TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL

Por:   •  5/6/2013  •  Projeto de pesquisa  •  2.102 Palavras (9 Páginas)  •  314 Visualizações

Página 1 de 9

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

SUPERIOR EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

ÉLITON RAMOS DE OLIVEIRA

ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL.

ALMENARA 2012

ÉLITON RAMOS DE OLIVEIRA

ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL

Atividade Interdisciplinar Individual apresenta às disciplinas de Fundamentos da administração da informação; Fundamentos de lógica e matemática discreta; Organização de computadores e Linguagens e técnicas de programação I.

Professores: Prof. Thiago Nunes Bazoli; Merris

Mozer; Adriane Loter e Veronice de Freitas.

ALMENARA 2012

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO.......................................................................................03

2 OBJETIVO...............................................................................................04

3 TIPOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO.........................................05

4 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO......................................................11

5 HISTORIA DO COMPUTADOR...........................................................12

LOCAÇAO DE LIVRO NA LOCADORA VIRTUAL.

6 CONCLUSÃO............................................................................................13

7 REFERENCIAS............................................................................14

1-INTRODUÇÃO:

E a expressão utilizada para descrever um sistema seja ele automatizado que pode ser denominado como Sitstema de informação Computadorizado, ou seja manual, que abrange pessoas, máquinas, é o método mais organizados para coletar, processar,transmitir e disseminar dados que representam informação para o usuário e o cliente. Todo Sistema que manipula dados e gera informação pode ser genericamente considerado como um sistema de informação. O sistema de informação organizacional pode ser conceituado como a organização e seus vários subsistemas internos.

Para Laudon e Laudon um sistema de informação pode ser definido como um conjunto de componentes inter relacionados trabalhando juntos para coletar, recuperar, processar, armazenar e distribuir informações com a finalidade de facilitar o planejamento, o controle, a coordenação, a análise e o processo decisório em organizações.

2-Objetivo

O sistema de informação de marketing (SI) - visa à obtenção de vantagem competitiva pelas organizações, concluindo pela viabilidade do uso do sistema neste contexto. Na busca por entender os conceitos, percebeu-se que a necessidade de informação é particularmente aguda pelos profissionais de marketing. Baseado nesta percepção buscou-se apresentar uma forma sistemática de coleta de informações em fontes confiáveis, para que as organizações alcancem uma vantagem competitiva sustentável baseada na aplicação da TI.

3- Tipos de Sistemas de Informação.

3.1 - Sistemas de Informação Operacional (SIO)

É responsável pelo fator das transações rotineiras da organização; Comumente encontrados em todas as empresas automatizadas.

Dão suporte aos gerentes operacionais acompanhando atividades e Transações elementares da organização, como vendas, contas a receber depósitos à vista.

Folha de pagamento, concessão de crédito e fluxo de matérias-primas dentro de uma fábrica. Apesar da sua importância para o desenvolvimento.

Normal das atividades da empresa, não consegue desenvolver informações específicas.

Necessitando do apoio do sistema de informação gerencial.

3.2 – Sistemas de Informação Gerencial. (SIG)

O sistema de informação gerencial dá suporte às funções de planejamento, controle.

Organização de uma empresa, fornecendo informações seguras e em tempo hábil para tomada de decisão. “o sistema de informação gerencial

Representado pelo conjunto de subsistemas, visualizados de forma integrada e capaz de gerar “Informações necessárias ao processo decisório”.

GARCIA e GARCIA (2003) apud POLLONI definem que sistema de

Informação gerencial: “é qualquer sistema que produza posições atualizadas no âmbitocorporativo, resultado da integração de vários grupos de sistemas de informação que utilizamrecursos “de consolidação e interligação de entidades dentro de uma organização”.

3.3 – Sistemas de informação Estratégicos. (SIE)

É a forma evoluída e natural do Sistema de Gestão, tendo como objetivo analisar as necessidades da empresa, obter as informações necessárias e com elas tirar ou ganhar vantagem competitiva sobre as demais.

Gestão estratégica é estabelecer objetivos estratégicos específicos, aumentando os lucros, diminuindo os custos à empresa, redefinir e reajustá-la as alterações ambientais.

Os SIE aplicam a tecnologia da informação a produtos, serviços ou processos de negócios de uma firma para ajudá-la a obter vantagem estratégica sobre seus concorrentes. Gere a informação e auxilia no processo de decisão estratégica.

Representa uma evolução dos sistemas de informação mediante a necessidade das empresas em aproveitar o máximo possível às informações processadas.

3.4 – Sistemas de Suporte a Decisão. (SSD)

Sistemas de apoio à decisão é uma classe de Sistemas de informação ou Sistemas baseados em Conhecimento. Modelo genérico de tomada de decisão que analisa um grande número de variáveis para que seja possível o posicionamento a uma determinada questão.

Em contraste, Keen (1980) diz que é impossível dar uma definição precisa incluindo todas as facetas do SAD (“Não há definição de sistemas de apoio à decisão, somente de apoio à decisão”). No entanto, de acordo com Power (1997), o termo sistema de apoio à decisão é muito desgastado devido à sua utilização para definir muitos tipos de sistemas que dão apoio à tomada de decisão. Ele ironicamente diz que muitas vezes nem sempre um sistema computadorizado é um sistema transacional on-line , algumas vezes você será tentado em chamá-lo de um SAD.

Caracteristicas:

• Possibilidade de desenvolvimento rápido, com a participação ativa do usuário em todo o processo.

• Facilidade para incorporar novas ferramentas de apoio à decisão, novos aplicativos e novas informações.

• Flexibilidade na busca e manipulação das informações.

• Individualização e orientação para a pessoa que toma as decisões, com flexibilidade de adaptação ao estilo pessoal de tomada de decisão do usuário.

• Real pertinência ao processo de tomada de decisão, ajudando o usuário a decidir através de subsídios relevantes.

• Usabilidade, ou seja, facilidade para que o usuário o entenda, use e modifique de forma interativa.

3.5 – Sistemas de Suporte Executivo. (SSE)

Os sistemas de suporte executivo dão suporte ao nível estratégico da empresa eajudam a definir os objetivos a serem estabelecidos, utilizando-se de tecnologia avançada paraa elaboração de gráficos e relatórios. Os usuários desse sistema são os executivos seniores.

Os sistemas de suporte executivo não são projetados para resolver problemas específicos, em vez disso, fornecem uma capacidade de computação e telecomunicações que pode mudar a estrutura dos problemas.

3.6 – Sistemas de Automação de Escritório. (SAE)

Até a década de 70, todas as atividades efetuadas nos escritórios das empresas eram realizadas de forma manual, tornando-se difícil a obtenção de um relatório atualizado, bem como a coleta de dados para

a reunião de um determinado assunto. Como não existia uma forma de arquivar relatórios de forma informatizada, formavam-se pilhas de papéis nas mesas de todos os integrantes dos escritórios, gerando altos custos com material de escritório, além de desperdícios e retrabalho. No início dos anos 70, segundo Turbam, McLean e Wetherbe (1996), foram

desenvolvidos sistemas com objetivo de automatizar as operações realizadas nos escritórios melhorando e agilizando as atividades

desempenhadas nos mesmos. O Sistema de Automação de Escritório (SAE) auxilia no aumento da produtividade, redução de custos e um resultado de maior qualidade. Esses sistemas, conforme Laudon e Laudon (1999) disponibilizam diversas funções, tais como: processadores de textos, agendas eletrônicas, editores de imagens e a possibilidade de gerenciamento de diversos tipos de projetos, entre outros.

Após a automação das atividades realizadas nos escritórios, a organização das informações tornou-se mais rápida e mais confiável. O foco então passou para a busca e comparação de diversas alternativas para o mesmo problema, auxiliando o tomador de decisões. Com base nessa necessidade, surgiram os Sistemas de Apoio à Decisão.

3.7 – Sistemas de informação Especialista. (SE)

Esses sistemas têm por finalidade a substituição do homem na solução de problemas mais específicos utilizando para isso, o conceito de Inteligência Artificial. "A inteligência artificial é o estudo e a criação de

máquinas que exibam qualidades semelhantes às humanas, incluindo a capacidade de raciocinar" (Laudon e Laudon, 1999, p. 328). Os Sistemas Especialistas (SE) são uma das técnicas de Inteligência Artificial,

outros exemplos seriam a linguagem natural e a robótica.

3.8 – Sistemas de Apoio as Operações.

Os sistemas de informação sempre foram necessários para processar dados gerados por – e utilizados em – operações das empresas. Esses sistemas de apoio às operações produzem uma diversidade de produtos de informação para uso interno e externo. Entretanto, eles não enfatizam a produção de produtos de informação específicos que possam ser mais bem utilizados pelos gerentes. Normalmente, é requerido processamento adicional por sistemas de informação gerencial. O papeldos sistemas de apoio às operações de uma empresa é eficientementeprocessar transações, controlar processos industriais,apoiar comunicações e colaboração e atualizar bancos de dados da empresa.

Os sistemas de apoio às operações são divididos em:

• Sistemas de Processamento de Transações. (SPT)

O sistema de informação transacional normalmente é computadorizado e estabelece o desempenho e os resultados diários de todas as rotinas necessárias para a elaboração dos negócios da empresa. Exemplos disso são: entrada de ordens de venda, reserva de hotel, ordem de pagamentos, níveis de manutenção, ordens de embarque, entrada de títulos no contas a pagar e a receber.

• Sistemas de Controle de Processo.(SCP)

Os sistemas de controle de processos monitoram e controlam processos físicos. Os computadores controlam processos em refinarias de petróleo, fábricas de cimento, siderúrgicas, fábricas de produtos químicos, fábricas de produtos alimentícios, fábricas de celulose, usinas de energia elétrica e assim sucessivamente. Muitos computadores de controle de processo são sistemas de minicomputadores com finalidades especiais.

• Sistemas Colaborativos. (SC)

É um sistema de informação. Conseqüentemente, utiliza recursos de hardware, software, dados e rede para apoiar a comunicação, coordenação e colaboração entre os membros de equipes e grupos de trabalho na empresa.

Os sistemas colaborativos fornecem ferramentas para nos ajudar a colaborar – para comunicar idéias, compartilhar recursos e coordenar nossos esforços de trabalho cooperativo como membros dos muitos processos formais e informais e equipes e grupos de trabalho de projetos que constituem muitas organizações de hoje. A meta dos sistemas colaborativos é permitir que trabalhemos juntos com mais facilidade e eficácia ao nos ajudarem a:

• Comunicar: compartilhar informações uns com os outros.

• Coordenar: coordenar reciprocamente nossos esforços individuais de trabalho e uso dos recursos.

• Colaborar: trabalhar juntos cooperativamente em projetos e tarefas comuns.

3.9 –( ERP)- Enterprise Resouce Planning.

Integrar todas as funções da empresa num único grande sistema

que utiliza um banco de dados que armazena todas as informações captadas.

Isso possibilita aos administradores obterem informações consolidadas e

centralizadas, em tempo real, de todas as atividades da empresa, o que possibilita uma gestão mais eficiente e uma capacidade maior de responder às mudanças constantes. Eles também modificam completamente a cultura organizacional, transformando todas as atividades e processos de negócios.

3.10 – (CRM)- Customer Relationship Management.

São soluções que permitem a uma empresa organizar a sua área comercial e aperfeiçoar o seu funcionamento. É fundamental que uma empresa tenha uma solução deste tipo, independentemente do seu tamanho, atividade ou público alvo. Com um CRM uma organização pode analisar rapidamente o desempenho da sua força de vendas, organizar e maximizar a colaboração na empresa.

4.0 – Tecnologias da Informação.

A Tecnologia da Informação (TI) pode ser definida como o conjunto de todas as atividades e soluções providas por recursos de computação que visam permitir o armazenamento, o acesso e o uso das informações.

Sendo a informação um patrimônio, um bem que agrega valor e dá sentido às atividades a utilizam, é necessário fazer uso de recursos de TI de maneira apropriada, ou seja, é preciso utilizar ferramentas, sistemas ou outros meios que façam das informações um diferencial.

Além disso, é necessário buscar soluções que tragam bons resultados, isto é, que permitam transformar as informações em algo de maior valor ainda, principalmente se isso for feito considerando o menor custo possível.

Tudo depende da cultura, do mercado, do segmento e de outros aspectos relacionados ao negócio ou à atividade. As escolhas precisam ser bem feitas. Do contrário, gastos desnecessários ou, ainda, perda de desempenho e competitividade pode ocorrer.

4.1 – Historia do Computador.

Os computadores de 1995 tinham um processador Pentium Pro 200 MHZ memória RAM de 64 MB, uma unidade de disco flexível com 1,44 MB, uma unidade de disco rígido (HD) de Oito GB, unidade de CD-ROM, monitor VGA colorido de 17 polegadas e Microsoft Windows 95.

Com a evolução dos computadores hoje temos computadores com processadores core I7 extreme GHz 33.3, memória de 12 giga, placa de vídeo nvidia 10024,HD de 1TB,gravadora de Blue Ray,monitor de 25 PL,LCD,LED e Plasma, Entradas USB, leitor de Cartão de Memória, Entrada para Fone de Ouvido ,Entrada para Microfone. Hoje temos sistemas operacionais como Windows 7, Linux o Ubuntu 12.0 4brasileiro,e o novo Windows 8.

4.2 – Locação de Livros na Locadora Virtual.

Como ter Acesso:

A locadora disponibiliza para o cliente três planos de pagamento durante a locação dos livros. O cliente escolhe um plano para pagar um valor mensal durante Seis meses, durante esse tempo o cliente pode ler e trocar de livros quantas vezes precisar, de acordo com o plano escolhido pelo cliente.

4.3 – Conclusão.

O Trabalho proporcionou conhecimento na área de Sistema de Informação visando aperfeiçoamento dos tipos de sistemas. A objetividade a compreensão os procedimentos, e ensinou como montar um trabalho dentro das normas da ABNT.

4.4 – Referencias.

AWAD88; Awad, Elias M., Management Information Systems, Benjamin/Cummings, 1988.

LAUDON, K. C. e LAUDON, J. P. Sistemas de informação. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1999.

LAUDON, K. C. e LAUDON, J. P. Management information systems. 6. Ed. Upper Saddle River: Prenticehall, 2000.

GARCIA, Elias; GARCIA, Os marina Pedro Garcia. A importância do sistema de informação gerencial para a gestão empresarial. Revista Ciências Sociais em Perspectiva, do Centro de Ciências Sociais Aplicadas de Cascavel, Cascavel, v.2 , n.1, p. 21-32, 1 sem.2003.

BATISTA, Emerson de Oliveira. Sistema de Informação: o uso consciente da tecnologia para o gerenciamento. São Paulo: Saraiva 2004.

...

Baixar como  txt (16.1 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »