TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resolução Das Questões Do Livro-texto- Ciências Sociais Unidade I

Trabalho Universitário: Resolução Das Questões Do Livro-texto- Ciências Sociais Unidade I. Pesquise 794.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  26/3/2014  •  325 Palavras (2 Páginas)  •  517 Visualizações

Página 1 de 2

Resolução das questões do Livro-texto- Ciências Sociais

Unidade I

Exercício 2

Resposta correta: alternativa D.

Análise das alternativas:

A) Alternativa incorreta.

Justificativa: a afirmativa I está incorreta porque o Estado nem sempre é interlocutor da iniciativa privada, que

age a partir de suas próprias decisões. A afirmativa V, por sua vez, está incorreta porque Marx utiliza como

aspecto fundamental de suas reflexões a questão econômica da divisão de classes sociais entre trabalhadores

e detentores dos meios de produção. A partir dessa análise, o autor constrói reflexões históricas, políticas e

sociais. É interessante saber ainda que a dimensão política sempre esteve presente no pensamento de Marx.

B) Alternativa incorreta.

Justificativa: a resposta aponta a afirmativa V como correta.

C) Alternativa incorreta.

Justificativa: a resposta aponta a afirmativa I como correta.

D) Alternativa correta.

Justificativa: a afirmativa II está correta porque o papel do Estado contemporâneo é controverso no mundo atual.

Nos momentos de crise, ele é chamado para suportar as consequências econômicas e, quando a crise é

superada, é incentivado a se distanciar do mercado econômico para que a iniciativa privada tenha ampla

liberdade de ação. A afirmativa III também está correta porque a expectativa de trabalhadores e produtores é

diferente em relação ao papel do Estado. Os primeiros esperam leis que regulem a atividade do trabalho e

garantam melhor distribuição de renda, enquanto os produtores almejam um Estado mínimo que lhes permita

ampla liberdade de atividade econômica. Por fim, a afirmativa IV está certa porque Marx defende que uma

sociedade sem classes sociais não precisaria do Estado da forma como ele é concebido. A sociedade sem

classes teria os trabalhadores em todos os postos de governo e na produção econômica, portanto, a vontade e

a organização proposta por esses trabalhadores seria soberana, sem que fosse preciso um Estado para

organizar qualquer relação econômica ou política.

E) Alternativa incorreta.

Justificativa:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.2 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com