TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Senso comum e psicologia científica, estruturalismo, funcionalismo, associação e behaviorismo

Seminário: Senso comum e psicologia científica, estruturalismo, funcionalismo, associação e behaviorismo. Pesquise 784.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  6/3/2014  •  Seminário  •  664 Palavras (3 Páginas)  •  489 Visualizações

Página 1 de 3

• Compreender e aprofundar os conteúdos estudados no 1º Ciclo de Aprendizagem a

Distância, bem como os conteúdos propostos no 2º Ciclo − Behaviorismo/Neobehaviorismo,

tópicos: Senso Comum e Psicologia Científica, Estruturalismo, Funcionalismo,

Associacionismo e Behaviorismo/Neobehaviorismo.

Descrição da atividade

Com base nos estudos das Unidades 1 e 2, estabeleça a relação entre as afirmações e

os Tópicos: 1 − Estruturalismo, 2 − Funcionalismo, 3 − Associacionismo, 4 − Behaviorismo, 5 −

Neobehaviorismo e 6 − Conhecimento científico.

a) ( ) A Ciência busca no cotidiano, no senso comum, as questões, o material para a

reflexão. No entanto, a Ciência diferencia-se do senso comum por envolver um estudo

sistematizado, buscando compreender os fenômenos que ocorrem no dia a dia

de forma sistematizada.

b) ( ) O educador deve utilizar esse conhecimento para aperfeiçoar seu conhecimento

profissional, além de superar valores e crenças construídas pelo senso comum que

circulam no meio educacional e impedem a resolução dos problemas educacionais

de forma mais ampla e reflexiva.

c) ( ) Para essa escola, a Psicologia pode ser entendida como o estudo dos elementos

da consciência, por meio da introspecção. Assim, os psicólogos deveriam analisar a

mente humana com base em seus elementos (estados de sensação, imagens e estados

afetivos).

12 © Psicologia da Educação

d) ( ) Uma das contribuições dessa escola foi possibilitar que a Psicologia se tornasse

uma ciência, além do início das pesquisas experimentais em Psicologia.

e) ( ) Essa escola apontava a necessidade da compreensão da consciência e seu funcionamento,

em função da adaptação ao meio. Surgiu no contexto da Revolução

Industrial, do capitalismo e do pragmatismo decorrente deste cenário.

f) ( ) Uma das críticas a essa escola está no próprio método utilizado, o qual não

permitia um estado de atenção subjetiva, mas um estado de atenção mecanizada,

excluindo dos experimentos a subjetividade e as particularidades do ser humano.

g) ( ) A ideia de adaptação ao meio faz parte das elaborações teóricas dessa escola.

A adaptação psicológica envolveria o conhecimento, por parte da consciência, das

possibilidades de ações em situações-problema, não agindo ao acaso. Esse modelo

está presente na teoria da inteligência, proposta por Dewey.

h) ( ) A aprendizagem era interpretada em termos de conexões reais entre estímulos e

respostas, não se admitindo nenhuma referência aos processos mentais.

i) ( ) Uma das críticas que podem ser feitas a essa escola refere-se ao modelo de adaptação

dos melhores, dos mais aptos a ocupar cargos em fábricas, escolas, ou seja, ao

processo de seleção generalizado que se instituiu.

j) ( ) Após experimentos com a inteligência animal, passou-se a acreditar em um conjunto

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.6 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com