TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O SINDROMDE DE TOURETTE.

Por:   •  12/2/2019  •  Trabalho acadêmico  •  1.224 Palavras (5 Páginas)  •  34 Visualizações

Página 1 de 5

SUMÁRIO

1 - INTRODUÇÃO...............................................................................................3

2 - SINDROMDE DE TOURETTE.......................................................................4

        2.1  -  Definição........................................................................................4

        2.2  -  Causas...........................................................................................5

3 - TRATAMENTO...............................................................................................6

4 - CONCLUSÃO.................................................................................................8

5 - REFERÊNCIAS..............................................................................................9


1 - INTRODUÇÃO

O presente trabalho é sobre a Síndrome de Tourette, que é um transtorno neuropsiquiátrico de curso crônico, cíclico e caracterizado pela presença de tiques motores e vocais, tendo sua idade de início geralmente na infância ou antes dos 18 anos, que causam limitação significativa ao funcionamento social ou ocupacional do paciente. Apresentaremos neste trabalho a definição, as causas, os sintomas da doença, o diagnóstico e os tratamentos indicados, inclusive o tratamento psicológico tanto para o paciente quanto para a família, pois essa síndrome acarreta diversos problemas psicológicos e sociais.

2 - DISTROFIA MUSCULAR PROGRESSIVA

2.1 - Definição

A síndrome de Tourette, também conhecida como síndrome de la Tourette (SGT ou ST), foi primeiramente descrita em 1825, pelo médico francês Jean Marc Gaspard Itard, responsável por diagnosticar a alteração patológica na Marquesa de Diampierre. Posteriormente, Gilles de la Tourette em 1884 apontou, em alguns pacientes, os sintomas da síndrome que nomeou maladie des tics convulsifs ("doença dos tiques convulsivos") e que Jean-Martin Charcot, um médico e cientista francês a renomearia para "doença de Gilles de Tourette" em sua honra.

A citada síndrome é um distúrbio neuropsiquiátrico caracterizado por tiques múltiplos, motores ou vocais, que persistem por mais de um ano e geralmente se instalam na infância.

Os tiques geralmente aparecem por volta dos sete anos, variando dos 2 aos 15 anos, o início das vocalizações surgirá por volta dos 11 anos. Os tiques da síndrome de Tourette, normalmente, surgem com espasmos musculares repetidos e sem finalidade, que evoluem para episódios mais complexos, como dizer determinadas palavras, fazer movimentos bruscos ou gritar, por exemplo.

Na grande maioria dos casos, a manifestação clínica inicial da doença são os tiques motores. Estes englobam piscar, franzir a testa, contrair a musculatura da face, balançar a cabeça, contrair em trancos os músculos do abdômen ou outros grupos musculares, bem como outros movimentos mais elaborados, como tocar ou bater em objetos que se encontram próximos.

Também  existem os tiques vocais, que abrangem ruídos não articulados, como tossir, fungar ou limpar a garganta e emissão parcial ou total de palavras. No entanto, em menos da metade dos casos podem ser verificados o emprego de palavras e gestos obscenos, repetição de algum tipo de som, repetir palavras de outras pessoas, repetir as palavras de um texto.

Os sintomas da síndrome de Tourette surgem repetidamente e são difíceis de controlar. Além disso, podem acontecer durante o sono, evoluir para tiques diferentes ao longo do tempo ou piorar em situações de doença, estresse ou ansiedade.

        2.2 - Causas

As causas da síndrome de Tourette e de muitas outras doenças cerebrais ainda são desconhecidas pelos cientistas, ficou estabelecido que é hereditária, na maioria dos casos, mas não está especificado o modo exato como ela é herdada.

O gene específico da síndrome de Tourette ainda não foi descoberto, entretanto, os tiques da síndrome resultam de anormalidades no cérebro, sendo mais específico, no tálamo (exerce atividade na transmissão das informações sensoriais e motoras para o córtex cerebral e para o tronco cerebral), gânglios da Base (coordena os movimentos motores) e córtex frontal do cérebro (responsável pelo controle da atividade motora hábil, incluindo a fala) e também funcionamento anormal nos neurotransmissores entre as células nervosas do cérebro.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9 Kb)   pdf (91.7 Kb)   docx (12.9 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com