TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Anatomia e fisiologia do sistema cardiovascular

Por:   •  24/4/2013  •  Tese  •  4.604 Palavras (19 Páginas)  •  1.239 Visualizações

Página 1 de 19

Introdução

Fármacos cardiovasculares são empregados para a prevenção ou tratamentos de doenças cardiovasculares. Elas compreendem doenças do coração e doenças dos vasos sanguíneos e linfáticos. Segundo relatório divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) estas doenças são a principal causa de morte no mundo. Os fatores de risco para as doenças do coração se dividem entre aqueles sobre os quais podemos fazer alguma coisa, modificáveis, nestes estão o tabagismo, colesterol elevado, hipertensão arterial, diabetes, obesidade, falta de exercício físico e aqueles que não podemos mudar, imodificáveis, como os fatores genéticos, por exemplo, um colesterol elevado herdado, sexo e a idade.

Os fármacos desta grande classe podem ser assim divididos: fármacos cardiotônicos, fármacos antiarrítmicos, fármacos anti-hipertensivos, fármacos vasodilatadores coronarianos, periféricos e cerebrais, fármacos vasoconstritores, fármacos antiagregantes plaquetários.

Para entender melhor a atuação desses medicamentos é necessário ter noções de anatomia e fisiologia do sistema cardiovascular.

1. Anatomia e fisiologia do sistema cardiovascular

1.1 Anatomia cardíaca

O coração é o órgão central do sistema cardiovascular que se contrai ritmicamente para impulsionar o sangue por todo o corpo. Localizado na cavidade torácica, o coração ocupa a porção inferior do mediastino, entre os dois pulmões, com dois terços do seu volume situado á esquerda da linha sagital mediana.

É um órgão muscular oco, composto de quatro câmaras com formato aproximadamente cônico com a base voltada para trás e para a direita e o ápice para frente e para a esquerda.

Há três faces no coração: a anterior, ou esterno costal, sobre a qual os pulmões direito e esquerdo se sobrepõem, deixando exposta apenas uma pequena porção; a face inferior, que repousa sobre o diafragma, recebendo também o nome de face diafragmática, e a face lateral esquerda, formada, principalmente, pelo ventrículo esquerdo.

O coração é constituído por três camadas: epicárdio, miocárdio e endocárdio. O epicárdio é a camada mais externa, que recobre o miocárdio. O miocárdio é constituído de tecido muscular caracterizado por estriação especial, que o diferencia do músculo esquelético, possui fibras interligadas, que contraem e relaxam de forma coordenada. O endocárdio constitui o revestimento interno do miocárdio em contado direto com o sangue.

a) Pericárdio

O coração está contido no pericárdio, que é um saco fibrosseroso, responsável por impedir o deslocamento do coração dentro da cavidade torácica e sua dilatação excessiva em casos de descompensação ventricular. Funciona, também, como uma barreira contra infecções e impede o atrito do coração com outras estruturas da cavidade torácica durante o ciclo cardíaco.

O pericárdio é constituído por duas laminas: a parietal e a visceral. A primeira apresenta uma porção externa e resistente, chamada de pericárdio fibroso, que é praticamente inextensível, sendo composto por uma densa camada de feixes colágenos e fibras elásticas. O pericárdio parietal é revestido internamente por uma serosa. Ele envolve o coração como se fosse uma bolsa desde ápice até a base, onde se funde com a adventícia dos grandes vasos. A lâmina visceral, ou epicárdio, também revestida por serosa, está densamente aderida á superfície externa das câmaras cardíacas.

b) Câmaras Cardíacas

O coração é composto por duas câmaras, sendo um átrio e um ventrículo. Os átrios recebem o sangue proveniente das veias e funcionam como reservatório temporário para o sangue antes que seja enviado para dentro dos ventrículos. Os ventrículos ejetam o sangue para as artérias. Dividem-se em átrios direito e esquerdo, e ventrículos direito e esquerdo.

c) Átrio Direito; constitui a porção superior direita do coração.

d) Átrio Esquerdo; é ligeiramente menos do que o átrio direito, recebendo dois pares de veias pulmonares que drenam o sangue arterial dos pulmões.

e) Ventrículo Direito; constitui a porção inferior direita do coração. O tronco pulmonar que leva o sangue para os pulmões origina-se na porção superior do ventrículo direito.

f) Ventrículo Esquerdo;

...

Baixar como (para membros premium)  txt (35.2 Kb)  
Continuar por mais 18 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com