TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Controle Dos Riscos Da Utilização De Tecnologia médico-hospitalar

Exames: Controle Dos Riscos Da Utilização De Tecnologia médico-hospitalar. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  20/3/2015  •  396 Palavras (2 Páginas)  •  337 Visualizações

Página 1 de 2

Resumo

Existe uma preocupação crescente dos profissionais de saúde com a segurança de

suas equipes e de seus pacientes no ambiente hospitalar. Dentre os fatores que afetam a

segurança estão os perigos que envolvem o uso de equipamentos eletromédicos (EEMs),

como a ocorrência de eventos perigosos devido a falhas de desempenho de EEMs (e.g., erro

de dosagem de medicamento entregue ao paciente pela bomba de infusão, não acionamento

de alarmes nos equipamentos de monitoração e de suporte à vida), ineficiência nos sistemas

de segurança elétrica (choque elétrico no paciente ou na equipe de saúde durante

procedimentos cirúrgicos, tendo como causa problemas no sistema de isolamento e no

aterramento elétrico do EEM), interferência eletromagnética, infecção hospitalar, dentre

outros. Diante deste contexto, à medida que evoluímos tecnologicamente, aumentam as

exigências de segurança na utilização de equipamentos nos ambientes hospitalares. Neste

sentido, complementando os programas de manutenção preventiva e corretiva, o

gerenciamento de risco abre perspectivas para um controle mais eficiente dos riscos

provenientes do uso de EEMs, por meio de uma ampla abordagem das questões de

segurança que envolvem esses tipos de equipamentos.

Introdução

A evolução da medicina vem sendo acompanhada pela crescente complexidade dos

equipamentos eletromédicos (EEM). As técnicas cirúrgicas minimamente invasivas, os

novos procedimentos e equipamentos de diagnóstico, os avanços farmacológicos e a melhor

compreensão das doenças permitiram o aumento da eficácia no tratamento médicohospitalar.

Contudo, o aumento da complexidade de EEMs traz como conseqüência um

aumento significativo dos erros de operação no uso da tecnologia. Nos EUA, um estudo (1)

feito com base em 1300 notificações de incidentes com desfibriladores indicou que a

maioria das falhas de desfibriladores acontece por causa de erros de operação do

equipamento (Fig.01 - modelo de desfibrilador). Outros estudos revelam que incidentes

causados por problemas com EEMs estão relacionados à falta de manutenção, ao uso

incorreto dos equipamentos e aos problemas de desempenho (2). Cabe ressaltar que as

conseqüências financeiras desses incidentes envolvem considerável soma em indenizações

devido a ações legais movidas por pacientes que sofreram algum tipo de dano.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com