TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Canion Guartela, Tibagi - PR

Por:   •  1/7/2012  •  1.466 Palavras (6 Páginas)  •  809 Visualizações

Página 1 de 6

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO............................................................................................................01

FORMAS DE EROSÃO.................................................................................................02

PLANTAS NATIVAS E EXÓTICAS..................................................................................03

FORMAS DE RELEVO..................................................................................................03

DERRAME DE TRAPP..................................................................................................04

ARENITO VILA VELHA..................................................................................................04

ARENITO FURNAS.................................................................................................04/ 05

LIXIVIAÇÃO..................................................................................................................05

FISSURAS.....................................................................................................................05

BACIA HIDROGRÁFICA..................................................................................................05

PERFIL TOPOGRÁFICO..................................................................................................06

DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS.....................................................................................06

AREA PARTICULAR DENTRO DE UMA APA.....................................................................06

INTRODUÇÃO

Cânion Guartelá é um cânion brasileiro situado no planalto dos Campos Gerais, entre os municípios de Castro e Tibagi, no estado do Paraná. Considerado o 6° maior cânion do mundo em extensão, e o maior do Brasil. O Cânion é uma garganta retilínea com cerca de 30 km de extensão e seu desnível máximo é de 450 metros. Foi escavado pelo Rio Iapó, que banha o estado do Paraná; nasce no município de Piraí do Sul, passa pelo município de Castro e tem sua foz no município de Tibagi. Rio que pelo cânion consegue atravessar a Escarpa Devoniana, paredão que separa o primeiro do segundo planalto paranaense. Dentro do cânion está o Parque Estadual do Guartelá, criado em 1992. Formado por um ecossistema extremamente rico e inúmeras atrações naturais. São várias quedas d'água, corredeiras, formações areníticas, vales profundos e inscrições rupestres, que podem ser conhecidas através de várias trilhas em meio à flora e fauna muito diversificada. Apesar de estarem muito danificadas pela ação humana. O Cânion foi classificado como um dos sítios geológicos brasileiros, pela SIGEP, graças ao impressionante exemplo de cânion que corta os arenitos devonianos da Bacia do Paraná.

FORMAS DE EROSÃO

Erosão pluvial

A erosão pluvial é provocada pela retirada de material da parte superficial do solo pelas águas da chuva. Esta ação é acelerada quando a água encontra o solo desprotegido de vegetação. A primeira ação da chuva se dá através do impacto das gotas d'água sobre o solo. Este é capaz de provocar a desagregação dos torrões e agregados do solo, o que provoca a obstrução da porosidade do solo, aumentando o fluxo superficial e a erosão. A ação da erosão pluvial aumenta à medida que mais água da chuva se acumula no terreno, isto é, a retirada do solo se dá de cima para baixo, quando a água corre uniformemente pela superfície como um todo, transportando as partículas sem formar canais definidos. Apesar de ser uma forma mais amena de erosão, é responsável por grande prejuízo às terras agrícolas e por fornecer grande quantidade de sedimento que vai assorear rios, lagos e represas.

Erosão fluvial

A erosão fluvial acontece através do processo de desgaste do leito e das margens dos rios pelas suas águas. Este processo pode levar a alterações no curso do rio. O relevo resultante da sedimentação das rochas no processo de erosão é denominado Colúvio. A erosão das rochas pode gerar ravinas, voçorocas e deslizamentos de terra, no qual estes sedimentos são escoados para as partes mais baixas.

Produto das movimentações

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11.2 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com