TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Análise Do Teor De Cocaína Em Amostras Apreendidas Pela Polícia Utilizando-se A técnica De Cromatografia Liquida De Alta Eficiência Com Detector UV-Vis.

Ensaios: Análise Do Teor De Cocaína Em Amostras Apreendidas Pela Polícia Utilizando-se A técnica De Cromatografia Liquida De Alta Eficiência Com Detector UV-Vis.. Pesquise 791.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  6/10/2013  •  404 Palavras (2 Páginas)  •  697 Visualizações

Página 1 de 2

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ - UNIVALI

CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Acadêmico: Dione Cristian Marinho

Professora: Márcia

I Análise do teor de cocaína em amostras apreendidas pela polícia utilizando-se a técnica de cromatografia liquida de alta eficiência com detector UV-Vis.

II. A técnica de cromatografia é um método físico-químico que separa os componentes de uma mistura entre duas fases, a estacionária e a móvel. As amostras de cocaína e crack para o experimento, bem como os padrões purificados de cocaína foram forneci¬dos pelo Núcleo de Exames Toxicológicos - Nú¬cleo de Perícias Criminalísticas de Ribeirão Pre¬to-SP. Foi utilizado o padrão cromatográfico de uma solução de cocaína em acetonitri¬la na dosagem de 1000ppm. Foi utilizado o solvente orgânico acetonitrila, padrão HPCL, para a composição da fase móvel utilizou-se água deionizada.

Com o equipamento da CLAE da marca shimadzu obteu-se a leitura dos dados, o comprimento de onda foi escolhido com base no maximo de absorbância obtida para a cocaína, as soluções de cocaína foram colocadas no cromatográfo e realizada uma filtração. O teor de cocaína nas amostras foi obtido pela integração de áreas de pico à cocaína nos cromatogramas, as analises das soluções foram feitas em triplicata.

Para a medição cromatográfica foi utilizada a mistura de acetronila e água 95:5, os valores de absorbância foram medidos em comprimento e onda. Os cromatogramas obtidos levaram em media 3,5 minutos para a retenção de diferentes concentrações de cocaína, a curva analítica obtida para a cocaína num intervalo de 1,0 a 40 ppm, com um coeficiente linear de 0,9989 e uma sensibilidade espectrofometrica de 87,5 ppm,

A técnica instrumental de cromatografia apresenta inúmeras em relação aos testes convencionais empregados, tem a possibilidade de quantificação de amostras, ela elimina a possibilidade de resultados falsos positivos, oferece informações na etapa crucial de investigações criminais, utilizando esse meio para a analise do teor de cocaína em amostras apreendidas, segundo a literatura e aprimeira vez que o uso da cromatografia é utilizada no Brasil com dosagens de cocaína.

III. O Brasil é um país que há muitas irregularidades, uma delas são as drogas, muitas pessoas se beneficiam desta para faturar. A técnica de cromatografia deve ser aplicada em laboratórios para descobrir o teor de cocaína em amostras apreendidas pela policia, pois com isso obtêm um perfil químico da droga podendo chegar a certos traficantes e regiões do planeta, esta e mais uma forma da policia chegar a pessoas que movimentam o trafico no Brasil.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.6 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com