1

Tema: República

a) Como o tema foi analisado pelo filósofo Aristóteles? O pensamento aristotélico

influenciou outros

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.9 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com