TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Homem E Sociedade-Unidade II

Ensaios: Homem E Sociedade-Unidade II. Pesquise 792.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  20/9/2013  •  2.155 Palavras (9 Páginas)  •  2.544 Visualizações

Página 1 de 9

Pergunta 1

1.

A antropologia demonstra que a cultura influencia profundamente na forma como vemos o mundo e como julgamos costumes diferentes dos nossos ou costumes que fogem ao padrão imposto pelas normas sociais. Por isso existe a tendênciaa:

Resposta

a. Participarmos de uma identidade globalizada e homogênea, uma vez que não podemos ter consciência da cultura de nossa própria época, nos lugares em que habitamos.

b. Considerarmos as culturas tradicionais como melhores, uma vez que elas parecem ter maior controle sobre os indivíduos, regrando suas atitudes.

c. Julgarmos depreciativamente aquilo que foge à lógica cultural que herdamos, o que dificulta a convivência com os costumes alheios.

d. Sempre considerarmos muito melhores os costumes alheios, uma vez que a rotina e a tradição reprimem a liberdade de expressão de nossa identidade.

e. Procuramos sempre novas influências culturais que possam nos auxiliar a compreender melhor o costume alheio.

0,5 pontos

Pergunta 2

1.

A partir das relações entre natureza, cultura e comportamento humano, assinalar a alternativa que apresente uma afirmação sobre a humanidade com base em preconceitos.

Resposta

a. A “Declaração Universal dos Direitos do Homem e do Cidadão”, de 1789, é muito importante para a ideia de humanidade.

b. Há concordância absoluta entre as diversas interpretações sobre o ser humano, tanto nas ciências biológicas quanto nas ciências humanas e do comportamento.

c. O conceito de raça, embasado biologicamente, envolve hierarquia e serve aos desejos de poder e dominação.

d. A antropologia culturalista não tem condições de entrar em diálogo com a biologia pois não há relação entre as ciências humanas e biológicas.

e. Não é possível acreditar-se em mútua dependência entre mudanças culturais e evolução genética.

0,5 pontos

Pergunta 3

1.

A partir do trecho a seguir, que trata de simbolização e de símbolos fora do contexto original, assinale a alternativa correta.

Como os símbolos cotidianos dependem de consenso em torno de sua interpretação, é muito comum que, quando usados em um contexto diferente do original, sejam interpretados de forma completamente diferente à convencionada pelacultura que lhes deu origem.

Isso porque, ao saírem da cultura que os originou, podem parar em lugares onde não exista a convenção sobre como eles devem ser interpretados. Em um caso desses, as pessoas tendem a dar um sentido mais apropriado ao seu própriocontexto. O que os indivíduos fazem nessa situação é idêntico ao trabalho feito por um tradutor, ou seja, as pessoas tentam adequar os símbolos de outras culturas a sua própria linguagem e vida social.

Assim, quando se adotam símbolos de outras culturas, de outras convenções sociais, a tendência é que as pessoas adaptem os significados possíveis desse símbolo a sua própria realidade.

Resposta

a. A tatuagem tribal (a maori, por exemplo) conserva seu significado em contextos diferentes.

b. Não pode ocorrer o desenraizamento dos significados, pois eles são absolutos, invariáveis em seus significados.

c. Não se deve ficar interpretando símbolos, principalmente se não forem da própria cultura.

d. O que a autora do texto quer dizer com convenção é que é uma maneira de os símbolos não sofrerem perdas ou mudanças quando transferidos de lugar.

e. O “consenso em torno de sua interpretação” trata, essencialmente, do processo de comunicação.

0,5 pontos

Pergunta 4

1.

A respeito da relação entre Estado, nação e cultura é correto afirmar que:

Resposta

a. A totalidade de uma cultura, necessariamente, coincide com os traços nacionais.

b. O conceito de nação está vinculado, basicamente, à dimensão biológica.

c. O Estado é uma categoria política por excelência, embora seja resultado de processos territoriais, econômicos e culturais historicamente definidos.

d. A formação de grandes blocos econômicos destrói a soberania, a autonomia política dos Estados; afastando-os das negociações tanto comerciais quanto diplomáticas.

e. Os Estados nacionais são formações separadas da cultura e não requerem território (recursos ambientais).

0,5 pontos

Pergunta 5

1.

Considere a afirmação a seguir e assinale a alternativa que apresente uma versão antropológica correta para os efeitos da globalização. "[...] De uma cultura para outra, significados variam imensamente, o que torna necessária acompreensão do contexto cultural em que os símbolos são criados e utilizados para que nossa comunicação seja eficaz e consiga atingir seus objetivos."

Resposta

a. A expansão do capitalismo global se faz respeitando as culturas locais.

b. Cada vez mais o referido contexto é o da sociedade global, pois os lugares perdem totalmente seus significados.

c. Significados sociais eram constituídos na relação desenvolvida entre os membros do grupo e entre estes e o entorno, raízes essas que hoje não são mais necessárias.

d. O crescimento econômico das nações se tem dado de modo sustentável, posto que hábitos e costumes vêm sendo preservados em toda parte.

e. Por mais que a modernização capitalista busque a padronização cultural pelo e para o mercado, fatos como a diversidade étnica, a variedade de línguas e profundas desigualdades sociais mostram os limites históricos do processo de globalização.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.5 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com