TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Ferramentas Da Qualidade

Por:   •  16/5/2013  •  3.582 Palavras (15 Páginas)  •  47 Visualizações

Página 1 de 15

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial

Escola Senai “Roberto Mange”

Curso: Inspetor de Qualidade

FERRAMENTAS DA QUALIDADE

Aluno: Carlos Eduardo Sandrini

Instrutor: Paulo Nujo

Turma: Sábado Integral

Campinas – SP, 18 de Maio de 2013

Sumario:

1. Introdução.

2. Ferramentas da Qualidade.

3. Brainstorming.

4. Fluxograma.

5. Folha de Verificação.

6. Diagrama de Pareto.

7. Diagrama de Causa e Efeito.

8. Histograma.

9. Grafico de Controle e Grafico de Dispersão.

10. Conclusão.

11. Bibliografia.

INTRODUÇÃO.

A seguir, com base em conceitos abordados em sala de aula e de, fontes pesquisadas na internet, estudaremos Ferramentas da qualidade, um assunto de fundamental importancia na gestão da qualidade, que é tratada de forma especifica nas grandes industrias. Conheceremos alguns de seus idealizadores, quais são as ferramentas basicas da qualidade e ao final deste trabalho mostraremos a aplicação pratica de uma delas.

FERRAMENTAS DA QUALIDADE.

Ferramnetas da qualidade são as técnicas usadas nos processos de Gestão da Qualidade, começaram a ser utilizadas nos meados da década de 50, com base em conceitos e práticas , aplicando a Estatística.

As ferramentas da qualidade são gerenciais e possibilitam as análises de fatos e tomada de decisão com base em dados, certificando de que a decisão é a mais indicada.

A seguir conheceremos um pouco dos principais idealizadores das ferramentas da qualidade.

JURAN E DEMING

Pioneiros no emprego da qualidade. Para os Japoneses foram os responsáveis pela evolução da industria japonesa, que iniciou-se na década de 50. Suas ideologias tornaram-se a fundamentação do crescimento da qualidade.

14 PASSOS DE DEMING:

Os 14 passos recomendados por Deming são:

1- Crie uma visão consistente para a melhoria de um produto ou serviço.

2- Adote a nova filosofia e assuma a sua liderança na empresa.

3- Termine com a dependência da inspeção como via para a qualidade.

4- Minimize os custos com a seleção de um fornecedor preferencial.

5- Melhore de uma forma constante e contínua cada processo.

6- Promova a aprendizagem no terreno (training on the job).

7- Encare a liderança como algo que todos podem aprender.

8- Não lidere com base no medo. Evite usar um estilo autoritário de gestão.

9- Destrua as barreiras entre os departamentos funcionais.

10- Elimine as campanhas ou slogans com base na imposição de metas.

11- Abandone a gestão por objetivos com base em indicadores quantitativos.

12- Não classifique o desempenho dos trabalhadores ordenando-os por ranking.

13- Crie um ambicioso programa de formação para todos os empregadores.

14- Imponha a mudança como sendo uma tarefa de todos os trabalhadores.

PHILIP CROSBY:

Nos Estados Unidos , Philip Crosby idealizou a sua teoria dos zero defeitos (lançada em 1961) sua teoria enfatizava “fazer bem à primeira vez”, esta teoria primava pela conformidade com especificações. Sendo o objetivo é ter zero defeitos, essa meta irá encorajar as pessoas a melhorarem continuamente. Para Crosby zero defeitos , não é só um slogan, melhor dizendo é um standart de desempenho da gestão. Crosby fundamenta sua teoria dizendo que os responsáveis

...

Baixar como (para membros premium)  txt (25.9 Kb)  
Continuar por mais 14 páginas »