TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalho Sujo E Mediação Em Instituições Para Adolescentes Em Conflito Com A Lei

Por:   •  17/4/2013  •  1.502 Palavras (7 Páginas)  •  996 Visualizações

Página 1 de 7

Segundo o autor a mediação pode fazer parte de um projeto profissional no qual a difusão da cultura ou experiências pode se tornar "meio de vida" e pode impedir conflitos ou diferenças que resultam em violência ex. escolas de capoeira e samba, etc. Os conceitos de antropologia urbana, esta tem como principais interesses a área do trabalho, ocupações e profissões.

Seguem abaixo alguns conceitos sobre "trabalho" e "trabalho sujo" sob a ótica de diversos autores:

Park (1916) afirma que a divisão do trabalho, é uma das principais características do trabalho nas grandes cidades.

Velho (1996) "o trabalho surge das diferenças e é fonte das diferenças", ao mesmo tempo em que "cria o indivíduo, torna-o inseguro e dependente".

O trabalho também é considerado como mediador das relações pessoais, funciona como fonte de uma nova organização que se baseia em interesses ocupacionais e vocacionais.

Em algumas sociedades a expressão de trabalho sujo representa a relação entre "trabalho e a violência/perigo", alguns significados trazem a afirmação de que para livra-se da sujeira é preciso se sujar. Podemos verificar o retrato disso em filmes policiais, de espionagem e criminais onde o "trabalho de limpeza é matar os marginais ou traidores".

O trabalho sujo também pode significar a diferença entre trabalho bem feito e o mal feito ou estar associado "contato físico com excrementos, dejetos e detritos".

Segundo Hughes: trabalho sujo como atividade está associado a poluição física, moral ou simbólica, ou a execução de uma tarefa de maneira não satisfatória. O trabalho sujo social pode designar todo o trabalho que implique no exercício de força ou violência contra indivíduos ou grupos humanos por razões legais (prisão), de saúde (manicômios e hospitais) de educação ou disciplina (internatos) ou por preconceitos étnicos, religiosos ou políticos, como nos campos de concentração ou de prisioneiros de guerra. Dejours traz num sentido próximo de Hughes para denominar o trabalho mal executado que chama de "pressão para trabalhar mal".

O trabalho sujo parece ter tido origem, no sentido literal do trabalho que lida com dejetos, impurezas ou poluição higiênica ou ritual. Seria então o trabalho de limpeza ou dos cuidados com o corpo, principalmente quando há cuidados com dejetos humanos, doentes ou cadáveres.

O trabalho sujo conhecido como "Dirty Work" traz dois sentidos e da atividade que agrega satisfação e prestigio ex. médicos no manuseio do corpo humano. E de outra forma quando o trabalho sujo é obrigado ou delegado sem acréscimo de poder é exercido como humilhante e indigno pelos que executam quase sempre uma posição mais baixa ou humilde.

O trabalho sujo também obedeceria interesses comerciais ou pessoais.

Entrevista realizada a campo na CAS-ENCA, feita uma análise relacionando os dados obtidos na entrevista e com o texto sugerido “Trabalho sujo e mediação em instituições para adolescentes em conflitos com a lei”

Instituição: CAS- ENCA

Profissional entrevistada: Mari Ângela Stallivieri, Coordenadora da Instituição e é formada em Serviço Social

Idade da casa: 1 ano e 5 meses.

Questões

1) Quais e quantas são as principais infrações que levam os jovens a serem internados? As principais infrações são assalto a mão armada, 90 % dos casos, é cometida para manter o vício de drogas, 99% dos menores são dependentes químicos.

2) Quais as medidas sócio-educativas no centro educativo?

Medidas sócio-educativas são: advertência e regime semi-aberto. No regime semi-aberto são obrigados a freqüentar a escola, dispõe de rotina com limites, fazem cursos, tem oficinas de artesanato, cinema, horário para assistir televisão e jogar jogos, fazem a manutenção e limpeza do pátio, cuidam da horta da instituição. São disponibilizados acompanhamento psicológico e médico. O jovem que não trabalha permanece na casa o dia todo. Ao entrarem na casa é feito um questionário com o nome de PIA (plano individual de atendimento), através dele são reconhecidas as necessidades dos menores de cursos, estudos, tratamento médico, psicológico .São liberados no fim de semana para ficar com a família se houver um bom comportamento durante a semana.

3) Qual a porcentagem de recuperação desses jovens?

A casa não faz acompanhamento desses dados, porém em uma pesquisa recente feita pela coordenadora,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com